CAPA

Um passado desconhecido

Revista UFO | Edição 249 | 01 de Agosto de 2017

SHARE

IMPRENSA UFOLÓGICA

O Que a Mídia Fala dos Discos Voadores

Roswell: Novas Revelações
Donald Schmitt
Revista UFO, 2016

crédito: BIBLIOTECA UFO
Schmitt mostra um lado totalmente novo e intrigante do Caso Roswell em seu livro
Schmitt mostra um lado totalmente novo e intrigante do Caso Roswell em seu livro


O mais emblemático episódio ufológico até hoje é, sem questionamentos, o Caso Roswell. Acontecido em julho de 1947, dois anos após o fim da Segunda Guerra Mundial e apenas uma semana depois do famoso avistamento do piloto civil Kenneth Arnold, que deu origem à Era Moderna da Ufologia, Roswell é um acontecimento que jamais morrerá. Ainda que, amanhã ou depois, o governo dos Estados Unidos venha a público e confirme a veracidade dos relatos, o caso permanecerá vivo. Isso porque ele vai muito além de discos voadores e corpos de extraterrestres.

Roswell é um mosaico formado por conspirações, intimidações, mentiras, medo, farsa, violência, desenvolvimentos científicos, violação de direitos civis e mais uma série de fatos escabrosos que demorarão ainda décadas para serem todos esclarecidos — e é disso que trata o novo livro do pesquisador Donald Schmitt. O autor não apenas conta a história da queda de uma nave extraterrestre nos arredores daquela cidade do Novo México como narra os acontecimentos por meio da voz das testemunhas. O livro é impressionante.

São centenas de relatos que foram colhidos ao longo dos anos, todos gravados e vindos de observadores civis e militares, que evidenciam o passo a passo dos acontecimentos, do acobertamento e da ação truculenta e intimidatória do Governo e do Exército dos Estados Unidos sobre todas as testemunhas. Muitos relatos foram colhidos no leito de morte de militares que, ao verem se aproximar o fim de seus dias, não quiseram levar consigo os segredos que guardavam. De todos os livros já escritos sobre o assunto, Roswell: Novas Revelações é o mais completo deles.

Imperdível pelas informações que faz e pela forma didática e agradável como foi escrito, o livro tem o condão de mostrar de forma simples e convincente, por meio da sinceridade das testemunhas, que, sim, uma nave extraterrestre caiu em nosso planeta. E mais: ele mostra como as consequências desse fato influenciam, até hoje, a percepção das pessoas em relação à vida extraterrestre. Se você, leitor, é um pesquisador ou um interessado por Ufologia, este é um livro tão bom e tão importante que mais uma vez está sendo indicado por esta coluna.

O Tecido do Cosmos

Brian Greene

Companhia das Letras, 2005

crédito: COMPANHIA DAS LETRAS
Greene introduz o leitor nos mistérios do universo sem aborrecer com equações
Greene introduz o leitor nos mistérios do universo sem aborrecer com equações

Brian Greene é um dos mais consagrados estudiosos da formação, evolução, estrutura e destino do Cosmos, além de ser, desde o lançamento do livro O Universo Elegante [Companhia da Letras, 2004], já comentado nesta coluna, um dos grandes divulgadores da ciência atualmente. De maneira simples e descomplicada, o autor consegue nos conduzir pelo complexo mundo da física quântica e da cosmologia, fascinando-nos com as maravilhas e estranhezas do universo.

Em O Tecido do Cosmos, após conhecermos os conceitos básicos sobre a estrutura e a evolução do universo, Greene nos explica os últimos desenvolvimentos da cosmologia e as teorias mais avançadas sobre o assunto. Propondo questões como “o universo realmente existe ou é uma abstração da mente humana?” e “o que foi que explodiu no Big Bang?”, o pesquisador nos incita a contemplar o cosmos de uma maneira nova e atraente. Em linguagem clara e didática, sem equações complicadas, o autor centraliza sua análise na teoria das supercordas — na qual hoje se concentram as melhores esperançasde entender o que está à nossa volta.


Grande Ofertas Exclusivas da Revista UFO