Uma outra forma de procurar contato com seres extraterrestres
Edição 37

Uma outra forma de procurar contato com seres extraterrestres

04 de May de 2018

A busca por outras civilizações e inteligências no universo não é exclusividade da Ufologia. A irresistível tentação que o ser humano tem pelos mistérios do espaço sideral há muito permeia também a comunidade científica, que, de forma diversa da ufológica, tem aparatos de grandes proporções e outros meios para tentar responder à pergunta crucial – estamos sós no universo? Nas últimas cinco décadas, vários foram os programas científicos para se tentar dar um ponto final a esta questão, a partir de métodos amparados e reconhecidos pelos meios acadêmicos. Os resultados de tanto esforço, no entanto, são quase imperceptíveis. Praticamente nenhum sinal relevante foi recebido pelas centenas de antenas espalhadas pelo mundo. Enquanto isso, a Ufologia, com sua metodologia própria – muitas vezes criticada pela ciência acadêmica –, tem mostrado bastante vigor ao buscar a resposta para o mesmo questionamento. Entretanto, seus resultados são muitas vezes questionáveis. Esta edição traça um paralelo entre os dois métodos, a partir do ponto de vista do primeiro segmento, o acadêmico. É interessante conhecer seus resultados, como se verá a seguir.

Artigo da Capa

Embora o SETI seja um projeto controverso, muitos acreditam na vida extraterrestre