Edição 246

Em nossa rotina diária

01 de Maio de 2017

IMPRENSA UFOLÓGICA

O Que a Mídia Fala dos Discos Voadores

Infiltrados
David Jacobs, Ph.D.
Biblioteca UFO, 2017

Há décadas os ufólogos investigam atentamente os casos de abdução por alienígenas e o fenômeno ganhou tamanha repercussão que hoje é difícil quem não saiba do que se trata. Porém, se por um lado devemos à Hollywood a popularização do conhecimento sobre estas ações de ETs, também podemos responsabilizar a indústria do cinema por sua ridicularização e descrédito. Embora não haja nada de ridículo ou falso nos traumas que o processo produz. Em todo o mundo há milhões de pessoas contando a mesma história de rapto, dor, invasão, tortura, sexo forçado e outros horrores praticados por seres que chamamos extraterrestres por falta de uma melhor definição. E enquanto integrantes da chamada Ufologia Mística pregam a ideia de que os raptores não são nada além de seres benevolente e amorosos, provocando um debate mais messiânico, eles seguem com seu plano de domínio — pelo menos é isso que nos é mostrado na mais recente obra de David Jacobs, Ph.D.

Pesquisador respeitado e aclamado em todo o mundo, Jacobs trilha o caminho da pesquisa ufológica há quatro décadas. Sua sólida formação científica e seu destaque no mundo acadêmico são os pilares que sustentam a coleta e a apuração de dados de suas investigações, rumo às conclusões que publica em seus livros. Avesso à teoria dos alienígenas messiânicos, o professor e doutor Jacobs aponta algo assustador para o qual não temos defesa alguma — o fim da raça humana e o surgimento de uma raça híbrida. Infiltrados nos conta o resultado de centenas de sessões de hipnose regressiva seitas com mais de 1.400 pessoas que passaram, e ainda passam, por episódios de abdução.

E aquilo que elas informam faz com que a discussão sobre as intenções angelicais ou demoníacas dos extraterrestres pareça coisa de criança. No livro ficamos sabendo sobre híbridos que já vivem entre nós e podemos ter uma ideia da refinada técnica de manipulação genética dos alienígenas, que conseguiram criar outra espécie cuja aparência é tão igual à nossa que não conseguimos distingui-la. Esta é uma obra fundamental, embora possa ser assustadora, para que se conheça a realidade do que vem acontecendo há milênios em nosso planeta, para que se saiba por quem, como e onde a espécie humana está sendo tratada em silêncio. Quem poderá lhe dizer se a pessoa a seu lado nas ruas, nos restaurantes, estádios, ônibus ou escolas é realmente humana como você?

Somos Todos ETs
Roberto Pinotti
Biblioteca UFO, 2016

O que nos faz humanos? Como podemos ter certeza de que somos, mesmo, frutos da Terra, que surgimos devido a uma misteriosa combinação de elementos proteicos e minerais que, por razão desconhecida, ganhou vida, evoluiu e nos deu a configuração morfológica que temos hoje? As perguntas acima são o fio condutor de Somos Todos ETs, obra escrita pelo internacionalmente conhecido pesquisador italiano Roberto Pinotti, cujo currículo inclui trabalhos técnicos na área aeroespacial para a Agência Espacial Italiana (ASI) e para a Agência Espacial Europeia (ESA), além de cátedra na Universidade de Florença, na Itália. Com um poder de argumentação e exemplificação ímpares, Pinotti nos mostra que não somos únicos e nem filhos de nosso planeta. Recheado de provas, o livro revisita as origens da humanidade de maneira singular, indo muito além de deuses astronautas e penetrando no intricado e desconhecido universo da origem da espécie humana. Fomos formados na Terra, fomos trazidos à Terra ou somos aquilo que sobrou de uma espécie muito mais antiga e evoluída, cujas origens estão nas estrelas?