DESTAQUE

Caso de queda de UFO em Kecksburg pode ter sido solucionado

Por
11 de Dezembro de 2015
Quedas de UFO ocorrem raramente em todo mundo, mas já são dezenas as registradas
Créditos: Arquivo UFO

Em 09 de novembro de 1965, às 16h47, um objeto flamejante caiu do céu a partir do noroeste, tendo percorrido uma trajetória sobre o Canadá, Ohio e o oeste da Pennsylvania. Milhares de pessoas viram o rastro que o objeto deixou no céu, e este finalmente, após uma manobra próximo a Cleveland, rumou para o sudeste, caindo nas proximidades da pequena cidade de Kecksburg. Imediatamente pessoas adentraram na mata onde ocorrera a queda, e observaram que o objeto estava parcialmente enterrado no solo, era de metal e tinha cerca de 3,6 m de comprimento, com formato aproximadamente cônico.

Nos instantes seguintes chegaram bombeiros voluntários e a polícia da cidade, além de jornalistas. E em pouco tempo militares cercaram o local, conduziram as pessoas para fora e mantiveram uma sedvera vigilância. Algumas testemunhas afirmam terem sido alertadas para se afastar pois havia risco de vazamento de radiação. O UFO, de acordo com vários testemunhos, teria sido colocado sobre a caçamba de um caminhão militar e levado dali. Alguns pesquisadores defendem que o objeto foi transportado até a Base da Força Aérea Wright-Patterson em Dayton, Ohio, e alguns mencionam o relato, não verificado, de uma testemunha que teria visto um pequeno corpo em uma maca, com um braço pendendo desta apresentando uma mão com três dedos e pele com escamas. Tal relato jamais foi substanciado.

Uma das possíveis explicações para o Caso Kecksburg foi a queda do satélite russo Cosmos 96. Mas em 2003, em matéria para o Sci Fi Channel, a jornalista Leslie Kean exibiu um documento obtido graças à Lei de Liberdade de Informação e uma entrevista com um especialista da NASa. Essas evidências comprovaram que o satélite russo caiu sobre o Canadá mais cedo, naquele mesmo dia, não podendo portanto ser o mesmo objeto de Kecksburg. Surgiu agora aquela que pode ser a explicação definitiva para o caso, por parte de John Ventre, diretor estadual da Rede Mútua de UFOs (Mufon), e Owen Eichler, pesquisador local. Eichler tinha 13 anos na época do caso e jogava basebol quando observou o rastro do UFO nos céus. Um caso tão pesquisado não chamou a atenção de Ventre até que Eichler apresentou a ele sua teoria, e eles uniram esforços.

PROJETO ESPACIAL SECRETO

crédito: Arquivo Revista UFO
Concepção artística do objeto caído em Kecksburg
Concepção artística do objeto caído em Kecksburg

Owen Eichler, em suas pesquisas, encontrou em 1991 documentos então recentemente liberados pelo governo norte-americano, descrevendo o veículo de reentrada Mark 2, construído pela empresa General Electric. Lançado repetidamente a bordo de foguetes como Thor, Atlas e Júpiter, seu formato cônico é muito semelhante ao do objeto de Kecksburg. Esse veículo tinha quatro jatos direcionais de controle, que poderiam fazê-lo manobrar como descrito pelas testemunhas, e um dos metais utilizados em sua construção era o cobre, que explicaria as chamas de cor verde observadas. Certas marcas em sua fuselagem também são semelhantes às vistas na superfície do UFO pelas testemunhas. O GE Mark 2 estava sendo testado como satélite de espionagem, e no contexto da Guerra Fria de então, evidentemente as autoridades não poderiam admitir sua existência. Daí afirmarem que o UFo de Kecksburg era na verdade um meteoro.

John Ventre, que produziu o vídeo Kecksburg: The Untold Story com entrevistas com testemunhas, e ao lado de Eichler publicou o trabalho Um dos Cinco Maiores Casos Ufológicos foi Resolvido?, descrevendo sua teoria, acrescenta: "Outro elemento significativo era que o Mark 2 carregava um gerador nuclear, e evidentemente isso explica a rapidez com que os militares chegaram ao local. Eles o estavam rastreando, e precisavam afastar o quanto antes as pessoas devido ao risco de radiação. E é por isso que muitas testemunhas descrevem a presença de homens em roupas protetoras e uma caixa pesada, que parecia de chumbo. Eles tinham que ter certeza de que não haveria vazamentos". Ventre diz que enviaram mensagens à NASA e a Força Aérea, mas não receberam resposta. A cidade de Kecksburg, enquanto isso, prossegue com seu festival ufológico anual a cada mês de julho. A população naturalmente está dividida, com alguns residentes preferindo que o caso fosse esquecido, ao passo que outros apreciam a fama que o incidente de 1965 trouxe para sua cidade.

crédito: USAF
O veículo de reentrada GE Mark 2
O veículo de reentrada GE Mark 2

Leia o artigo de John Ventre e Owen Eichler

Outra fonte para a teoria dos dois pesquisadores

Assista ao vídeo Kecksburg: The Untold Story

Site do Museu Nacional de Aeronáutica e Espaço sobre o GE Mark 2

A série Arquivos Extraterrestres tratou do Caso Kecksburg

Leslie Kean escreveu UFOs: OVNIs - Militares, Pilotos e o Governo Abrem o Jogo

Ex-oficial da CIA fala sobre quedas de UFOs

Novo livro sobre o Caso Varginha é destaque no portal G1

Objeto não identificado cai em Alagoas e é visto em várias cidades

Caso Aurora, um mistério de 117 anos

Possível queda de UFO no meio da Amazônia

Saiba mais:

Livro: Guia da Tipologia Extraterrestre

crédito: Revista UFO
Guia da Tipologia Extraterrestre
Guia da Tipologia Extraterrestre

Há séculos a espécie humana assiste à chegada de estranhos seres geralmente bípedes e semelhantes a nós, que descem de curiosos veículos voadores sem rodas, asas ou qualquer indício de forma de navegação. Quase sempre estas criaturas têm formato humanoide e não raro se parecem com uma pessoa comum, mas com um problema: elas não são daqui, não são da Terra. O que pouca gente sabe é que existem dezenas de tipos deles vindo até nós, alguns com o curioso aspecto de robôs, outros se assemelhando a animais e há até os que se parecem muito com entidades do nosso folclore. O Guia da Tipologia Extraterrestre faz uma ampla catalogação de todos os tipos de entidades já relatadas, classificando-as conforme sua aparência e características físicas diante de suas testemunhas, resultando num esforço inédito para se entender quem são nossos visitantes.

DVD: UFOs nos Arquivos Oficiais

Já está no ar a Edição 52 da Revista UFO. Aproveite!

Abril de 2007

O que o governo dos EUA faz com as naves resgatadas