DESTAQUE

3 cenários de contato com ETs e suas consequências para a humanidade

Por
25 de Janeiro de 2019
Ilustração contato com ETs
Créditos: Rafael Amorim/UFO

O que aconteceria se em um contato em massa com alienígenas? Que consequências esse encontro teria para a humanidade e como poderíamos nos preparar para ele? Exosociólogos alemães debatem sobre três possíveis cenários desse encontro.

Muitos se perguntam se há vida fora da Terra, mas há diferentes opiniões no que se refere à probabilidade de haver tal vida. Mas outra questão importante é ,se existir vida lá fora e, tiver lugar um contato entre terráqueos e alienígenas, como seria esse encontro? Os sociólogos Michael Schetsche e Andreas Anton dedicam a essas perguntas o seu livro Sociedade dos Alienígenas. Introdução à Exosociologia

A exosociologia é uma invenção russa, sublinha o autor Michael Schetsche. "Nos anos 60, o astrônomo soviético Samuil Aronovich Kaplan publicou o livro Civilizações Extraterrestres. Problemas da Comunicação Interestelar. Ele e seus colegas analisaram todas essas questões e foram os primeiros a dar o nome de exosociologia a esse programa. A exosociologia estuda alienígenas do ponto de vista terrestre. Assim, a sociologia se estende para além da humanidade e obtém uma escala universal. explica Schetsche.

Segundo Schetsche, a questão das civilizações extraterrestres se tornou mais importante nas últimas décadas por duas razões. Por um lado, a humanidade soube mais sobre planetas habitáveis: "Sabemos há cerca de 20 anos que os planetas no Universo estão incrivelmente disseminados. Segundo estimativas atuais, temos de 200 a 300 bilhões de planetas em nossa galáxia."

Cerca de 1% desses planetas orbitam uma estrela em uma zona onde a vida é possível (zona habitável). Como resultado, de um a três bilhões de planetas poderiam ser habitados.

Por outro lado, as pesquisas mostraram que a vida é um fenômeno extremamente "robusto". "Por todo o mundo, onde existem condições adequadas, se desenvolvem diferentes formas de vida." Por isso, a vida poderia existir mesmo em condições bastante severas. "Atualmente, nossas concepções científicas do Universo dizem: é muito provável existirem outras inteligências além da humana, e isso significa que poderíamos encontrá-las um dia", revelou Schetsche.

Sinais, artefatos, contato direto – os possíveis encontros

Os sociólogos usaram determinados métodos de futurologia e criaram uma série de cenários, ou seja, determinaram alguns parâmetros básicos e diferentes cenários de um encontro entre seres humanos e alienígenas. Segundo os cientistas, há três cenários possíveis.

Primeiro, o cenário de contato remoto: trata-se de mensagens de civilizações extraterrestres recebidas na Terra ou decifradas com sucesso pela humanidade. Atualmente é o único cenário de pesquisa da organização norte-americana SETI, que busca inteligência extraterrestre. Schetsche considerou que essa pesquisa tem defeitos, porque o contato também pode ser feito de outras maneiras.

Segundo, o cenário dos artefatos: esse cenário prevê a existência de indícios de inteligência extraterrestre sob forma de alguma antiga sonda ou lixo espacial encontrado perto da Terra. Esses artefatos poderiam evidenciar a existência de uma inteligência extraterrestre que já tenha visitado o Sistema Solar.

Terceiro, o cenário de contato direto: esse cenário prevê um encontro direto com um objeto espacial que poderia ter alienígenas a bordo. Entretanto, a espaçonave poderia ser dirigida por inteligência artificial ou outras máquinas. O que é mais importante é que através disso poderia haver comunicação com uma civilização alienígena.

O encontro, provavelmente, seria perigoso

Embora os cientistas não tenham nenhum representante de extraterrestres disponível para sua pesquisa, analogias históricas que ocorreram na Terra podem ser usadas para analisar a situação, por exemplo, as "civilizações terrenas da época das conquistas", sublinhou Schetsche. Os conquistadores eram uma "civilização tecnologicamente superior" e reprimiram as civilizações mais fracas.

Tais encontros sempre resultaram em destruição econômica, política e religiosa para as civilizações mais fracas. Isso levava sempre à desagregação das sociedades locais. Com base nesses exemplos, Schetsche expressou sua previsão que um contato com extraterrestres tecnologicamente superiores também poderia ter "graves consequências" para a humanidade.

Fonte: Sputnik Alemanha

Veja Mais:

Possível UFO filmado rondando vulcão no México

Após meio século, homem escreve livro sobre seu sequestro alienígena

Caso de mutilação de porcos na Argentina tem causado pavor na população

Putin envia militares para Bureya; população desconfia de queda de UFO

Novo estudo afirma que alienígenas podem existir na lua gelada de Júpiter

Filme A Pedra da Serpente leva a Ufologia para o cinema brasileiro

Stephen Hawking reflete sobre origem do universo, ETs e viagem no tempo

Confirmado: Oumuamua não era asteroide, mas uma nave alienígena

Já está no ar a Edição 264 da Revista UFO. Aproveite!

Janeiro de 2019

Sexo com ETs