DESTAQUE

Astrofísico diz que alienígenas devem ter tanto medo de nós quanto nós deles

Por
06 de Novembro de 2018
Neil deGrasse Tyson
Créditos: sacurrent.com

No filme de ficção científica de 1996, Independence Day, o presidente dos Estados Unidos faz um discurso inspirador sobre a resiliência da raça humana durante uma invasão alienígena. Como o líder diz aos defensores da Terra que “não vamos desaparecer sem lutar”, o sentimento de unidade é claro – a humanidade se recusa a morrer e usará todos os recursos para sobreviver. Mas seria o capital emocional dos filmes de invasão alienígena a nossa vontade de suportar ou a nossa afinidade com a conquista?

Neil deGrasse Tyson, célebre astrofísico e cientista disse, durante um discurso em 23 de outubro, na Onward18, uma conferência organizada pela empresa de serviços de internet Yext, que “o fascínio da sociedade por invasões alienígenas – uma das narrativas mais populares na ficção científica – tem mais a ver com o comportamento passado da humanidade do que qualquer medo real de atacantes intergalácticos.” Tyson ressalta que “todo esse temor de alienígenas em filmes, isso não é de qualquer conhecimento real de alienígenas. É a partir do conhecimento real dos seres humanos”.

Em 1956, Invasion of the Body Snatchers, um filme sobre alienígenas que se transformam em clones humanos sem emoção, refletia uma paranoia generalizada nos Estados Unidos sobre a propaganda subversiva. E Tyson lembra que o colonialismo é uma parte essencial da história humana. “Não há maior espelho para a nossa conduta do que todos esses filmes de alienígenas chegando à Terra”, disse ele. E a conduta do Homo sapiens foi sangrenta.

Colonialismo é o processo de assumir e explorar outro lugar, pessoas ou cultura, muitas vezes apagando o que havia antes. Ao longo da história, deixou o sofrimento em seu rastro, e os efeitos posteriores e os debates subsequentes ainda estão em curso hoje. “Se os alienígenas vierem até nós, eles têm uma tecnologia melhor”, disse Tyson, e alguém então pergunta se os humanos seriam os que atacariam outras espécies e planetas se tivessem os meios tecnológicos.

O comentário de Tyson sobre alienígenas e invasões alienígenas veio no final de sua palestra, depois que ele apresentou as “10 coisas que você deve saber sobre o Universo”. A topico mais importante que Tyson compartilhou foi que os seres humanos são feitos de poeira estelar: "estrelas explodem, espalhadas pela galáxia, e a partir desses destroços vem o enriquecimento e os materiais necessários para formar novos planetas e nova vida. Parece abstrato, mas é verdade, e todos os invasores alienígenas também são feitos de poeira estelar – nos tornando, de uma outra forma, o mesmo."

Fonte:  Qz.com 

Detalhes da apresentação de Tyson  sobre o Universo podem ser encontrados aqui.

Cientista de Los Alamos afirma que Bob Lazar era físico da Área 51

Já está no ar a Edição 261 da Revista UFO. Aproveite!

Setembro de 2018

Nikola Tesla e a Vida Extraterrestre