Img capa
CAPA

A França, como sempre, sai na frente e mostra ao mundo a verdade

Revista UFO | Edição 133 | 01 de Maio de 2007

SHARE

Desde dezembro do ano passado a Comunidade Ufológica Mundial aguardava com grande ansiedade que a França cumprisse sua promessa, feita através do site do Centro Nacional de Estudos Espaciais (CNES), de liberar seus documentos ufológicos oficiais. A entidade, uma espécie de NASA francesa, pesquisa cientificamente a presença alienígena na Terra desde 1976, e informou que nada menos do que 100 mil páginas de documentos seriam colocadas à disposição dos interessados através da internet. Prometeu e cumpriu! Desde o dia 22 de março, qualquer pessoa, de qualquer país, pode acessar o site do CNES e examinar a farta e impressionante documentação. Casos de observações clássicas de UFOs podem ser encontradas ao lado de ocorrências de pousos de naves e de contatos com tripulantes – fatos que as autoridades francesas examinam com rigor desde que o assunto virou interesse de estado. Pioneira na aceitação da realidade extraterrestre, há mais de três décadas, a França usa agora o mais democrático veículo de comunicação do planeta para deixar ainda mais claro: os UFOs existem, não são deste planeta e não representam uma ameaça à humanidade.

SEÇÕES

ARTIGO DA CAPA

ENTREVISTA

ARTIGOS

UPDATED CACHE