DESTAQUE

Abduzido há 40 anos, Calvin ainda lembra dos seres com 'patas de caranguejo'

Por
18 de Junho de 2019
Calvin Parker relembra os 40 anos do episódio no qual afirma ter sido abduzido por alienígenas
Créditos: Gerald Herbert

O americano Calvin Parker Jr, de 58 anos, afirma que nunca se recuperou completamente depois de ter encontrado alienígenas há 40 anos, em um episódio no qual as criaturas são descritas como monstros com “patas de caranguejo”.

Isso é algo que eu realmente não queria que tivesse acontecido”, contou Parker no aniversário do episódio. O incidente, que aconteceu junto ao amigo Charles Hickson, se tornou notícia, iniciou uma onda de informações sobre UFOs ao redor do país e se tornou um dos casos mais examinados do tipo.

Contudo, enquanto Hickson contava a história do encontro sobrenatural para todos que quisessem ouvir, Calvin sempre escolheu pelo silêncio, algo quebrado só dois anos após da morte de Charles.

  

Dupla de americanos é clicada em 1973, enquanto relatam a experiência de abdução enquanto pescavam no rio Pascagoula (Mississippi Press, Gary Holland)

 

Parker tinha 18 anos quando foi pescar com Hickson depois do trabalho e conta que foi surpreendido por uma nave com luzes azuis, que continha três criaturas com pele cinza e mãos em forma de garras de caranguejo, que o pegaram pelo antebraço e levitaram até a nave. Lá dentro, o americano conta que algo parecido com um olho gigante parecia examiná-lo, enquanto Parker estava consciente, mas paralisado.

  

Em foto tirada de 2011, Charles Hickson aparece lendo livro que ajudou a escrever sobre o episódio (The Mississippi Press, Christy Jerrnigan)

 

“Eles me examinaram como qualquer médico faria”, relatou Parker. De volta ao local onde tudo aconteceu, o homem precisou tomar três doses de destilado para se acalmar e conseguir relembrar a história. Os oficiais de polícia do condado de Jackson ouviram o relato dos americanos e acharam, em um primeiro momento, que a dupla estava bêbada.

Em uma sala de interrogatório, os policiais chegaram a deixar um gravador escondido para ver se conseguiam uma prova da “mentira”, mas o método não obteve sucesso. “Eles pareciam muito preocupados”, contou o então capitão Glenn Ryder, que até hoje trabalha como policial no condado. “Não sei o que aconteceu com eles, mas sei que você não finge medo e eles estavam apavorados”.

 

A Revista UFO lançará em breve o livro em português de Calvin Parker, sobre a abdução em Pascagoula. (Capa original)

 

Após mudar para o Mississippi, em 2006, e da morte de Hickson, em 2011, Parker viveu no anonimato e afirma que, 40 anos depois do episódio, ainda possui pensamentos difusos sobre a noite de 1974.

Em certo ponto, ele não estava certo se as criaturas eram alienígenas ou demônios. “Acredito muito em Deus e que há bem e mal”, finalizou Parker. Veja vídeos sobre o caso:

 

Relato de Calvin Parker para a Fox, legendado. 

  

Documentário 1987: Histórico Sobre Abdução Em Pascagoula, legendado.

Veja Mais:

Após meio século, homem escreve livro sobre seu sequestro alienígena

Pilotos da Marinha americana relatam seus encontros com UFOs

De acordo com cientistas, água teria origem extraterrestre

Primeiro agroglifo da temporada no Reino Unido apresenta sinais de fraude

Plano da NASA revelado: 37 aeronaves e um pouso lunar

Pentágono admite a investigação de UFOs

O que Bob Lazar tem em comum com o comportamento atual do Pentágono?

  

Já está no ar a Edição 269 da Revista UFO. Aproveite!

Junho de 2019

Como são eles?

UPDATED CACHE