Novos instrumentos de pesquisa
Edição 235

Novos instrumentos de pesquisa

04 de May de 2018

Buscar respostas para a presença alienígena na Terra não é tarefa fácil, ainda mais quando se leva em conta que o meio acadêmico — que deveria ser um dos grandes interessados no processo —, não se engaja de verdade nesta procura. Os ufólogos são praticamente os únicos a lidar com este que seria o maior fato para toda a humanidade planetária, quando confirmado: descobrir a origem e as intenções de nossos visitantes extraterrestres. Para isso, lançam mão das ferramentas que têm em mãos, algumas vezes com sucesso, noutras não. Em artigo desta edição, a médica e médium paulista Mônica de Medeiros, um dos ícones da pesquisa ufológica brasileira, mostra como a espiritualidade pode ser mais um instrumento a favor dos ufólogos, desde que praticada com seriedade e no caminho certo.

Artigo da Capa

O contato com seres das estrelas não é novo e permeia a história de todos os povos que conhecemos. O que é novo para nós é o fato de que este contato não se dá apenas de forma física, mas também energética ou espiritual. Nossos antepassados aceitavam a influência e os conselhos dos deuses como algo normal, mas nossa civilização, materialista ao extremo, tem muita dificuldade para lidar com esse fato. Por quê?