DESTAQUE

BBC censura astrofísica que diz que sinais FRBs poderiam ser de ETs

Por
15 de Janeiro de 2019
Astrofísica Elizabeth Pearson
Créditos: BBC

Conforme relatamos essa semana, na matéria Detectados sinais de rádio em galáxia a 1,5 bilhões de anos-luz da Terra, cientistas canadenses detectaram 13 novas rajadas rápidas de rádio (FRBs) do espaço profundo, em uma descoberta que poderia mudar nossa compreensão do universo. Eles estão pesquisando o que poderiam ser desses sinais FRBs  que tanto intrigam a comunidade científica e voltaram a se repetir nesses dias. 

Para a Dra. Elizabeth Pearson, astrofísica do Observatório Chime e professora da University of British Columbia, há a possibilidade destes sinais serem bem mais do que se imagina. Ela disse que até agora apenas um FRB foi recorrente e sugeriu que poderia haver mais, os quais poderiam servir para compreendermos os enigmas cósmicos, de onde são e o que os causam. E é este último ponto que tem causado controvérsia na comunidade científica, com alguns sugerindo que eles são de origem natural e outros alegando que são evidências claras da existência de vida extraterrestre inteligente no universo. Mas parece que não querem dar a voz aos cientistas que apontam para essa última possibilidade.

E exatamente isso foi demonstrado em uma recente entrevista à BBC, quando a apresentadora interrompeu no momento em que uma astrofísica afirmou que as RFBs detectadas do espaço profundo podem ser sinais de uma civilização alienígena avançada. A Dra. Pearson disse à BBC: "Assim, com estas RFBs, particularmente essa que repetiu, essa é a segunda vez que a encontramos; esperamos entender um pouco melhor o que essas coisas são". 

Astrofísica acrescentou que, atualmente, tudo o que sabemos é que é algo que pode produzir uma grande quantidade de energia, como a combinação de buracos negros ou estrelas de nêutrons: "Espero que, olhando para as novas FRBs, possamos estabelecer se é um desses fenômenos. Uma das teorias um pouco mais claras é que poderia ser uma civilização avançada extraterrestre, e é mais um caso que não podemos descartar", explicava a cientista quando, neste momento, a âncora de notícias minimizou o último comentário da astrofísica.

Joanna Gosling disse: "Bem, você sabe, obviamente, você diz que é uma das teorias mais notáveis, essa é a que está nos ouvidos de todos, essa é a manchete, obrigada". A astrofísica parecia querer acrescentar algo ao comentário da anfitriã e disse antes de ser interrompida: "Sim, é…" E o áudio misteriosamente foi cortado e removida a imagem de astrofísica, para a surpresa dos espectadores. Gosling disse, então: "Oh, nós a perdemos. Mas de qualquer forma, tudo bem, talvez, isso seja evidência de alienígenas. Veremos."

E esse infeliz incidente causou todos os tipos de reações nas redes sociais. Entusiastas e pesquisadores denuciaram publicamente que a BBC faz parte dos meios de mídia manipulados para esconder a verdade, e neste caso não esperava que a astrofísica comentasse livremente a teoria de que FRBs poderiam ser de origem extraterrestre.

Assista a entrevista aqui:

Já está no ar a Edição 264 da Revista UFO. Aproveite!

Janeiro de 2019

Sexo com ETs

UPDATED CACHE