DESTAQUE

Carlos Mendes lança seu livro sobre a Operação Prato em grande encontro no Pará

Por
20 de Agosto de 2019
Ilustração
Créditos: UFO

O jornalista Carlos Mendes lançará hoje, dia 20 de agosto, seu livro Luzes do Medo: Relato de um Repórter na Operação Prato. O evento ocorrerá no Auditório do Hotel Sagres, às 19h00, em Belém, no Pará, e ainda contará com palestras de convidados especiais e a presença de personagens importantes envolvidas na Operação Prato na década de 70.

O lançamento da obra, durante a noite de autógrafos, será abrilhantado pela presença e palestras A. J. Gevaerd e Fred Morsch, e estará à venda toda a noite pelo preço de R$ 50,00. 

 Como palestra principal, o evento conta com A. J. Gevaerd, um dos maiores ufólogos do mundo e editor da revista UFO, a mais antiga publicação do gênero no planeta. A segunda é com o cineasta Fred Morsch, mochileiro ufólogico e apresentador da premiada série de TV “De Carona com os Ovnis”, do canal Hystory Channel.

Gevaerd, sempre requisitado para conferências por vários países da América Latina, Europa, Estados Unidos e Ásia, possui uma agenda sempre lotada, mas estará pela primeira vez em contato com o público de Belém. Ele, que escreveu o prefácio de "Luzes do Medo", irá falar sobre a “Operação Prato”, a maior missão militar já empreendida no mundo para investigar objetos voadores não identificados e que montou sua base de operações na ilha de Colares.

Foi graças a Gevaerd e à pressão de outros ufólogos, que os documentos sobre os misteriosos fatos ocorridos no Pará vieram à tona, liberados pelo Ministério da Defesa. Mas ainda há muitas coisas a divulgar e revelar para o público e Gevaerd falará sobre isso.

Já Morsch, que apresentou ano passado os 13 capítulos de “De Carona com os OVNIs” no canal fechado History Channel, abordará as viagens que fez por todo o país, ouvindo abduzidos, testemunhas de aparições, jornalistas e pesquisadores do fenômeno que há milênios intriga a humanidade.

  

Clique aqui para ver ler uma prévia do livro.

Clique aqui para adquirir o livro.

Luzes do Medo: O relato de um repórter que esteve presente na Operação Prato

Ocorrida há quatro décadas na Amazônia, a impressionante onda ufológica que ficou conhecida nacionalmente como “chupa-chupa” tem, agora, um livro que traduz com precisão a gravidade da situação que se abateu sobre inúmeras humildes comunidades paraenses, acometendo duramente milhares de caboclos e ribeirinhos. Nem idosos, gestantes, crianças e animais foram poupados.

Luzes do Medo: O Relato de um Repórter que Esteve Presente na Operação Prato é uma obra incomum que trata com profundidade dos estarrecedores fatos ocorridos e faz uma firme descrição de como os militares brasileiros lidaram com a delicada questão, naquela que ficou conhecida como a Operação Prato, a maior missão militar de que se tem notícia em todo o mundo para pesquisar a ação alienígena na Terra oficialmente.

Revelações impressionantes

Luzes do Medo é uma abordagem sobre o que ocorreu no Pará entre 1977 e 1978, durante as aparições do famoso Chupa-Chupa – luzes que desciam dos céus e, em vários casos relatados, atacavam moradores, retirando o sangue das vítimas. Um caso famoso em todo o mundo que até hoje desafia crentes e céticos.

O livro traz entrevistas inéditas de militares e depoimentos de pessoas que tiveram contato com as luzes. As tentativas de censura à imprensa paraense da época, a apropriação de fotos do repórter José Ribamar dos Prazeres pela Aeronáutica e a participação do capitão Uirangê Holanda nas investigações em Colares e região.

A obra também relata como um suposto agente da CIA, a central de inteligência americana, infiltrou-se dentro do jornal “O Estado do Pará” para roubar material de investigação sobre o assunto e levá-lo para os Estados Unidos.

Até pouco tempo atrás, a Operação Prato era tratada como assunto de segurança nacional, e agora está amplamente revelada aos leitores nesta obra. Seu autor, o veterano jornalista paraense Carlos Mendes, conta em detalhes as entrevistas que fez com as testemunhas e vítimas do chupa-chupa, assim como acompanhou o coronel Uyrangê Hollanda nas missões da Operação Prato.

Durante a onda do fenômeno em seu estado e em outros da Região Norte, Mendes dedicou-se em caráter integral à cobertura in loco dos acontecimentos. E quando foi iniciada a Operação Prato, esteve continuamente em busca de informações militares, acompanhando as ações dos membros da Aeronáutica para informar aos seus leitores.

 


Corajosamente o repórter do jornal O Estado de São Paulo no Pará vem a público mostrar a gravidade do chupa-chupa e da Operação Prato.

No jornalismo investigativo, Carlos Mendes tornou-se especialista nas questões amazônicas, cobrindo em 45 anos de profissão temas polêmicos como conflitos e grilagem de terras, trabalho escravo e infantil, devastação florestal, invasão e extração de madeira em terras indígenas, grandes projetos de mineração, dentre outros. Hoje, mantém nas redes sociais o blog Ver-o-Fato.

Carlos Mendes é consultor da Revista UFO e  foi conferencista no XXIV Congresso Brasileiro de Ufologia, que a publicação realizou em Curitiba, de 15 a 17 de março. Nesta ocasião seu livro foi pré lançado e pode ser adquirido na Loja UFO. Clique aqui para ler uma amostra da obra. 

 

Saiba tudo sobre o UFO SUMMIT 2019 em www.ufosummit.com.br

O maior evento do ano da Ufologia Brasileira. Garanta a sua vaga!

Já está no ar a Edição 270 da Revista UFO. Aproveite!

Julho de 2019

Anunnaki: Aqueles que do céu desceram à Terra

UPDATED CACHE