DESTAQUE

É falsa a história de um UFO interagindo com o Sol

Por
24 de Novembro de 2016
A imagem combinada que motivou a fraude; marcados pelas linhas verticais estão Vênus a direita e abaixo, e a Terra quase ao centro
Créditos: NASA

Novamente um engano propalado nas mídias sociais ganha intensa repercussão, com teorias espalhafatosas e erradas, minando a credibilidade da pesquisa ufológica séria. Uma mulher chamada Pamela Johnson postou em sua conta no Facebook uma série de imagens, obtidas pela nave Stereo A da NASA, alegando que um enorme objeto passava diante do Sol e interagia de alguma forma com a estrela. Os comentários, alguns verdadeiramente risíveis, não saem do lugar comum de avisos cósmicos, acobertamento por parte da NASA, mundos imaginários e bobagens similares. Evidentemente, a história é uma fraude.

As naves Stereo A e B foram lançadas em 2006 para realizar observações do Sol. Elas circulam o astro em uma órbita pouco além daquela da Terra, em posições opostas, a fim de obter imagens sob diferentes ângulos, proporcionando uma visão global da estrela da qual depende a vida na Terra. A nave B tem experimentado problemas técnicos, mas a nave A segue sua missão, situada do outro lado do Sol em relação à Terra. O astrônomo e divulgador Phil Plait, do site Bad Astronomy, diante da repercussão que a mistificação do suposto UFO perto do Sol teve, pesquisou as imagens das naves no site da NASA. Os pontos brilhantes marcados por linhas verticais são planetas, que são brilhantes e sobrecarregam os pixels da imagem, fenômeno comum em detectores digitais. O planeta à direita é Vênus e o mais próximo do centro, a Terra, somente isso.

A bola gigante azul em uma das imagens, por sua vez, é o próprio Sol. Essa imagem específica veio do instrumento Investigação da Conexão Coronal e Heliosférica Sol Terra (Secchi), um dos muitos instrumentos da Stereo A. Outro instrumento é o Imageador Heliosférico (HI), uma câmera que funciona no espectro visível da luz e examina a corona do Sol, sua tênue atmosfera que se espalha pelo espaço próximo. Essa câmera não aponta diretamente para o Sol e sim para o lado para observar a corona. Vênus e Terra aparecem na imagem da HI. A imagem do objeto azul, que é na verdade o Sol, veio do Imageador de Extremo Ultravioleta (Euvi), pois a nave está equipada para observar a estrela em diferentes espectros de luz, obtendo o máximo possível de informações sobre seu comportamento. Por sinal essa imagem veio de um nanômetro regulado para uma escala de 17,1, que combina com a emissão de átomos energizados de ferro. Estudando a luz do Sol podemos, portanto, conhecer com exatidão sua composição.

crédito: NASA
A imagem original do instrumento Euvi
A imagem original do instrumento Euvi

MISTIFICADORES COMO SEMPRE MINAM A CREDIBILIDADE DA UFOLOGIA SÉRIA

O que aconteceu foi um pequeno lapso no processador de imagens a bordo da Stereo A, que foi temporariamente sobrecarregado e corrompeu algumas imagens, e no caso em questão duas imagens de duas câmeras diferentes, Euvi e HI, foram sobrepostas, resultando na foto fartamente explorada por mistificadores e sensacionalistas. Nossa visão é incapaz de registrar o ultravioleta, então as imagens nesse espectro são coloridas com azul. Está assim desmistificada mais uma fraude perpetrada por indivíduos ignorantes que causam um prejuízo incalculável à pesquisa ufológica séria. Vale lembrar que, em uma estimativa grosseira, existem ao menos muitos milhares de astrônomos amadores ao redor do mundo. Já explicamos em vários outros textos, disponíveis no site da Revista UFO, que a Astronomia é uma das poucas ciências onde os amadores ainda podem contribuir decisivamente. Eles já flagraram, como mostramos nos links abaixo, explosões em Júpiter como resultados de colisões de asteroides ou cometas, entre outros impressionantes fenômenos cósmicos. É necessário, portanto, um grau assombroso de descolamento e alienação da realidade para acreditar que, diante da aproximação de um corpo de tamanho planetário com relação à Terra ou o Sol, nenhum deles propagaria tal sensacional notícia. Continua assim valendo o alerta para sempre checar as informações em diferentes fontes.

Visite o site da missão Stereo

Confira a localização das naves Stereo A e B

Visite o site Bad Astronomy

Mais um impacto aconteceu em Júpiter

Canal de video no Youtube é uma fraude

É uma fraude a máquina alienígena encontrada na Antártida

Vídeo de entrevista de ET é produção de efeitos visuais

Vídeo com suposto UFO captado pela estação espacial se espalha pela internet

Vídeo da NASA com suposto UFO provoca furor na internet

Falsa notícia de UFO orbitando asteroide se espalha

Nave Cassini fotografa interrupção no anel mais externo de Saturno

Saiba mais:

Livro: Contatados

crédito: Revista UFO
Contatados
Contatados

Afinal, quem são os contatados? Emissários das estrelas, arautos de uma nova era ou a quinta coluna da invasão extraterrestre? Um dos mais fascinantes e polêmicos aspectos do Fenômeno UFO é agora dissecado por um dos mais produtivos ufólogos brasileiros. O historiador Cláudio Tsuyoshi Suenaga, consultor da Revista UFO por mais de 12 anos, apresenta uma retrospectiva de todos os mais importantes casos de contatados da Ufologia Moderna, de George Adamski a Sixto Paz, de Billy Méier a Plínio Bragatto, de Aladino Félix a Claude Vorilhon Räel.

DVD: Fastwalker

Já está no ar a Edição 212 da Revista UFO. Aproveite!

Junho de 2014

Não é somente aqui na Terra

UPDATED CACHE