DESTAQUE

China irá pedir que a ONU investigue os UFOs, afirma Elizondo

Por
12 de Junho de 2021
O presidente da China, Xi Jinping, pode estar planejando incluir as Nações Unidas na investigação dos UFOs.
Créditos: Ju Peng/GettyImages

A China estaria se preparando para investigar os UFOs com as Nações Unidas enquanto lança sua própria força-tarefa para estudar e compreender os estranhos objetos que cruzam seu espaço aéreo, disse o ex-agente do Pentágono.

Luis Elizondo, que chefiou o secreto Programa Avançado de Identificação de Ameaças Aeroespaciais (AATIP), disse que a China pode estar tentando assumir a liderança em meio a uma onda de interesse renovado em UFOs. Elizondo, um ex-oficial de inteligência, estava falando em um evento organizado pelo Washington Post, enquanto a expectativa aumenta sobre o relatório da Força-Tarefa UAP programado para ser entregue nos Estados Unidos.

Ele renunciou ao seu posto no Pentágono enquanto procurava trazer a discussão sobre os UFOs ao público, descrevendo-os como uma “questão de segurança nacional”. Elizondo falou sobre suas esperanças de cooperação internacional nesta questão – inclusive com os adversários tradicionais dos Estados Unidos: a Rússia e a China.

É sabido que a China criou uma força-tarefa UFO semelhante à que foi vista nos Estados Unidos – planejando usar inteligência artificial para rastrear objetos misteriosos voando pelos céus. Pesquisadores militares chineses os apelidaram de “Condições Aéreas Não-Identificadas”. E o ex-oficial disse acreditar que a China pode tentar levar essa conversa para as Nações Unidas.


Elizondo diz que seria importante os Estados Unidos unirem forças com a China e a Rússia para estudarem os UFOs. Mas qual a real possibilidade de isso acontecer?
Fonte: Mary Evans Picture Library/Picture-alliance

Ele concordou com a repórter Jacqueline Alemany, que descreveu o potencial estado de “guerra” sobre UFOs entre os Estados Unidos e a China como uma nova “corrida espacial”. Ele disse: “Eles acabaram de anunciar que estabeleceram uma força-tarefa UFO semelhante à nossa e estão usando inteligência artificial para fazer isso. Também sabemos que há um esforço deles para tentar conduzir essas investigações para as Nações Unidas.”

Ele acrescentou: “Eu adoraria nada mais do que uma oportunidade de trabalhar com nossos adversários, nossos adversários convencionais – Rússia e China. Vamos colocar todos na mesa. Eu acredito que este é um assunto que envolve toda a humanidade. Acho que afeta a todos nós igualmente, mas de maneira diferente, dependendo de nossos sistemas de crenças filosóficas, sociológicas e teológicas.” No entanto, ele admitiu que precisava ser “realista” e que demoraria muito para os Estados Unidos depositarem sua confiança na China e na Rússia em uma questão tão importante.

Fonte

Já está no ar a Edição 284 da Revista UFO. Aproveite!

Abril de 2021

Biden revelará os segredos dos UFOs?