DESTAQUE

Cientista que trabalhou para a NASA fala sobre UFOs

Por
21 de Maio de 2013
De acordo com Eric W. Davis, físico que colaborou com a NASA no programa de propulsão avançada, casos ufológicos influenciaram tais estudos
Créditos: The HIstory Channel

Em uma apresentação em 2010, sob o assunto de controle gravitacional, propulsão de dobra e novas fronteiras para métodos avançados de propulsão espacial, o Dr. Eric W. Davis respondeu a vários questionamentos sobre UFOs. PhD em Astrofísica pela Universidade do Arizona, ele foi consultor do Projeto de Física de Propulsão Inovadora, conduzido pela NASA entre 1996 e 2002.

O evento de 2010 foi patrocinado pela Sociedade de Exploração Científica e, ao final de sua apresentação, após a abertura para perguntas, uma pessoa da plateia perguntou se as propriedades dos UFOs influenciavam os estudos naquele projeto. Davis respondeu: "Secretamente sim e abertamente não. UFOs não possuem credibilidade perante os pesquisadores acadêmicos e as pessoas que tomam as decisões políticas, programáticas e econômicas não querem ouvir falar neles. Então, oficialmente não levantamos o assunto ufológico, mas sob a mesa os consideramos, sim".

Eric W. Davis é coautor, ao lado de Marc G. Millis, do livro Frontiers of Propulsion Science [AIAA, 2009], que foi o tema principal da apresentação, e também publicou inúmeros artigos sobre física do vácuo do ponto zero, teletransporte e o potencial de buracos de minhoca transitáveis. Continuando a sessão de perguntas e respostas, ele comentou: "Alguns membros do projeto da NASA investigavam eventos e descrições físicas de casos ufológicos, que nos eram enviados por pesquisadores como George Hathaway, Jacques Vallee e outros".

O cientista mencionou até mesmo eventos observados no afamado Rancho Skinwalker, desde 1996 propriedade do bilionário Robert Bigelow e onde paira uma suspeita aura de segredos. O local também é conhecido como Rancho NIDS, sigla de Instituto Nacional para a Descoberta da Ciência, e declaramente serve a estudos de longo termo de fenômenos incomuns. De acordo com Davis, naquele local um cientista e um pesquisador observaram em certa ocasião algo que de fato se assemelhava a um wormhole, ou buraco de minhoca, de onde saiu uma criatura.

Em outro evento, Davis afirma que os donos do rancho observaram um tipo de abertura no céu em plena luz do dia, de onde saiu uma nave de formato triangular. O Dr. Davis compara essas observações com a física conhecida dos buracos de minhoca: "Estes são exemplos de informações que indicam a possibilidade de um wormhole. A geometria nos aponta como é a aparência desses túneis na estrutura do espaço-tempo contínuo quando fazem uma intersecção em nosso espaço. Se assemelham a um ponto de luz intensamente brilhante e conforme a intersecção se alarga também se abre e podemos ver o buraco". Nesse ponto o cientista afirma que o buraco de minhoca se torna transitável.

crédito: Mufonsymposium.org
Eric W. Davis
Eric W. Davis

A respeito de UFOs e dobras espaciais, o método de viagem espacial tornado famoso pelo seriado Star Trek, ou Jornada nas Estrelas, Davis disse não terem indicações disso nos casos que estudaram, e que deve ser algo restrito a viagens interestelares, mas afirmou: "As pessoas testemunham UFOs fazendo curvas de noventa graus, ou movimentos muito rápidos. Eles desaparecem e reaparecem. Ainda é indeterminado como conseguem fazer isso".

A respeito de antigravidade, Davis comenta: "Nós temos antigravidade na Teoria Geral da Relatividade de Albert Einstein. Há espectos da antigravidade, da energia negativa de vácuo, que poderiam criar forças repulsivas que permitiriam levitar objetos. E os UFOs exibem esse comportamento". Ele mencionou na explicação o Modelo de Vácuo Polarizado elaborado pelo Dr. Hal Puthoff, dizendo: "Ao invés do tradicional espaço-tempo da Relatividade, podemos divisar o espaço-tempo como um vácuo polarizado de flutuações quânticas de ponto zero. Se inserirmos um campo nesse meio, as flutuações são polarizadas e criamos um efeito de dobra no espaço-tempo, similar ao de buracos de minhoca e propulsores de dobra".

Eric W. Davis, após o encerramento do programa da NASA por cortes de financiamento, tornou-se físico pesquisador do Advanced Studies-Austin, e CEO da Warp Drive Metrics. Também deverá se apresentar no Simpósio da MUFON, Ciência, UFOs e a Busca por ETs, entre 18 a 21 de julho próximo, com o tema "Voo Interestelar e Dobras Espaciais Mais Velozes que a Luz: O que é Isso?"

Assista a conferência de Eric W. Davis sobre novas fronteiras de propulsão, controle de gravidade e dobra espacial

Baixe o artigo Wormhole-Stargates: Tunneling Through The Cosmic Neighborhood, de Eric W. Davis

Navegando pelo hiperespaço

Saiba mais:

Livro: Dossiê Cometa

DVD: Revelando os Segredos da Área 51

crédito: Revista UFO
Revelando os Segredos da Área 51
Revelando os Segredos da Área 51

A instalação militar mais secreta e protegida do mundo é, reconhecidamente, a Área 51, que fica no Deserto do Nevada, Estados Unidos. É nela que o governo norte-americano esconde naves extraterrestres acidentadas que consegue resgatar. Cientistas das mais diversas especialidades trabalham nos projetos secretos da base, até mesmo naqueles que tentam aproveitar de alguma forma a tecnologia alienígena.

Já está no ar a Edição 191 da Revista UFO. Aproveite!

Agosto de 2012

Viagem dentro de uma nave alienígena