DESTAQUE

Cientista da To the Stars Academy faz novas e bombásticas revelações

Por
21 de Fevereiro de 2020
Encontros entre UFOs e militares
Créditos: Revista UFO

Hall Puthoff, um dos cientistas que lideram as pesquisas da To The Stars Academy (TTSA), instituição fundada por Tom DeLonge diretamente ligada à liberação dos vídeos de UFOs gravados pelos pilotos da Marinha dos Estados Unidos, deu uma palestra em 08 de fevereiro de 2020. em um evento sediado em Berkley Springs, nos Estados Unidos.

Intitulada Fenômeno Aéreo não Identificado DoD: A História por trás, a História à Frente” a palestra  foi uma releitura de outra de título muito semelhante, apresentada na conferência conjunta da Sociedade para Exploração Científica e Associação Internacional de Visão Remota, em Las Vegas, Nevada em 08 de junho de 2018. 

 

UFOs e a velocidade de dobra

 
Enterprise, concepção artistica

No final da apresentação o cientista respondeu à algumas questões do público, esclarecendo que as pesquisas que são feitas pela TTSA seguem apenas dados e não boatos. “Nós nem dizemos que as UAPs são naves espaciais”, esclareceu. 

Unidentified Aerial Phenomena [Fenômenos Aéreos não Identificados -  UAP] é como o Pentágono e as Forças Armadas dos Estados Unidos agora se referem aos UFOs

Quanto à possibilidade de desenvolvermos velocidade de dobra e uma tecnologia de energia livre, Puthoff deixou claro que nenhum dos dois itens serão realidade tão cedo, o que contraria muito do que anda circulando pela internet em relação à supostas novas tecnologias que estariam sendo desenvolvidas.

Sobre isso o cientista esclareceu que “talvez em 20 anos vejamos alguma coisa”.

 

Richard Doty e os desmentidos do Pentágono

 
Richard Doty. Crédito: Mistery Wire

Puthoff também foi perguntado se havia trabalhado com Richard Doty, o sombrio ex-agente da Força Aérea dos Estados Unidos. “Ele trabalhou comigo. Houve um período no qual estávamos investigando todos os aspectos do fenômeno. Richard Doty era um contratado nosso, assim como muitas outras pessoas. Alguns dos dados dele puderam ser verificados, alguns não. Eu acabei gostando dele como pessoa”, respondeu o cientista.

Já quanto ao fato de o Pentágono negar que Luis Elizondo tenha trabalhado para o Departamento de Defesa e sido diretor do Programa Avançado de Identificação de Ameaças Aeroespaciais (AATIP), o programa da Defesa para estudos de UFOs, Puthoff esclareceu que “mensagens conflitantes estão vindo do Pentágono, dizendo que Luis Elizondo não trabalhou para o AATIP. Não está certo. A TTSA está tentando ajudar a esclarecer as coisas por trás dos panos. As coisas vão se esclarecer em tempo”.

 

Visão remota

 
Cena do filme Minority Report

Puthoff também disse que uma das características dos UAPs é capacidade de viajarem transdimensionalmente, do espaço, para o ar e para água. “Uma coisa sobre nossas discussões de Métrica de Espaço Tempo, e que poderia ser predita pela teoria, é que as coisas podem atravessar matéria sólida”.

Sobre visão remota o cientista disse que conseguiu algumas respostas utilizando-se dela, e citou como exemplo Pat Price, um médium falecido em 1975 que teria trabalhado como visualizador para a CIA e quem, segundo Puthoff, teria localizado “quatro bases de UAP na Terra”.

Para ler a entrevista completa, por favor, clique aqui

 Fonte: Unidentified Aerial Phenomena

Obviamente ainda há muitos assuntos que precisam de esclarecimento em relação à To The Stars Academy, ao doutor Puthoff, a Luis Elizondo e às razões que fazem o Pentágono ir e vir em suas afirmações. Fiquem ligados, assim que as informações surgirem, nós contaremos tudo. 

Veja abaixo dois vídeos sobre a AATIP e a To the Stars Academy:

Já está no ar a Edição 267 da Revista UFO. Aproveite!

Abril de 2019

Um metal extraterrestre