O perigo do culto aos ETs
Edição 84

O perigo do culto aos ETs

04 de May de 2018

O mundo foi agitado na última semana no ano passado com a bombástica notícia de que uma obscura seita teria produzido o primeiro clone de um ser humano. Tal seita foi criada por um visionário chamado Rael, que acredita estar agindo a mando de ETs. Essa notícia, amplamente debatida pelos mais variados segmentos da sociedade, trouxe uma dimensão do tipo de perigo que o fanatismo ufológico pode representar. Rael é o mais bem sucedido, mas está longe de ser o único guru que alega ter “procuração cósmica” para agir em nome de ETs. No Brasil mesmo temos exemplos semelhantes e, dependendo do ponto de vista, de igual periculosidade. A comunidade científica mundial repudiou a clonagem de imediato, assim como os ufólogos, que vêem em tal fato um grande risco à credibilidade arduamente conseguida pela Ufologia nas últimas décadas. Essa edição de UFO traz um profundo estudo sobre o mecanismo de formação de seitas, escrito por Vanderlei D’Agostino, além de outras matérias que apontam a opinião dos ufólogos quanto a elas. UFO 84 cobrirá os meses de janeiro e fevereiro de 2003, ano em que será rigorosamente mensal e apresentará, a cada nova edição, inovações e aperfeiçoamentos consideráveis.

Artigo da Capa

Análise dos mecanismos de formação de seitas ufológicas e seus perigos aos adeptos

Artigos