DESTAQUE

Apresentada hipótese para explicar vídeo de UFO do Chile

Por
11 de Janeiro de 2017
Especialistas em aeronáutica apontam que um voo comercial pode ser a explicação do caso
Créditos: CEFAA

Mick West é administrador do fórum Metalbank e apresentou uma teoria para explicar o caso do vídeo feito por um helicóptero da Marinha Chilena. Com base no vídeo divulgado pelo Centro de Estudos de Fenômenos Aeroespaciais e Anômalos (CEFAA), órgão oficial de pesquisa ufológica da Força Aérea Chilena (FACh), West realizou uma série de análises e chegou à conclusão de que dois voos comerciais, IB6830, um Airbus A340 de quatro motores, e LA 330, um Airbus A320 com duas turbinas, poderiam explicar o objeto visto no vídeo. O administrador afirma que o LA330, no momento da filmagem, subindo a 6.000 m e se afastando do helicóptero, seria inicialmente o melhor candidato.

Porém, Mick West aponta depois que uma análise 3D mostra o IB6830 como um melhor candidato. Esse voo decolou antes e estava em trajetória ascendente rumo sul, mais próximo do helicóptero, aparencendo no vídeo a cerca de 104 km de distância. Isso, de acordo com o analista, o coloca fora do alcance do radar. Os analistas do fórum utilizaram vários programas, como o Google Earth e o Plane Finder, para estudar o vídeo com base nas coordenadas de GPS fornecidas. Eles afirmam que as duas aparentes bolhas de calor são resultado do calor da exaustão dos motores e graças ao fenômeno do flare e a distância, os quatro motores produzem dois círculos luminosos. A trilha deixada pelo objeto seria somente o comum rastro de condensação, produzido graças à queda de pressão pela passagem da aeronave, resultando em um aumento da humidade relativa e, portanto, um rastro de condensação.

O administrador do fórum ainda comenta que, em determinado ponto do vídeo, no qual o UFO parece inclinado, seria de fato o avião, sempre se afastando do helicóptero, realizando uma curva para a direita. West compara o vídeo com outra filmagem, de um avião Concorde sendo filmado por uma câmera FLIR (confira nos links abaixo). É apontado ainda um momento no qual a câmera se alterna da visão infravermelha (IR) para luz visível e aparentemente é visível o rastro de condensação. Quanto a alguns questionamentos, West e os usuários de seu fórum buscaram responder a todos. Por exemplo, o avião não teria respondido aos chamados na frequência 121.5, pois a maioria dos voos comerciais só a seleciona algum tempo após a decolagem.

crédito: Metalbunk.org
Foram utilizados programas para simular as trajetórias de aviões, comparando-as com o vídeo
Foram utilizados programas para simular as trajetórias de aviões, comparando-as com o vídeo

POSSÍVEIS RESPOSTAS PARA O CASO CHILENO

Ao mesmo tempo, apontam que o avião não apareceu nos radares porque os controladores procuravam um objeto voando baixo, ao sul do aeroporto e a cerca de 56 km, mas o avião estava em altitude elevada e a quase 105 km de distância. Embora as análises iniciais mostrassem que os voos LA330 e IB6830 poderiam se encaixar para explicar o caso, o prosseguimento da investigação por parte dos membros do fórum apontou que o voo IB6830 se encaixa melhor como explicação. Mick West ainda refuta o argumento da autoridade, segundo o qual a palavra de um expert valeria mais que os fatos, e aponta que o voo IB6830 da Iberia, de Santiago do Chile para Madri na Espanha, se encaixa perfeitamente no trajeto e na atitude do UFO do vídeo. O caso permanece sendo investigado, e a Revista UFO seguirá na cobertura.

crédito: Arquivo
Um A340 da Iberia, como o que pode ter sido tomado por um UFO no vídeo chileno
Um A340 da Iberia, como o que pode ter sido tomado por um UFO no vídeo chileno

Visite o site Metalbunk

Confira um vídeo de um Concorde decolando e se afastando da câmera

Assista ao vídeo completo do UFO obtido pela Marinha Chilena

Site oficial do CEFAA

CEFAA e Marinha do Chile divulgam impressionante vídeo de um UFO

Chile e França acertam cooperação no estudo ufológico

General chileno da reserva também confirma a existência de UFOs

Impressionante avistamento de UFO por pilotos em 1968

Saiba mais:

Livro: UFOs: Arquivo Confidencial

crédito: Revista UFO
UFOs: Arquivo Confidencial
UFOs: Arquivo Confidencial

UFOs: Arquivo Confidencial - Um Mergulho na Ufologia Militar Brasileira expõe casos ufológicos de gravidade ocorridos no Brasil, que permanecem até hoje sob sigilo. O livro apresenta detalhes até então desconhecidos de como nossos militares conduziram investigações secretas de incidentes com naves alienígenas no país. Entre eles estão as impressionantes conclusões da Aeronáutica após conduzir a Operação Prato na Selva Amazônica, para apurar o Fenômeno Chupa-Chupa. O autor, Marco Antonio Petit, é um dos mais conhecidos e respeitados ufólogos brasileiros, co-editor da Revista UFO há 20 anos e autor de várias obras sobre a presença alienígena na Terra.

DVD: Hangar 18: Arquivos Secretos

Já está no ar a Edição 219 da Revista UFO. Aproveite!

Janeiro de 2015

Claro, eles voltaram!