DESTAQUE

Antes mesmo do fim do prazo para o Pentágono divulgar seu relatório, começam as negativas de sempre

Por
04 de Junho de 2021
O relatório inicial foi inconclusivo. Em 25 de junho, será liberado outra versão.
Créditos: iStockPhoto

Oficiais da inteligência americana não encontraram evidências de que os fenômenos aéreos testemunhados por pilotos da Marinha nos últimos anos sejam espaçonaves alienígenas, mas ainda não conseguem explicar os movimentos incomuns que confundiram cientistas e militares, de acordo com altas patentes do governo informados sobre as descobertas do relatório do governo.

O relatório determina que a grande maioria dos mais de 120 incidentes nas últimas duas décadas não se originou de nenhum braço das Forças Armadas ou de outra tecnologia avançada do governo dos Estados Unidos, disseram as autoridades. Essa determinação parece eliminar a possibilidade de que os pilotos da Marinha que relataram terem visto aeronaves inexplicadas possam ter encontrado programas que o governo pretendia manter em segredo. Mas essa é a única descoberta conclusiva no relatório secreto da inteligência.

E embora uma próxima versão não classificada, que deve ser divulgada ao Congresso em 25 de junho, apresente poucas outras conclusões firmes, altos funcionários informados sobre a inteligência admitiram que a própria ambiguidade das descobertas significa que o governo não pode descartar definitivamente as teorias de que os fenômenos observados por pilotos militares possam ser naves alienígenas.

O relatório admite que muito sobre os fenômenos observados permanece difícil de explicar, incluindo sua aceleração, bem como a capacidade de mudar de direção e submergir. Uma possível explicação - que os fenômenos possam ser balões meteorológicos ou outros balões de pesquisa - não se sustenta em todos os casos, disseram os oficiais, por causa das mudanças na velocidade do vento nos momentos de algumas das interações.


Não há evidências de que os UFOs observados sejam alienígenas, mas também não existem outras explicações para o fenômeno.
Fonte: Mystery Wire

O relatório final também incluirá um anexo confidencial, disseram as autoridades. Embora o anexo não contenha nenhuma evidência que conclua que os fenômenos são espaçonaves alienígenas, os funcionários reconheceram que o fato de permanecer fora dos limites do público provavelmente continuará a alimentar especulações de que o governo tinha dados secretos sobre as visitas alienígenas à Terra.

Muitos dos mais de 120 incidentes examinados no relatório vêm da Marinha. O documento também examinou incidentes envolvendo militares estrangeiros nas últimas duas décadas. Um oficial do alto escalão disse sem hesitação que as autoridades americanas sabiam que não era tecnologia americana. Ele disse que há preocupação entre oficiais de inteligência e militares de que a China ou a Rússia possam estar fazendo experiências com tecnologia hipersônica. Ele e outras autoridades falaram sob condição de anonimato porque não estavam autorizados a falar publicamente sobre as descobertas confidenciais do relatório.

Fonte

Já está no ar a Edição 284 da Revista UFO. Aproveite!

Abril de 2021

Biden revelará os segredos dos UFOs?