DESTAQUE

Buraco negro é descoberto no interior de aglomerado de estrelas

Por
03 de Janeiro de 2007
Créditos: Arquivo UFO

Uma equipe de cientistas descobriu um pequeno buraco negro no interior de um dos chamados cúmulos globulares - aglomerado de estrelas atraídas por sua gravidade recíproca.

Thomas J. Maccarone, da Universidade de Southampton (Reino Unido), e outros colegas de várias universidades americanas comunicam no site da revista "Nature" a descoberta de um buraco negro de uma massa muitas vezes superior à do Sol.

O achado é importante, destaca a publicação, uma vez que os astrônomos estão há anos debatendo se os buracos negros podem existir no interior dos cúmulos globulares.

Muitos especialistas descartavam essa possibilidade com o argumento de que os buracos negros seriam expulsos em conseqüência das interações das forças de gravidade dos astros.

Outros cientistas achavam o contrário, que os processos dinâmicos nas regiões mais densas dos cúmulos podiam produzir buracos negros equivalentes a mil massas solares.