DESTAQUE

Advogado oferece recompensa pela devolução da lápide do alienígena de Aurora

Por
03 de Abril de 2018
A lápide do túmulo de Ned, como o alienígena foi apelidado, em foto dos anos 80
Créditos: Arquivo

O Caso Aurora continua a provocar muita polêmica, mesmo em meio à Ufologia Mundial. A queda de uma nave supostamente alienígena naquela cidade do Texas, em 17 de abril de 1897, somente começou a ser melhor pesquisada a partir de meados dos anos 70. Um dos maiores nomes da Ufologia a pesquisar o caso foi o saudoso Jim Marrs, que teve um papel fundamental em sua divulgação. O caso retorna agora às manchetes com o anúncio de Stratton Horres, advogado de Dallas, cidade também do Texas, que ofereceu 1.000 dólares pela devolução de uma das lápides roubadas do cemitério de Aurora, no local onde estaria enterrado o desafortunado piloto da nave.

O advogado ainda garante que não irá processar a pessoa que apresentar a lápide a ele. Stratton Horres afirma que não necessariamente acredita na veracidade do incidente, mas confessa ser curioso quanto à questão, dizendo: "É uma lenda que tem persistido por 120 anos, é incrível. Sou cético, mas adoraria encontrar alguma evidência de que aconteceu de fato alguma coisa que não podemos explicar". Relatos de 1897 afirmam que um objeto alongado foi observado sobrevoando a cidade, até que se chocou contra a torre de um moinho na propriedade de certo juiz J. S. Proctor. O objeto explodiu e caiu, destroços ficaram espalhados, e o corpo do piloto foi classificado como não humano por um oficial do Exército presente, T. J. Weems.

O alienígena, então, teve um enterro cristão no cemitério local, em um túmulo marcado por uma lápide onde teriam sido reproduzidas inscrições encontradas na nave. Os restos do veículo foram lançados em um poço próximo ao moinho e somente nos anos 70 a Rede Mútua de UFOs (Mufon) enviou uma equipe para investigar a ocorrência. A lápide foi roubada em 1972 e o marco que a substituiu igualmente desapareceu em 2012. Atualmente o túmulo do alienígena, apelidado pela população de Ned, é marcado somente por uma pedra, onde os visitantes costumam escrever mensagens como "descanse em paz, irmão alienígena". Horres afirma que teve a ideia de oferecer a recompensa após uma visita ao cemitério, quando conversou com um pai e seu filho a respeito do misterioso incidente.

crédito: Arquivo
Placa do cemitério de Aurora fazendo alusão ao incidente de 1897
Placa do cemitério de Aurora fazendo alusão ao incidente de 1897

EVENTO PARA MARCAR QUEDA DE UFO EM 1897

O advogado assegura que não irá processar a pessoa que trouxer a lápide e que somente acionará um investigador para averiguar a autenticidade da peça e de onde veio a pedra da qual foi feita. Uma vez assegurado isso, ele pretende doar a peça para a cidade de Aurora ou para a associação que cuida de seu cemitério. Uma alternativa que considera é guardar a lápide, mantendo-a a salvo para marcar para a posteridade um evento histórico. Há dois anos foi realizado o Aurora Alien Encounter, evento para comemorar o aniversário do incidente. O evento de 2017 foi cancelado após o falecimento de Jim Marrs, mas para este ano a cidade de Aurora está organizando um tour aberto ao público em 28 de abril, quando será realizada uma visita ao cemitério da cidade. Também acontecerá um evento para marcar os 121 anos da ocorrência e haverá ainda uma merecida homenagem ao saudoso Jim Marrs.

Site oficial da cidade de Aurora, no Texas

Visite a página do Facebook da visita ao cemitério de 28 de abril

Confira o documentário sobre o incidente com Jim Marrs

A Ufologia Mundial está de luto pelo falecimento de Jim Marrs

Caso Aurora, um mistério de 117 anos

Filme de curta metragem recria invasão alienígena de Los Angeles em 1942

Saiba mais:

Livro: Quedas de UFOs II

crédito: Revista UFO
Quedas de UFOs II
Quedas de UFOs II

Quedas de UFOs II deixará o leitor perplexo ao mostrar casos de acidentes de discos voadores em vários lugares do mundo, muitas vezes com resgate de seus tripulantes, com e sem vida, geralmente por militares que se incumbem de seu acobertamento. Alguns episódios são extremamente interessantes, como os casos Varginha, Roswell e Coyame, detalhadamente estudados nesta obra, entre muitos outros igualmente relevantes.

DVD: UFO Coverup Live!

Já está no ar a Edição 233 da Revista UFO. Aproveite!

Abril de 2016

Uma tragédia cósmica