DESTAQUE

A Real Força Aérea Australiana declara que não investigará UFOs

Por
01 de Novembro de 2021
O interesse zero em UFOs por parte da RAAF é um tanto suspeito.
Créditos: GettyImages

Os UFOs são algo com que apenas os governos dos Estados Unidos, China, Rússia, Reino Unido e alguns países da América do Sul estão preocupados? Pode-se suspeitar disso, depois que o chefe da Real Força Aérea Australiana se apresentou ao parlamento de seu país e disse que seus pilotos não encontram UFOs e que seu departamento não tem planos de investigá-los.

Isso aconteceu poucos meses depois que ele revelou o novo comando espacial da Real Força Aérea Australiana (RAAF). Se eles não estão procurando por UFOs e alienígenas, o que estão fazendo? “Não estou familiarizado com, nem vi nenhum relatório ou informação sobre UFOs no contexto do espaço aéreo australiano, e não há nenhuma força-tarefa liderada pela Força Aérea que analise esse fenômeno”, disse Melvin Hupfeld, marechal do ar e chefe da RAAF.

Sob questionamento do senador australiano do Partido Greens, Peter Whish-Wilson, da Tasmânia, Hupfeld admitiu que não recebeu um relatório de UFOs como o divulgado pelo Escritório do Diretor de Inteligência Nacional dos Estados Unidos (DNI). Ainda mais surpreendente para alguém em sua posição, Hupfeld disse que não estava “formalmente ciente” do relatório além do que recebeu da mídia. Se ele está mais preocupado com a segurança no espaço contra outros humanos, ele não indicou isso quando anunciou o comando espacial australiano em junho.

“O espaço é um domínio de combate, mas não vamos militarizá-lo. O que procuraremos fazer se houver alguém que não siga as regras internacionais é apontar isso”, disse. Ele estava dizendo que o comando espacial da Austrália atuaria como uma polícia espacial ou um delator espacial? Já o congresso da Austrália parece estar mais preocupado com UFOs. Foi perguntado a ele se a Rede de Radar Operacional Jindalee (JORN) poderia detectar UFOs [JORN é uma rede de radares para monitorar os movimentos no ar e no mar em 37.000 quilômetros quadrados com um alcance de 3.000Km].


O chefe da RAAF e marechal do ar, Melvin Hupfeld, foi extremamente evasivo. Será que a Real Força Aérea Australiana está escondendo alguma coisa?
Fonte: RAAF

“Não é possível para mim determinar se o JORN veria algo como um fenômeno aerotransportado incomum sem conhecer os materiais de construção e outros parâmetros de desempenho de tal objeto, se realmente fosse um objeto”, respondeu. A Ministra das Relações Exteriores, Marise Payne, deu uma resposta jocosa a essa discussão sobre os UFOs: “Posso dizer com alguma segurança que, após mais de duas décadas de participação no processo de orçamentos do senado, esta é a primeira vez que, a qualquer título, tenho a oportunidade de observar uma conversa e uma sessão de perguntas e respostas sobre tal questão. Então, obrigada por nos chamar a atenção.”

O governo australiano e seus militares não estão realmente preocupados com UFOs e a possibilidade de que possam ser pilotados por não humanos? Embora isso pareça inacreditável para aqueles nos Estados Unidos que foram bombardeados com discussões sobre UFOs pelo Pentágono, pilotos militares, a mídia e membros do Congresso - para não mencionar ex-presidentes - isso levanta a questão: Por que eles não estão preocupados?

Fonte

Já está no ar a Edição 285 da Revista UFO. Aproveite!

Junho de 2021

Quando eles são hostis aos humanos