CAPA

O perigo do culto aos ETs

Revista UFO | Edição 84 | 01 de Fevereiro de 2003

SHARE

ENCONTROS CÓSMICOS

Relatos que Evidenciam Nossos Visitantes

UFO Avistado Durante o Dia

Há alguns meses meu afilhado Fernando e eu vimos um UFO. Era cerca de 18:35 h. Apesar do céu estar bastante estrelado, o Sol ainda clareava o horizonte. Estávamos conversando na área de casa quando vi um objeto que achei ser uma estrela cadente. Mostrei rápido ao Fernando e esperamos ela sumir, mas isso não aconteceu. Ele fez uma curva e começou a voar paralelo ao solo, em linha reta e a grande altitude. Foi voando numa velocidade anormal, acima da usada pelos aviões. Pensamos que pudesse ser várias coisas, como cometas que resvalam na atmosfera e depois voltam sem encostarem-se no chão, satélites etc. Achei que nunca iria acontecer de novo, mas aconteceu. Depois disso, meus dois filhos e eu avistamos um objeto indo de oeste para leste. Corri para chamar minha esposa e pegar meus óculos. Quando voltei, o UFO ainda estava lá. Minha mulher achou que pudesse ser um avião, mas respondi que não, já que esses aparelhos têm luzes que piscam em vermelho. Aquele estava sendo iluminado pela Lua. Ele sumiu e não o vimos mais. Mas pela rota que seguia, tenho certeza que era o mesmo objeto que tinha visto anteriormente.
Sílvio Cézar Dourado de Araújo,
[email protected]

Objetos Fotografados no DF

Sou leitor assíduo da Revista UFO e estou enviando duas fotos para análise. Elas foram tiradas no dia 09 de dezembro de 2002, entre 14:00 h e 17:00 h, na região rural de Planaltina, à 60 km do centro de Brasília (DF). O tempo estava nublado com nuvens carregadas. As fotos foram obtidas por um técnico em eletrônica que trabalha na companhia de distribuição de energia elétrica local, da qual também faço parte. Utilizou-se uma máquina fotográfica digital. Numa das fotos se observa um artefato esférico com sombra. Parece tratar-se de algo pequeno. O técnico que disparou as fotos não se lembra de ter visto nada durante a sessão. Foram obtidas 4 imagens e somente duas flagraram os objetos. O local é distante e desabitado.
Belmiro Ribeiro Costa,
[email protected]

Estrelas Dançam no Céu

Sempre fui um curioso em relação a assuntos ufológicos e paranormais. Freqüentemente dizia à minha esposa que gostaria de ver algum UFO ou ET. Até que aconteceu. Meus sogros trabalham em uma fazenda no interior do Ceará, perto de Morada Nova. É um lugar pequeno e isolado. Durante minhas visitas à propriedade meus cunhados disseram ter visto um “aparelho” perto de um açude, dentro da fazenda. À noite eu gostava de ficar na varanda olhando as estrelas. Certo dia, por volta das 19:00 h, avistei algo diferente, com luzes azuis e vermelhas que piscavam direto. Inicialmente não me importei com o avistamento e fiquei quieto. Depois, numa viagem com minha esposa e familiares de Crato para Juazeiro (CE), uma cidade vizinha, tive outra experiência. A casa ficava em um bairro afastado do centro, chamado Lagoa Seca. Na noite anterior a minha partida, fiquei no andar de cima da casa para admirar o céu. Foi então que observei uma estrela igual àquela que tinha visto na outra cidade. Desta vez fiquei atento, e foi então que de repente ela mudou de lugar, indo da esquerda para direita, numa manobra rápida. Fiquei impressionado. Não tenho conhecimento de nenhuma tecnologia terrestre que realize tal movimento. Continuei observando e notei, logo depois, mais duas estrelas deslocando-se rapidamente e parando logo abaixo da primeira. Os três objetos se movimentaram em zigue-zague por cerca de um minuto, e subiram numa velocidade imensa para, logo depois, desaparecerem.
Emanuel Mendes,
[email protected]

crédito: belmiro ribeiro costa
Uma das fotos de um objeto misterioso na zona rural de Brasília, enviadas pelo leitor Belmiro Ribeiro Costa
Uma das fotos de um objeto misterioso na zona rural de Brasília, enviadas pelo leitor Belmiro Ribeiro Costa

Garotas Vêem Naves no Rio

Sou professor do ensino médio no Rio de Janeiro (RJ) e desde abril de 2002 faço encontros semanais sobre Ufologia com um grupo de alunos. No dia 12 daquele mês, a jovem Priscyla e sua vizinha Cíntia avistaram, às 23:55 h, duas naves que se deslocavam uma sobre a outra, e trocavam entre si raios luminosos, de um verde muito intenso e brilhante. Por alguns instantes, as naves juntaram-se transformando numa só. Uma delas disparou um raio que chegou a meio caminho da outra e a luz voltou sobre ela mesma, isto é, retornou sobre a própria trajetória!
Ricardo Mattos Martins,
Rio de Janeiro (RJ)

Mãe e Filha Avistam UFO em Casa

No dia 13 de agosto de 2002, exatamente às 23:30 h, eu e minha mãe estávamos na varanda da casa onde moramos, na praia Martin de Sá, em Caraguatatuba (SP), quando, ao observar o céu, minha mãe notou um objeto alaranjado com forma de esfera que se movia em zigue-zague. Observei que ele sumiu rapidamente em direção à cidade de São Sebastião (SP). Logo após avistar a esfera, minha mãe e eu sentimos calafrios e um estranho medo de que voltasse. Cinco dias depois, na madrugada de 19 de agosto de 2002, às 06:54 h, uma estranha presença em meu quarto me acordou. Fiquei com a sensação de que algo estava do lado de fora da casa. Quando abri a janela do quarto, pude notar algo que me chamou a atenção. Era o mesmo objeto esférico alaranjado que estava parado no céu, agora com sua luminosidade oscilando. Mas em questão de segundos desapareceu. Horas depois, helicópteros do Exército sobrevoavam as montanhas e a cidade.
Ana Christina Richelly,
Caraguatatuba (SP)

Pai e Filho Avistam UFO em Pescaria

Meu filho e eu estávamos pescando debaixo de uma árvore, onde iríamos pernoitar, quando avistamos duas luzes muito fortes que passaram sobrevoando o pasto a caminho de um morro. No dia seguinte vimos, no mesmo lugar, uma luz parecida com uma estrela de cor vermelha, que ao se aproximar de nós ficou azul. Depois ela subiu para o alto e começou a girar rapidamente da esquerda para a direita. Este movimento se repetiu por várias vezes.
Aparecido Alves,
Paraguaçu Paulista (SP)

Esclarecida Fotografia de ET Produzida em Ponta Grossa

Na seção Encontros Cósmicos de UFO 82 publicamos um relato enviado por Sérgio Lirani, presidente do Grupo de Pesquisadores e Ufólogos de Ponta Grossa (GPUPG). Tratava-se da história de um casal que teria se assustado ao ver um extraterrestre. Lirani informou que as testemunhas fizeram uma foto do tal ser e ele decidiu encaminhá-la à UFO, que a publicou (e sua respectiva ampliação) junto ao relato. Mas a fotografia causou grande polêmica entre os leitores, que desconfiaram de uma montagem. A revista publicou a referida imagem sem analisá-la, porque a seção Encontros Cósmicos visa dar voz à pessoas que alegam ter tido experiências com naves e ETs, sem questionar ou atribuir autenticidade a cada relato. No entanto, examinada por vários estudiosos, ficou claro que a imagem mandada por Lirani é, na verdade, uma montagem.

Nosso consultor de arte Philipe Kling David, que também elabora as capas de UFO, fez o seguinte comentário: “A foto é uma fraude muito mal feita. Usando ferramentas gráficas podemos realçar algumas áreas da imagem e constatar que não passa de uma farsa”.

“Empregando-se um parâmetro de comparatividade métrica e cromática entre o suposto alien da imagem da revista e um desenho que a própria UFO já publicou inúmeras vezes [Veja ao lado], é possível afirmar que a silhueta do segundo foi aplicada sobre uma foto da mata, resultando na imagem de Ponta Grossa. As proporções gráficas somam mais de 89% de similaridade. Há uma diferença de pontos entre ambas as imagens que sugerem o fato de ter sido usada uma manipulação gráfica”. Philipe finaliza lamentando que essas fraudes sejam tão numerosas. “Os efeitos da foto podem ser conseguidos facilmente em programas de editoração de imagens, como Corel Photopaint, Altamira, Painter e Photoshop. Mas o que chama a atenção é a fraude ter sido produzida usando-se um desenho de ET publicado na própria revista”. Como vêem os leitores, os consultores da UFO estão atentos.


Grande Ofertas Exclusivas da Revista UFO