DESTAQUE

Astrobiólogos procuram vida alienígena dentro de nosso planeta

Por
25 de Outubro de 2011
Pesquisas terrestres para confirmar extraterrestres
Créditos: JPL/NASA

Em 30 de outubro de 1938, o cineasta Orson Welles aterrorizou os cidadãos norte-americanos com uma adaptação da obra de H.G. Wells, A Guerra dos Mundos (1898), transmitida pelo rádio. Na ocasião, a população entrou em pânico durante os primeiros 40 minutos do programa, em que uma suposta invasão marciana era apresentada em forma de notícias. A reação do público chegou a ser notícia nas capas dos principais jornais dos EUA e Canadá.

Seres alienígenas sempre fizeram parte do imaginário popular, tendo sido tema de inúmeros filmes e livros de ficção científica. Há também quem diga que os aliens existem de verdade e até vivem entre nós. Muitos alegam terem tido contato com discos voadores e seres de outros planetas. Verdade ou não, o fato é que a existência de vida em outros planetas é tema freqüente para a ciência. Com a descoberta de cada vez mais galáxias e exoplanetas, aumentam exponencialmente as chances de haver vida extraterrestre, seja em forma de microorganismos ou de seres mais avançados do que nós.

O físico teórico Stephen Hawking demonstrou, em 2010, a sua preocupação com as pesquisas científicas em busca de ETs. De acordo com Hawking, não deveríamos buscar seres de outros planetas, pois eles podem ser perigosos para a continuação da vida na Terra. O assunto também é tema de pelo menos um artigo escrito por cientistas da Agência Espacial Norte-Americana (NASA).

Recentemente, as buscas de seres alienígenas mudaram de rumo. Agora, cientistas procuram amostras de vidas aqui mesmo, na Terra, que possam nos dar dicas de como seriam os organismos que vivem em outros mundos.

A verdade está aqui dentro

Apesar de parecer estranho, a ciência leva muito a sério a busca de vida extraterrena. Desde 1966, a NASA possui um programa de astrobiologia cujo orçamento subiu de 10 milhões para 55 milhões de dólares. Somente neste ano, cientistas encontraram mais de 1.200 candidatos a novos planetas fora do nosso Sistema Solar, sendo que 54 deles aparentam ser propícios a abrigarem vida.

E apesar de já planejarmos missões espaciais não tripuladas em busca de aliens, o começo das pesquisas se dá em casa, dentro do "planeta água". Ao estudar organismos que vivem em ambientes extremos, cientistas podem entender onde e como procurar vida em planetas com condições adversas. Pesquisadores encontraram micróbios que vivem em caldeiras vulcânicas, fontes hidrotermais e lagos com alta concentração de arsênio. A existência desses organismos, conhecidos como extremófilos, tem redefinido o que sabíamos sobre a vida em nosso planeta.

Do Atacama para Marte

O pesquisador Alfonso Davila fez parte da equipe da NASA que encontrou formas de vida adaptadas a um ambiente muito peculiar: os cristais de sal do Deserto do Atacama, no Chile. Esses microorganismos vivem nos vapores de água atmosféricos e, graças a eles, cientistas acreditam que uma forma de vida similar possa ocupar os depósitos de sal de Marte, já que o planeta possui vapor suficiente para formar geadas.

Outras locais do globo terrestre também servem de base para a procura de outras formas de vida em Marte. A começar pela Ilha de Axel Heiberg, no Oceano Ártico, onde bactérias vivem em águas com temperatura abaixo de zero e ricas em metano. De acordo com o microbiologista Lyle Whyte, em entrevista para a revista Popular Science, microorganismos semelhantes poderiam ser encontrados em nuvens de metano em Marte.

crédito: NASA/ESA
Superfície da Marte ainda pode conter agradáveis surpresas
Superfície da Marte ainda pode conter agradáveis surpresas

A lua gelada de Júpiter

Europa, lua de Júpiter cuja superfície está repleta de gelo, também atrai os olhares da comunidade científica. Com isso em mente, em dezembro, pesquisadores do Instituto de Pesquisa Ártica e Antártica da Rússia pretendem perfurar uma calota de gelo de 3,2 quilômetros de espessura, localizada na Antártica. O objetivo é alcançar um dos mais de 150 lagos que se escondem embaixo dessas camadas brancas.

A princípio, o lago Vostok é o principal destino dos cientistas [Veja Mistérios do Lago Vostok prestes a serem revelados]. Esse lago subglacial possui cerca de 14 km² e profundidade que varia de 200 a 800 m. Mas o que chama a atenção é o fato de que suas águas estão isoladas há mais de 20 milhões de anos, sendo um dos últimos lugares da Terra que ainda não foi explorado pelo ser humano.

A perfuração deve durar vários meses. O principal desafio é coletar amostras sem contaminar ou perfurar um ambiente tão protegido, já que isso arruinaria os resultados da pesquisa. Essa é uma investigação fundamental para quem planeja explorar, um dia, o solo de Europa. Além de descobrirmos mais dados sobre a vida na Terra, os métodos e dados coletados servirão como experiência para a análise da lua de Júpiter.

O futuro das pesquisas

Com as lições aprendidas na Terra, cientistas planejam aproveitar melhor as missões enviadas para mundos próximos, como Marte, que possui as melhores condições, até o momento, de apresentar alguma forma de vida. Apesar de não termos a comprovação da existência de rios e mares no planeta, já é conhecida a existência de gelo e água em estado líquido durante o verão marciano.

Em breve, a NASA deve lançar mais uma sonda ao planeta vermelho. Desta vez, o destino do veículo é uma cratera que, ao que tudo indica, já abrigou água. O equipamento deverá procurar indícios de gelo subterrâneo e coletar rochas que possam apresentar compostos à base de carbonos, incluindo aminoácidos essenciais para a presença de vida.

Em 2018, a NASA se juntará à Agência Espacial Européia (ESA) para enviar uma missão mais longa e interessante. Uma sonda será encaminhada para coletar amostras de rochas e guardá-las em um container selado. Em 2025, outra sonda será enviada, mas desta vez para "receber" a amostra e dispará-la ao espaço. Na terceira etapa da missão, o pacote será interceptado e trazido para a Terra.

Possíveis fósseis microbiais coletados nessas missões podem revelar a existência de vida no passado, mas cientistas também acreditam que essas amostras possam nos provar que o planeta vermelho possui vida atualmente. Como podemos ver, a exploração espacial continua cada dia mais interessante. Enquanto isso, nós continuamos na torcida para que, dentro de 15 ou 20 anos, possamos assistir ao anúncio oficial da descoberta de vida alienígena.
Leia também:

Novo enigma nas planícies esquecidas de Marte


Análise indica que cratera marciana já foi um lago

Construção de base em cavernas na Lua é estudada por russos

Camada de ozônio em Vênus resgata debate sobre vida extraterrestre


Saiba mais:

Rocha "diferente" em cratera marciana é detectada pelo Opportunity


Possível indício de água corrente em Marte é analisado por cientistas

Possível caverna subterrânea encontrada em Marte


Pesquisadores esperam estudar rochas mais antigas em Marte

NASA pode ter encontrado água em estado líquido no planeta Marte

"As crianças de hoje não voarão nos ônibus espaciais, mas caminharão em Marte"

Grandes enigmas de Marte desafiam os especialistas


Apollo 18 provoca resposta da NASA sobre sua autenticidade

Astronautas sabem que nunca estiveram sós no espaço

Declarações de astronautas e altos funcionários da NASA sobre UFOs no espaço

Filmagens e fotos da NASA teriam sido vetadas por \'excesso de brincadeiras\'

Edgar Mitchell revela o que sabe

Mitchell afirma que os extraterrestres existem e estão fazendo contato conosco

Ex-astronauta da NASA declara que o governo norte-americano esconde a verdade sobre os UFOs


Contatos alienígenas no espaço

Uma pergunta que não se cala

Relatórios de vôos espaciais seguidos por UFOs

Por que os astronautas mentem sobre UFOs no espaço?

Alienígenas sabotam vôos espaciais da NASA

Intrusos na Lua

Encontro no espaço

O que os russos ainda escondem?

O dia em que dissemos não aos ETs


A polêmica sobre a conquista da Lua - Muita gente insiste em afirmar que um dos eventos mais marcantes do século XX, o pouso da Apollo 11 na Lua, foi uma fraude. Será que existe alguma justificativa válida para esta afirmação? Por que ela surgiu?


Conheça nossos documentários exclusivos a respeito do assunto, clique sobre os títulos:



As Misteriosas Civilizações Marcianas
(2005)


Descrição: A verdade sobre o Planeta Vermelho pode mudar a história da humanidade. Veja neste DVD informações científicas e históricas irrefutáveis de que o Planeta Vermelho já abrigou inúmeras formas de vida avançadas, hoje extintas. O que a NASA descobriu em Marte? Existiram realmente civilizações avançadas em nosso vizinho?

Por que, então, a agência espacial norte-americana insiste em negar as evidências? Estas são questões que não se calam desde que as misteriosas fotos de um rosto e de um conjunto de pirâmides foram tomadas sobre sua superfície, há mais de 20 anos. Segundo sustentam cientistas dissidentes da NASA, de fato Marte possuiu formas de vida inteligente em épocas remotas, hoje extintas.

Este documentário é uma investigação excepcional sobre os enigmas marcianos e ainda contém um bônus especial sobre seus monumentos e construções da planície Cydonia. O material, produzido com elevada qualidade técnica, oferece informações científicas e históricas irrefutáveis que podem mudar o destino da humanidade terrestre.

A Verdade Sobre a Lua
(2009)


Descrição: Crateras misteriosamente iluminadas, torres, pirâmides e outras figuras inexplicadas no solo lunar denunciam que a verdade sobre o satélite continua oculta do mundo. O que os astronautas russos e americanos encontraram em nosso satélite e por que não revelaram ao mundo?

A Lua sempre representou, até ser conquistada, um grande mistério para a humanidade. Teria sido habitada? Teria sido visitada por outras espécies, assim como a Terra? E teriam tais civilizações construído bases em sua superfície? Estes são apenas alguns dos questionamentos que nosso satélite natural suscita. Porém, em vez de tê-los respondidos, sua conquista apenas aumentou as suspeitas de que russos e norte-americanos encontraram em nosso satélite coisas surpreendentes, que jamais revelaram ao mundo.

Crateras misteriosamente iluminadas, torres, pirâmides e outras figuras inexplicadas no solo lunar denunciam que a verdade sobre a Lua continua oculta, sendo conhecida apenas de poucos eleitos. Mas o que, enfim, os astronautas que caminharam sobre a superfície lunar encontraram? O que as inúmeras missões não tripuladas, satélites orbitais e sondas enviadas à Lua descobriram? E, finalmente, por que até hoje é mantido segredo sobre todos estes fatos?

Este documentário, premiado internacionalmente, mostra as razões para o insistente acobertamento de informações e apresenta imagens espetaculares obtidas de arquivos secretos da NASA, assim como depoimentos de seus técnicos, engenheiros e especialistas, que denunciam manobras de sigilo em torno das descobertas lunares. A Verdade sobre a Lua é a versão brasileira de Moon Rising, filme do cineasta norte-americano Jose Escamilla, descobridor dos “rods”. É a parte dois da série The Greatest Story Ever Denied, lançada no Brasil pela Videoteca UFO com o título UFOs: O Grande Desafio da Humanidade, em 2008. Nesta obra, um dos mais fascinantes documentários de todos os tempos, você encontrará as respostas para as perguntas mais contundentes sobre nosso satélite, que autoridades da Rússia e EUA insistem em esconder.

Luna: Até Onde Vai a Mentira?
(2009)


Descrição: A existência na Lua de crateras iluminadas, misteriosas pirâmides, torres e figuras inexplicadas denunciam que a verdade sobre nosso satélite continua sendo oculta de toda a humanidade. Por que a exploração da Lua, desde os anos 60, apenas aumentou a quantidade de perguntas que temos sobre ela, em vez do contrário?

Nosso satélite natural sempre foi inesgotável fonte de questionamentos, principalmente depois que passou a ser alvo de projetos espaciais das superpotências. Desde os anos 60, inúmeras missões se aproximaram e desceram na Lua, nem sempre com o conhecimento da humanidade, nem sempre com propósitos pacíficos. Algumas destas empreitadas continuariam até hoje sendo escondidas de todos, e seus resultados são insondáveis. Especialistas e funcionários de agências governamentais norte-americanas, que já vieram a público em várias ocasiões, denunciam o acobertamento dos fatos e garantem que há segredos inconfessáveis sobre nosso satélite.

Este documentário pretende explorar alguns deles, debatidos nas comunidades astronáutica e ufológica dos Estados Unidos, e responder a perguntas que não se calam. Estaria a Lua sendo explorada por outras espécies cósmicas, além da raça humana, seres que a utilizariam como uma plataforma para atingirem a Terra? Com que propósito? As autoridades das nações que já enviaram missões e astronautas para lá sabem desta realidade? Por que escondem? Este DVD, que dá continuidade ao título A Verdade Sobre a Lua (DVD-036), também do produtor Jose Escamilla, vai fundo na questão e apresenta evidências de que a NASA tem escondido a realidade sobre as condições de nosso satélite natural, ora adulterando imagens, ora omitindo declarações de astronautas para lá enviados – principalmente de que estiveram frente a frente com ETs.

Informações que a NASA Oculta
(2000)


Descrição: Naves alienígenas à espreita no espaço, é o que você verá neste documentário ufológico. Além de comunicações secretas entre as missões espaciais e as estações da NASA que mostram que os astronautas estiveram próximos a UFOs.

Tudo começou com a chegada do homem à Lua, depois com as viagens dos ônibus espaciais e, mais recentemente, com a exploração de Marte. E o mistério de naves espaciais norte-americanas que são seguidas por UFOs no espaço só aumentou. A NASA tem plena consciência do que acontece ao redor da Terra. Entretanto, pressiona para que o assunto seja mantido em sigilo. As missões Challenger, Discovery e Endeavour são as que mais foram acompanhadas por estranhos objetos discóides de origem não terrestre.

Este documentário apresenta intrigantes filmagens de UFOs no espaço, com espantosos detalhes. As imagens foram obtidas de um especialista em satélites e radiocomunicação canadense, que interceptou transmissões secretas da NASA e as divulgou à comunidade ufológica. Através delas é possível saber que alguém mais freqüenta o espaço.

Contatos com UFOs no Espaço
(1999)


Descrição: O que a NASA insiste em ocultar do mundo? Veja neste DVD imagens e fatos impressionantes sobre as viagens espaciais da NASA, mantidas até hoje sob absoluto sigilo.

Desde a década de 50, quando os primeiros vôos espaciais não tripulados foram lançados, naves extraterrestres começaram a monitorar cada passo da humanidade e principalmente nossa ambição de militarizar o espaço. Evidências comprovam que todos os foguetes norte-americanos e soviéticos, além das missões à Lua, foram observados e seguidos por discos voadores – muitas vezes de perto. A NASA e a Agência Espacial Russa têm total conhecimento dos fatos, mas insistem em acobertá-los e jamais admitiram o que sabem. Muitos astronautas já tiveram a oportunidade de observar UFOs no espaço e alguns até contataram extraterrestres. Este documentário mostra os testemunhos impressionantes desses profissionais, assim como filmagens inéditas de discos voadores no espaço e na superfície lunar.
conheça o pacote promocional de outubro da Videoteca UFO


Os Misteriosos Agroglifos

crédito: Biblioteca UFO
Afinal, o que significam os sinais nas plantações? Um aviso ou contato? Saiba agora mesmo adquirindo a promoção especial do Shopping UFO. Seriam os agroglifos algum alerta à humanidade por parte de outras civilizações cósmicas? Ou uma tentativa de contato amistoso? E qual seria sua relação com o extinto povo maia? Saiba a resposta através destes três DVDs exclusivos e premiados internacionalmente
Afinal, o que significam os sinais nas plantações? Um aviso ou contato? Saiba agora mesmo adquirindo a promoção especial do Shopping UFO. Seriam os agroglifos algum alerta à humanidade por parte de outras civilizações cósmicas? Ou uma tentativa de contato amistoso? E qual seria sua relação com o extinto povo maia? Saiba a resposta através destes três DVDs exclusivos e premiados internacionalmente

Mensagens Cósmicas (2008)

Os Círculos Ingleses e o Calendário Maia (2009)

Afinal, O Que Se Passa? (2009)

Já está no ar a Edição 182 da Revista UFO. Aproveite!

Outubro de 2011

Círculos que fascinam e causam perplexidade