DESTAQUE

Anunciada nova série Cosmos pelo canal Fox

Por
22 de Julho de 2013
Logo de Cosmos: A Space-Time Odissey
Créditos: 20th Century Fox

Para todos quantos puderam assisti-la, a série Cosmos, de Carl Sagan, apresentada no Brasil no começo dos anos 80 pela Rede Globo, foi um marco extraordinário em apresentar a ciência e a astronomia de uma maneira acessível a todos. O grande e saudoso divulgador científico realizou com a série, e com o livro de mesmo título, uma viagem pela história da busca do conhecimento, uma árdua batalha que a humanidade ainda está travando contra a ignorância.

Lembrando a revolução que Sagan representou para a ciência e a busca por vida extraterrestre, tanto na série quanto no livro ele ele perguntava: "Qual seria a probabilidade de que uma única estrela comum, como o Sol, esteja acompanhada por somente um planeta habitado? Por que seríamos nós tão afortunados? Para mim, parece bem mais provável que o universo esteja repleto de vida". Essas ideias revolucionárias custaram a demissão de Carl Sagan da conservadora Harvard, instituição hoje que, paradoxalmente, participa ativamente do programa SETI, de busca por inteligência extraterrestre.

A ciência da exobiologia muito provavelmente não existiria hoje se não fosse por Carl Sagan. Sua contribuição para a ciência e a busca por vida alienígena é inegável, apesar do grosseiro erro de certos setores da Ufologia, que o comparam aos negadores sistemáticos que combatem a pesquisa ufológica, renegando até mesmo as mais contundentes evidências. Cosmos inspirou gerações de cientistas, pesquisadores e aficionados, e apesar de mais de três décadas haverem transcorrido, segue sendo uma preciosa fonte de informações.

a idéia de realizar uma nova versão de Cosmos era comentada há tempos, e finalmente surgiu a informação de que a viúva de Sagan, Ann Druyan, que foi roteirista e produtora da série original, e o astrônomo Steven Soter, se uniram ao produtor Seth MacFarlane, o mesmo das animações Uma Família da Pesada, American Dad e outras. Eles convidaram o astrônomo e divulgador Neil DeGrasse Tyson para ser o apresentador de Cosmos: A Space-Time Odissey (Cosmos: Uma Odisséia no Espaço e no Tempo), que terá 13 episódios, o mesmo número da original.

A nova série será exibida na Fox e também no canal National Geographic, co-produtor. A Fox igualmente exibirá Cosmos: A Personal Voyage, a série original apresentada por Carl Sagan, ainda em 2013. A nova série Cosmos deve estrear no canal em 2014, e MacFarlane comentou: "É neste momento, mais que qualquer outro na era moderna, que precisamos nos lembrar da colossal importância e o papel fundamental que a ciência, a exploração espacial, e a busca da humanidade por conhecimento devem continuar para nosso desenvolvimento como espécie".

crédito: 20th Century Fox
Ann Druyan e Neil DeGrasse Tyson
Ann Druyan e Neil DeGrasse Tyson

MacFarlane prossegue: "Devemos explorar vigorosamente o sistema solar, e quem melhor para nos inspirar que Ann Druyan, Steve Soter, Neil DeGrasse Tyson e claro, Carl Sagan?". O produtor conheceu Druyan há poucos anos, e quando ela apresentou a idéia de uma nova série MacFarlane acionou seus contatos com a Fox, resultando na aprovação do projeto. Mais tarde, no programa Real Time with Bill Maher, MacFarlane falou a respeito de sua preocupação com o lamentável crescimento do sentimento anticientífico, algo que infelizmente está acontecendo também no Brasil e no meio ufológico. A culpa recai na queda da qualidade do ensino, especialmente de ciências, e Druyan e MacFarlane acreditam que a nova versão de Cosmos, seguindo a mesma premissa que Sagan já defendia, de que a ciência pertence a todos, pode ajudar a reverter o problema.

De acordo com o comunicado da Fox Network, a nova série contará a história de como os seres humanos começaram a compreender as leis da natureza para encontrar nosso lugar no espaço e no tempo. Levará os espectadores através do universo para uma visão do Cosmos em grande escala. Os mais profundos conceitos da ciência serão apresentados com claridade, a dose correta de ceticismo e maravilhamento, unindo ciência, emoção e o espirutual em uma experiência transcendental. Outra marca da série Cosmos original, a música do grupo Vangelis, ainda não foi confirmada para a nova produção.

Assista ao trailer de Cosmos: A Space-Time Odissey

Carl Sagan apresenta o Calendário Cósmico na série original

Seth MacFarlane no programa Real Time with Bill Maher

Cenas com Roger, o alienígena cinza de American Dad, produzida por Seth MacFarlane

Participação de Neil DeGrasse Tyson na série The Big Bang Theory

Assista Cosmos em nossa seção de vídeos

Saiba mais:

Livro: Dossiê Cometa

crédito: Revista UFO
Dossiê Cometa
Dossiê Cometa

O Dossiê Cometa é o relatório da entidade homônima francesa – o Comitê Cometa – que analisou as evidências mais marcantes da atuação de ETs em nosso planeta, através de avistamentos e aterrissagens de UFOs que se prolongam há milênios e dos contatos com seus tripulantes. O documento foi entregue ao primeiro ministro francês e a outras autoridades mundiais, com uma séria advertência: devemos estar preparados para grandes transformações em nossa cultura, ciência e religião, pois em pouco tempo os UFOs causarão grande impacto em nossas vidas.

DVD: Destino Terra 2

Já está no ar a Edição 130 da Revista UFO. Aproveite!

Fevereiro de 2007

Um dos mais ferrenhos combatentes da Ufologia revê seus conceitos