DESTAQUE

Bilionário faz revelações sobre o seu programa secreto de investigação de UFOs e fenômenos anômalos

Por
06 de Fevereiro de 2021
Robert Bigelow fez revelações bombásticas não somente sobre o AAWSAP, mas também sobre os fenômenos que ocorrem no Rancho Skinwalker.
Créditos: NY Times

Em janeiro de 2021 foi ao ar no programa Mistery Wire, do jornalista George Knapp, uma entrevista com o bilionário americano Robert Bigelow. Dentre outros assuntos, Bigelow falou sobre o programa secreto de investigação de fenômenos anômalos (AAWSAP) que uma de suas empresas comandou para o governo dos Estados Unidos, bem como sobre suas pesquisas no misterioso Rancho Skinwalker, localizado na bacia de Uinta, estado de Utah.

Por Rony Vernet, Engenheiro e Consultor da Revista UFO

Entre os dias 20 e 27 de janeiro foram ao ar no programa Mistery Wire, do jornalista George Knapp, diversos trechos de uma entrevista realizada com o bilionário americano Robert Bigelow. Foram feitas revelações sobre diversos assuntos, como o seu novo instituto de estudos sobre a consciência, as pesquisas no Rancho Skinwalker, o programa governamental de investigação de UFOs e fenômenos anômalos (AAWSAP), e o seu envolvimento com Bob Lazar.

Após estabelecer o Instituto Bigelow para Estudos da Consciência (BICS), o bilionário lançou um desafio global oferecendo 1 milhão de dólares em prêmio a cientistas, estudiosos de teologia, pesquisadores da consciência e qualquer pessoa que pudesse fornecer evidências de vida após a morte. Bigelow teve despertado seu grande interesse por este assunto ao lidar com diversas perdas familiares, além de ter presenciado diversos fenômenos no Rancho Skinwalker.


Parte da entrevista foi disponibilizada no canal de Rony Vernet, no Youtube, com legendas em português, e poderá ser visualizada clicando na imagem.
Fonte: Canal Rony Vernet/Youtube

Sobre o rancho, foram realizadas novas e impressionantes declarações sobre as anomalias encontradas ao longo de anos de pesquisa no local que vão desde UFOs até orbes, mutilações de animais, portais, criaturas misteriosas e fenômenos poltergeist [fenômenos de assombrações]. Durante a entrevista, Bigelow revela que funcionários do governo foram perseguidos de forma dramática por esses fenômenos até mesmo em suas casas após estes terem deixado as instalações da propriedade. Esses fantásticos casos acontecem não somente no Rancho Skinwalker, mas por toda a região da misteriosa Bacia de Uinta, estado de Utah.

Bigelow também contou sobre o Programa de Aplicações em Sistemas Avançados de Armas Aeroespaciais, também conhecido como AAWSAP. Apesar do nome, o programa foi contratado pelo governo americano para que a sua empresa Bigelow Aerospace Advanced Space Studies (BAASS) estudasse fenômenos ufológicos bem como outros fenômenos anômalos ocorridos no Rancho Skinwalker e em outras partes do mundo. Vale lembrar que a BAASS esteve no Brasil entre os anos de 2009 e 2010 estudando casos ocorridos no país.

O entrevistado comentou sobre sua boa relação com Luis Elizondo, que chefiou o programa governamental AATIP, focado apenas em encontros de militares com UFOs, o qual veio a substituir o AAWSAP de Bigelow. Também revelou ter tomado conhecimento do caso do UFO “Tic-Tac” no ano de 2008, bem antes da matéria de 2017 do jornal The New York Times, ao contatar um dos pilotos de caça da marinha norte-americana, que foi testemunha daquele avistamento, e cujos vídeos foram reconhecidos como verdadeiros publicamente pelo Pentágono apenas no ano passado. O bilionário complementou informando que a liderança da atual Força Tarefa de Investigação de UFOs do governo norte-americano foi substituída recentemente e que ele acha que esse movimento pode ser uma tentativa de engavetar todas as informações do programa, a fim de que estas não venham a público.


O bilionário ainda diz acreditar nas afirmações de Bob Lazar sobre a Área 51 e os projetos de engenharia reversa de UFOs.
Fonte: Gabe Zeifman

Por fim, Bigelow informou ser provável que quedas de UFOs tenham ocorrido nos Estados Unidos, Rússia, China e Brasil, e que haveria uma corrida entre as superpotências a fim de desvendar a tecnologia por trás desses veículos aeroespaciais. Já sobre Bob Lazar, ele declarou tê-lo encontrado algumas vezes e que aposta que o mesmo está falando a verdade, mesmo que possam existir algumas inconsistências em suas alegações.

Durante a entrevista, é notável a preocupação de Bigelow em pensar muito antes de dizer algo, provavelmente devido às suas credenciais de segurança do governo dos Estados Unidos ainda ativas desde a época do AAWSAP, cujas informações ainda permanecem confidenciais. Resta saber se um dia essas informações, bem como fotos e vídeos relatados por Bigelow, serão um dia revelados ao público.

Fonte: Canal Rony Vernet

Já está no ar a Edição 279 da Revista UFO. Aproveite!

Setembro de 2020

Segredos ufológicos nos corredores do Pentágono