DESTAQUE

Chinês preso por criar falso ET

Por
13 de Junho de 2013
O falso alienígena conservado em uma geladeira
Créditos: Chinasmack.com

Li Kai postou uma notícia espantosa no Sino Weibo, o equivalente chinês do Facebook: ele alegou ter tido um contato imediato três meses atrás com um grupo de alienígenas, nas margens do Rio Amarelo. Li conta que cinco criaturas desceram de um UFO e uma delas dirigiu-se para uma armadilha de coelhos selvagens instalada pelo chinês, composta de fios eletrificados.

Li alega que o alienígena morreu e que os demais fugiram em sua nave. Assustado, ele teria retornado ao local horas depois com seu cachorro e, constatando que o ET estava morto, o levou até um galpão em sua casa, deixando-o em uma geladeira. As fotos do alegado corpo alienígena depressa se espalharam pela Internet e Li alega que combinou com um astrônomo de Pequim que o examinasse, após entregar-lhe uma caução em dinheiro.

Contudo, a polícia de Binzhou, a cidade onde Li mora, descobriu que o ET era falso, e o falsário acabou confessando que o fabricou com borracha, cola e outros materiais comuns. O chinês disse que queria enganar seus compatriotas a respeito da existência de alienígenas e que inspirou-se no filme Paul, O Alien Fugitivo. Ele acabou sendo preso por fraude e perturbar a ordem pública. O caso acabou sendo um exemplo para tantas fraudes que ainda surgem na Ufologia.

Veja outras fotos do falso alienígena

Alegado cadáver alienígena é humano

A fraude do Caso Barra da Tijuca completou 55 anos

E o fim do mundo novamente não aconteceu

Paul, o alienígena: é a Evolução!

Saiba mais:

Livro: Contatados

DVD: Reflexões sobre Ufologia

crédito: Revista UFO
Reflexões sobre Ufologia
Reflexões sobre Ufologia

Desde os anos 40 ficou claro que estamos sendo regularmente visitados por outras inteligências, tecnologicamente mais avançadas do que nós e aparentemente interessadas em nossa forma de vida. A situação é de tamanha gravidade que os governos das superpotências não apenas acompanham o Fenômeno UFO atentamente há décadas, pesquisando suas manifestações por meio de programas secretos multimilionários, como também implantaram o que se conhece como “política de acobertamento”, que mantém a verdade longe dos olhos da população. Mas por quê?

Já está no ar a Edição 122 da Revista UFO. Aproveite!

Maio de 2006

Novas sendas de informação se abrem