Img capa
CAPA

No antigo continente, uma espantosa casuística

Revista UFO | Edição 189 | 01 de Junho de 2012

SHARE

O leitor vai encontrar nessa edição de UFO um artigo que irá surpreendê-lo, pois expõe de maneira inédita a diversificada, complexa e abundante — porém quase desconhecida — casuística ufológica africana. O texto, que precisou de um grande número de páginas para ser acomodado, apresenta ocorrências ufológicas impressionantes, pesquisadas in loco, na época, por um jovem ufólogo angolano que depois viria a residir em vários países do continente e do mundo, aumentando gradativamente seu acervo de investigações. Luis Vieira de Matos, que foi piloto de helicóptero em áreas de guerrilhas, guia de safári, fazendeiro na Austrália e desenhista na Inglaterra, hoje residente na recôndita Corumbá, no coração do Pantanal de Mato Grosso do Sul. É de lá que o agora veterano estudioso mantém a Ufologia Brasileira informada do que ocorre na sua quase inacessível região. Sua contribuição ao entendimento da fenomenologia ufológica começou quando, ainda adolescente, residia em Angola e coletou os espantosos casos de que trata seu artigo. Seu trabalho em muito se assemelha ao do igualmente experiente pesquisador argentino Luis Burgos, que tem sua trajetória traçada na seção Diálogo Aberto desta edição, em entrevista concedida à nossa consultora Mirta Cristina Rodriguez Corderí.

SEÇÕES

ENTREVISTA

ARTIGOS