DESTAQUE

Agricultor afirma manter contato com seres extraterrestres há mais de 50 anos: "Eles vêm em paz"

Por
22 de Janeiro de 2021
Agricultor afirma ter contato frequente com seres de outro planeta, que já revelaram eventos importantes.
Créditos: RBV Notícias/Reprodução

Alcindo Savaris, 64 anos, morador de Ouro, diz que se comunica com seres de outros planetas desde os 11 anos de idade e foi informado sobre a Covid-19.

“Fui avisado há cerca de dois anos que a pandemia da Covid-19 ocorreria, mas não acreditaram em mim”, relata o agricultor Alcindo Miguel Savaris, de 64 anos, que afirma ter recebido, por meio de telepatia, a informação de seres extraterrestres. Morador da linha Rancho Grande, no interior do município de Ouro, no Meio-Oeste de Santa Catarina, diz que se comunica com seres de outros planetas desde os 11 anos de idade. Alcindo conta que falou a um professor e a um físico que foi avisado pelos “amigos” que aconteceria algo “... que silenciaria as armas nucleares do planeta Terra”, mas eles acharam impossível.

Segundo ele, se tivessem ouvido, seria possível impedir a pandemia do novo coronavírus. “Não acreditaram, mas aconteceu e está para chegar algo pior ainda”, relata o idoso que prefere, por enquanto, não revelar. Mas o agricultor afirma que a pandemia tem data para terminar: meados de dezembro de 2022 é a previsão que recebeu dos que ele chama de seres de luz. As informações são retratadas em pinturas feitas em telas e, de acordo com ele, são uma forma dos seres se comunicarem com a Terra, alertando sobre diversas situações.

Com relação aos contatos, destaca que com frequência as naves deixavam sinais e marcas em sua propriedade. Quando perguntado sobre aquela situação em que o homem quer realmente uma prova física, ele diz: “Tem muitas coisas acontecendo e muitas pessoas também enxergam. Eles estão muito mais próximos, mais juntos a nós do que todos possam imaginar. Eles já estão vivendo entre nós. Tem um porém: depende muito mais de nós do que deles para uma convivência harmoniosa, porque nós não estamos aceitando.” O que falta, segundo o agricultor, e é o principal de tudo, é a confiança: “A pessoa tem que partilhar, não querer só para si próprio”.


Cada pintura tem um significado e revela uma visão.
Fonte: RBV Notícias/Reprodução

A última abdução teria acontecido próximo a sua propriedade há alguns anos, enquanto dirigia retornando para casa. A experiência paranormal é descrita por Savaris como sair da dimensão e entrar em outra escala. “Você tem acesso a ensinamentos de um grau alto”, disse a equipe de reportagem da RBV Notícias em uma entrevista gravada em outubro de 2020. De lá para cá, os contatos foram apenas por telepatia, mas de forma mais direta e frequente.

Ele afirma que recebe dos seres de luz visões e revelações que compartilha em suas telas. O agricultor afirma que é o único paranormal deste e do próximo século e apesar da dúvida de muitos segue acreditando no que diz receber. Outra informação que recebeu em primeira mão teria sido sobre o atentado contra as torres gêmeas, em 11 de setembro de 2001. A previsão também foi retratada em uma de suas telas. “Faço as telas por simbolismo, conforme eles me mandam pintar”, diz.

Alcindo também afirma que os seres com quem tem contato são 100% humanos, inclusive são cientistas. Conforme o agricultor, eles o alertam sobre as destruições que as pessoas do planeta Terra têm causado entre si. “Entre nós existem pessoas que fazem bombas nucleares e armas de fogo para destruírem uns aos outros. Eles estão preocupados com o ódio entre a raça humana e tentam nos avisar para que façamos boas escolhas para reverter isso”. Segundo ele, o planeta de origem desses seres é chamado Onris e fica em outra galáxia. O contato é frequente e o último ocorreu na semana anterior. “Crença cada um tem a sua e se respeita, mas isso é uma questão de ciência, não de crença. É inovação e desenvolvimento”.

Fonte

Já está no ar a Edição 272 da Revista UFO. Aproveite!

Setembro de 2019

ETs em nossos dormitórios