DESTAQUE

Agroglifos na Suíça, França e Inglaterra comprovam a intensidade da temporada de 2018

Por
13 de Junho de 2018
O agroglifo de Keysley Down
Créditos: Cropcircle Connector

Um novo agroglifo foi reportado em 4 de junho, desta vez em Ulster, Zürcher Oberland, Suíça. O fazendeiro dono das terras afirmou duvidar que o sinal, surgido em um campo de trigo, foi criado por mãos humanas. Um círculo abriga um desenho triangular, no qual alguns enxergam até mesmo a Virgem Maria em sua interpretação brasileira, Nossa Senhora Aparecida, com coroa e manto. Um arco une dois círculos menores passando rente ao círculo menor, dando a outros a ideia de movimento, como fases da Lua ou até o lançamento de satélites. Surgiram informações desencontradas de que na verdade o desenho é uma fraude, promovida por uma revista online chamada Izzy (confira nos links abaixo).

O sinal surgido na França foi anunciado em 11 de junho, em Sarraltroff, Nr Goerlingen, Moselle. É formado por círculos e arcos de diferentes tamanhos, sendo o sétimo desenho surgido na região desde 2006. Elementos similares foram identificados em outros dois desenhos franceses, em Lorraine em julho de 2009 e Moselle em julho de 2013. Um articulista do site Cropcircle Connector enxerga padrões que alegadamente seriam compatíveis com as fases da Lua neste período, e uma estranha ligação com o atual presidente francês, Emmanuel Macron. Absolutamente nada disso, é claro, pode ser comprovado. Outra interpretação altamente especulativa aponta que o agroglifo simboliza um método de propulsão por campos magnéticos, e até indica seu formato similar ao da letra Q como uma representação da Lei de Lenz.

A região de Wiltshire na Inglaterra, onde surge a maioria dos agroglifos ingleses, teve mais um sinal anunciado em 10 de junho, em Keysley Down, Nr Chicklade. Um círculo maior envolve três menores que se revezam no interior com três arcos, todos dispostos de forma simétrica. O Cropcircle Connector informa que o proprietário das terras não permitiu acesso ao agroglifo. O desenho transmite, conforme algumas interpretações, a ideia de movimento, o que alguns alegam ser indicativo, novamente, do sistema de propulsão de UFOs. O padrão hexagonal pode ser ainda comparado ao de outros sinais surgidos ao longo dos anos, além de outras hipóteses envolverem o símbolo místico da Merkaba, que conforme a mitologia é um campo de luz que gira e afeta corpo e espírito. Outros o associam ao agroglifo de Sixpenny Handley, surgido em 4 de junho, que seria um diagrama da Terra, e o sinal de Keysley Down seria uma representação do campo magnético do planeta.

crédito: Cropcircle Connector
O agroglifo de Sarraltroff
O agroglifo de Sarraltroff

Visite o site da revista Izzy

Assista ao vídeo no qual a Izzy alega ter feito o agroglifo suíço

Confira um vídeo do agroglifo de Ulster

Assista a um vídeo do desenho em Keysley Down

Começou intensa a temporada 2018 de agroglifos na Inglaterra

Confira os vídeos dos agroglifos pesquisados pela Revista UFO na Inglaterra

Agroglifo de Prudentópolis exibe características inexplicáveis de acordo com os cientistas

Sai o laudo dos agroglifos de Santa Catarina

Saiba mais:

Livro: O Mistério dos Círculos Ingleses

crédito: Revista UFO
O Mistério dos Círculos Ingleses
O Mistério dos Círculos Ingleses

Há mais de 20 anos, plantações da Inglaterra e de outros países têm sido alvos de um estranho fenômeno. Desenhos inexplicáveis e cada vez mais complexos surgem misteriosamente em campos de trigo, cevada, canola, arroz e de outros cereais. Seu autor, Wallacy Albino, é o maior especialista nacional sobre o tema e presidente do Grupo de Estudos Ufológicos da Baixada Santista (GEUBS). O livro, rico em ilustrações, traz informações atualizadas sobre esse que é considerado o maior enigma da atualidade.

DVD: Pacote Misteriosos Agroglifos

Já está no ar a Edição 240 da Revista UFO. Aproveite!

Novembro de 2016

Eles estão de volta nos surpreendendo!

UPDATED CACHE