DESTAQUE

Astrônomos estão perplexos com sinal intrigante vindo de “objeto invisível” da Via Láctea

Por
20 de Outubro de 2021
Os cientistas disseram nunca terem visto nada parecido.
Créditos: SWNS

Um sinal extraordinário vindo dos confins do espaço sideral confundiu os cientistas. O objeto responsável pelo sinal é considerado como “invisível” pelos cientistas pois está flutuando pela Via Láctea e não foi rastreado por nenhum satélite até então, mesmo estando em um pedaço mapeado do céu.

Um estranho sinal emitido por um “objeto invisível” distante na Via Láctea confundiu os cientistas. As bizarras ondas de rádio enviadas pela estrutura flutuante não rastreada não se enquadram em nenhum padrão compreendido - e podem ser de um novo tipo de estrela. Os cientistas disseram que a descoberta extraordinária pode estar relacionada a um misterioso objeto celestial diferente, conhecido como “arrotador cósmico.”

O autor principal do estudo, Ziteng Wang, disse: “A propriedade mais estranha desse novo sinal é que ele tem uma polarização muito alta. Isso significa que sua luz oscila em apenas uma direção, mas essa direção gira com o tempo. O brilho do objeto também varia dramaticamente, por um fator de 100, e o sinal liga e desliga aparentemente ao acaso.”

“Nunca vimos nada assim.” O professor de física da Universidade de Sydney disse que as aparições emitidas até agora não se parecem em nada com o que foi visto antes. Ele explicou: “No início pensamos que poderia ser um pulsar - um tipo muito denso de estrela morta giratória - ou então um tipo de estrela que emite enormes erupções solares. Mas os sinais desta nova fonte não correspondem ao que esperamos desses tipos de objetos celestes.”


O professor Ziteng Wang liderou uma equipe de cientistas de vários países para tentar entender a origem dos misteriosos sinais.
Fonte: The University of Sydney

Wang e uma equipe de profissionais espaciais internacionais da Austrália, Estados Unidos, Canadá, África do Sul, Alemanha, Espanha e França detectaram o estranho sinal de um enorme telescópio no oeste da Austrália. O espaço e a existência de alienígenas se tornaram mais estranhos e mais prováveis a cada semana que passava, com os sinais se multiplicando nos últimos meses.

A equipe continua trabalhando para descobrir o que poderia estar emanando tais sinais bizarros. Há quem diga que poderia ser um sinal enviado por uma nave alienígena, talvez direcionado propositalmente para nós. Mas até que saibamos, Wang e seus colegas continuam buscando uma explicação astronômica para o fenômeno.

Fonte

UFO Recomenda

Já está no ar a Edição 285 da Revista UFO. Aproveite!

Junho de 2021

Quando eles são hostis aos humanos