DESTAQUE

As misteriosas luzes da cidade de Marfa, no Texas, aumentaram significativamente nas últimas semanas

Por
10 de Junho de 2021
A cidade desértica de Marfa há muito tempo apresenta um fenômeno que agora começou a chamar a atenção do mundo.
Créditos: Flickr/Mathieu Lebreton

Localizada no deserto de Chihuahuan, no nordeste do condado de Presidio, no extremo oeste do Texas, está a poeirenta cidade desértica de Marfa. No entanto, a cidade se tornou famosa há muito tempo, pois lá ocorre um show de luzes misterioso que nunca foi realmente explicado. Agora, uma grande onda desses avistamentos chamou a atenção do mundo.

Fundada como um paradouro de água no início de 1880, Marfa assenta como um oásis rodeado por um vasto deserto desolado, mas apesar de sua localização inóspita, tornou-se uma espécie de centro de arte minimalista e é conhecida por suas galerias, lojas de artesanato e arquitetura histórica. O que veio a ser conhecido como as Luzes de Marfa normalmente aparecem como orbes de luz do tamanho de uma bola de basquete, que se materializam no deserto de Mitchell Flat olhando para as montanhas de Chinati, para pairar, voar e dançar à noite antes de desaparecer.

Eles vêm em muitas cores, incluindo branco, amarelo, rosa, azul e vermelho, e podem ser muito brilhantes ou desbotados, continuamente iluminados ou cintilantes ou tremeluzentes. As luzes apresentam uma ampla gama de movimentos e comportamentos, seja voando em linha reta ou balançando para cima e para baixo, disparando erraticamente, fazendo acrobacias aéreas, acelerando ou desacelerando, ou mesmo fundindo-se em orbes maiores ou desaparecendo e reaparecendo. Eles às vezes se movem lentamente, outras vezes pairando ou, em algumas ocasiões, viajando em grande velocidade, muitas vezes todas as opções acima.

Um residente chamado James Bunnell disse sobre as Luzes de Marfa: “Você pode simplesmente ver misteriosos orbes de luz de repente aparecerem acima da folhagem do deserto. Essas bolas de luz podem permanecer estacionárias à medida que pulsam, acendendo e apagando, com intensidade variando de brilho fraco a brilho quase ofuscante. Então, novamente, essas luzes fantasmagóricas podem disparar através do deserto ou realizar divisões e fusões. As cores claras são geralmente amarelo-laranja, mas outros tons, incluindo verde, azul e vermelho também são vistos. As luzes misteriosas de Marfa geralmente voam acima da vegetação do deserto, mas abaixo dos planaltos ao fundo.”

As luzes também não parecem seguir nenhuma frequência ou razão para suas aparições, surgindo em todas as épocas do ano e em todos os tipos de clima, e há muito tempo que confundem quem as vê.  Recentemente, a frequência aumentou sem explicação alguma. Embora os nativos americanos já soubessem das luzes, talvez o primeiro registro histórico  tenha sido feito pelos colonos em 1883, quando um fazendeiro chamado Robert Reed Ellison relatou ter visto um grupo de orbes brilhantes enquanto conduzia seu gado através de Paisano Pass. Ele presumiu que fossem fogueiras apaches, mas nenhuma evidência de incêndios ou locais de acampamento pôde ser encontrada no dia seguinte.


Ilustração de um avistamento de luzes de Marfa. Seriam sondas alienígenas?
Fonte: GettyImages

Depois disso, mais e mais pessoas começaram a relatar as luzes misteriosas e, ao longo das décadas, haveria tantos avistamentos que durante a Segunda Guerra Mundial houve até uma busca aérea conduzida por pilotos da base aérea de Midland para encontrar a fonte das luzes, mas eles voltaram de mãos vazias e confusos. Em algumas ocasiões, houve relatos de que as luzes pareciam mostrar algum tipo de inteligência, às vezes se aproximando como que por curiosidade ou parecendo investigar certas áreas, ou reagindo ao som, e há até histórias de pessoas perdidas no deserto sendo conduzidas para a segurança pelas luzes. Mas o que são e de onde vêm? Isso depende muito de quem responde.

Existem inúmeras teorias sobre o que as luzes podem ser. Uma é que seriam uma espécie de fenômeno atmosférico, em particular um chamado Fata Morgana, que é uma ilusão de ótica que faz com que objetos distantes pareçam mais próximos e distorcidos pela luz que passa por camadas de ar de diferentes temperaturas em uma inversão térmica íngreme, em que uma camada definida de ar quente repousa sobre uma camada de ar muito mais frio. Outra ideia é que seriam faróis de carro distorcidos de forma semelhante na Rodovia 67, parecendo confusas e oscilantes pela dispersão da luz devido ao ar ser aquecido de maneira desigual pelo solo, mas isso não explicaria por que eles são mais frequentemente vistos bem longe da rodovia, por que eles exibem movimentos tão erráticos e aberrantes, por que têm tantas aparências diferentes ou como teriam sido vistos tanto em 1883.

Outras ideias incluem eletricidade estática produzida por atividade geológica, iluminação esférica, gás natural e outros hidrocarbonetos de petróleo na área e, claro, UFOs, alienígenas e até fantasmas. Ninguém realmente sabe ao certo. Nesse ínterim, Marfa abraçou as luzes e procurou transformá-las em atração turística. Há uma área de estacionamento à beira da estrada 14.5Km a leste da cidade na Rodovia 90, construída especificamente para os motoristas que passam verem o curioso fenômeno, completa com uma plataforma de observação chamada Marfa Lights. Há até mesmo um festival anual chamado Marfa Lights , que apresenta música ao vivo, comida e um desfile. O que está acontecendo com essas luzes? O que são elas? Por enquanto, as luzes de Marfa ainda saem ocasionalmente para fazer sua dança, e ninguém tem certeza do que elas realmente são.

Fonte

Já está no ar a Edição 284 da Revista UFO. Aproveite!

Abril de 2021

Biden revelará os segredos dos UFOs?