Img capa
CAPA

Militar chileno agita a Comunidade Ufológica

Revista UFO | Edição 132 | 01 de Abril de 2007

SHARE

Em fevereiro, o Chile voltou a atrair a atenção da Comunidade Ufológica Mundial. Durante a X Jornada Chilena de Ufologia, realizada em Viña Del Mar, o capitão do Exército chileno Rodrigo Bravo, piloto na ativa, espantou a platéia ao admitir abertamente que os UFOs são um fenômeno tão real e presente no cotidiano do país, que chegam a representar uma ameaça à segurança do tráfego aéreo. Assim, com todas as letras e sem margem para dúvidas, Bravo apresentou no evento um conjunto de fatos estarrecedores, que devem colocar em alerta autoridades não apenas chilenas – que já estão atentas ao problema –, mas também de outros países. Embora não estivesse falando oficialmente em nome de sua instituição, Bravo estava autorizado pela mesma a referir-se ao assunto dessa forma contundente. O piloto ainda descreveu em detalhes episódios de contatos diretos e recentes entre discos voadores e aviões civis e militares. Há 10 anos o Chile vive um momento de grandes surpresas na área ufológica, com a criação, em outubro de 1997, do Comitê de Estudos de Fenômenos Aéreos Anômalos (CEFAA), ligado à Escola Técnica Aeronáutica e alojado dentro da estrutura da Direção de Aviação Civil do país. Desde então, tem sido certamente a nação mais aberta à realidade da vida extraterrestre em todo o planeta, dando um exemplo a ser seguido pelos demais da América Latina.

SEÇÕES

ARTIGO DA CAPA

ENTREVISTA

ARTIGOS

UPDATED CACHE