DESTAQUE

As misteriosas “árvores” de Marte: fotografias estranhas do planeta vermelho

Por
16 de Fevereiro de 2021
Uma das explicações é a de que o derretimento do gelo de dióxido pela chegada da primavera estaria revelando uma camada de areia escura antes escondida.
Créditos: HiRISE/MRO/LPL (U. Arizona)/NASA

Durante décadas, dispositivos da NASA têm enviado não apenas imagens padrão da superfície de Marte para a Terra, mas também fotografias com objetos anormais, incluindo aqueles que são muito semelhantes a arbustos ou árvores. Até agora, ninguém soube dizer ao certo o que é.

“Agora estou convencido de que Marte é o lar de uma raça de jardineiros loucos”, disse o famoso escritor de ficção científica Arthur Clarke em 2001, quando viu a primeira imagem incomum de “árvores marcianas”. “E onde há plantas, as chances são de haver insetos e animais, e talvez até mesmo vida inteligente”, continuou com seu raciocínio. Clarke sonhava com o espaço desde jovem e esse hobby durou toda a sua vida.

“Eu realmente acredito que nas profundezas do espaço há civilizações inteligentes que até agora são desconhecidas para nós.” A mesma foto que tanto encantou Clarke foi tirada pelo Mars Global Surveyor, lançado pela NASA em novembro de 1996. Desde 1999, este dispositivo começou a enviar imagens de alta resolução da superfície marciana tiradas da órbita de Marte para a Terra.

Entre essas imagens, encontramos muitas coisas incomuns, que são impossíveis de identificar. Havia uma imagem de objetos estranhos que, acima de tudo, se assemelhavam a uma vista superior de árvores com copas largas e exuberantes. Há quem cogite que seja na verdade uma “colônia” de cristais ou minerais. Outros veem isso como semelhante a bactérias que crescem descontroladamente em uma placa de pedra e acreditam que sejam colônias de organismos vivos marcianos primitivos, possivelmente líquens.


As imagens mostram o que parecem ser líquens, fungos e até mesmo florestas, como na foto acima.
Fonte: NASA-JPL/MSSS

Outros têm certeza de que se trata simplesmente de lava congelada na superfície. “Até o momento, não há evidência conclusiva de qualquer tipo de biologia marciana, passado ou presente, planta ou outra. Na primavera marciana, o Sol sublima o gelo, e o gás resultante desloca a poeira e as partículas de areia circundantes. O que está acontecendo é que a areia escura desliza sobre a parte brilhante e gelada da duna”, disse Candy Hansen, que participou do desenvolvimento do programa Mars Reconnaissance Orbiter.

No entanto, nos anos seguintes, fotografias de Marte continuaram a chegar, com objetos semelhantes a árvores ou arbustos, completamente diferentes das tradicionais paisagens rochosas. Em 2016, imagens de estranhos “arbustos” negros crescendo entre as dunas de areia marciana circularam o mundo. De acordo com a NASA, esses objetos não passam de traços de areia escura que se parecem com plantas por mera ilusão causada pela perspectiva. Mas, além dessas, há outras imagens, onde é claramente visível que essa tal “perspectiva” está fazendo sombra sobre a superfície. Ou seja, essas “árvores” estão na verdade eretas, não se tratando de uma “mancha na areia”. Alguém está escondendo algo de nós? Se sim, por qual é o propósito?

Fonte

Já está no ar a Edição 276 da Revista UFO. Aproveite!

Janeiro de 2020

A Ufologia e seus demônios