Edição 231

UFOs estão entre os mistérios da floresta

01 de Fevereiro de 2016

IMPRENSA UFOLÓGICA

O Que a Mídia Fala dos Discos Voadores

Quedas de UFOs II
Thiago Luiz Ticchetti
Biblioteca UFO, 2015

crédito: BIBLIOTECA UFO
Thiago L. Ticchetti fez uma pesquisa aprofundada para compor seu livro
Thiago L. Ticchetti fez uma pesquisa aprofundada para compor seu livro

Há quase 70 anos, ufólogos, pesquisadores e apaixonados por Ufologia buscam uma prova material da presença dos UFOs e de alienígenas em nosso planeta. Não estamos falando aqui de extraterrestres em um passado longínquo, mas de visitas em nossa era, que muitos registraram em fotos e vídeos. No entanto, mesmo com a grande quantidade de imagens e de relatos por parte das testemunhas, não existe, ao menos oficialmente, uma prova concreta e inequívoca dos UFOs, um parafuso que seja de uma nave a ser exibido.

Desde antes do começo oficial da Ufologia, em junho de 1947, corriam boatos de que artefatos desconhecidos vindos do céu haviam se acidentado em nosso planeta. Naquele tempo ainda não se falava em UFOs ou discos voadores, mas em “naves marcianas”, pois as pessoas entendiam que qualquer artefato não terrestre só poderia vir de Marte. E, no mês seguinte ao início da Era Moderna dos Discos Voadores, aconteceu aquele que é, sem dúvida, o mais famoso fato da Ufologia Mundial, Roswell.

Mas muito embora o Caso Roswell seja emblemático, não é o único e nem o maior episódio de queda de nave alienígena listado na obra Quedas de UFOs II, de Thiago Luiz Ticchetti — o livro é uma compilação única de relatos de acidentes envolvendo UFOs por todo o planeta. Ele traz tanto os eventos que ocorreram em locais isolados e que são praticamente desconhecidos, quantos aqueles que envolveram grandes operações militares e que só chegaram ao conhecimento dos pesquisadores porque testemunhas os relataram sob sigilo.

A obra começa descrevendo ocorrências antigas e caminha ao longo do tempo mostrando que, ao contrário do que alegam muitos pesquisadores, os UFOs apresentam, sim, defeitos e caem, provocando grandes explosões e vítimas. Não são poucos os casos, como o leitor terá a oportunidade de saber, em que corpos de alienígenas mortos foram resgatados e levados pelos militares — há também acontecimentos em que foram encontrados sobreviventes, que, segundo consta, também foram resgatados pelas autoridades.

Ticchetti, um dos mais profícuos escritores da Revista UFO e seu coeditor há vários anos, construiu em sua obra um arquivo de ocorrências de forma detalhada, afim de criar um compêndio fundamental para quem pesquisa ou se interessa por Ufologia.

Homo Sapiens-Aliens
Luis Vieira de Matos
Anunaki, 2015

crédito: ANUNAKI
Vieira de Matos sustenta que fomos criados em laboratório por aliens
Vieira de Matos sustenta que fomos criados em laboratório por aliens

Por todo o mundo encontramos ruínas de civilizações antigas sobre as quais não temos quaisquer informações. Muitos pesquisadores acreditam que, antes de nós, outras civilizações habitaram a Terra e que muitos mistérios para as quais não temos explicações sejam remanescentes daqueles povos. Homo Sapiens-Aliens trata, entre outros, deste assunto, propondo uma nova maneira de se encarar a origem de nossa espécie.

A obra começa pela criação do universo e de sua expansão após o BigBang, até o aparecimento dos sistemas estelares. Em seguida, apresentadados arqueológicos que demonstram a presença de alienígenasno nosso planeta desde milhões de anos antes do surgimento dohomem. O autor apresenta a possibilidade de o ser humano atual ser originário de uma sociedade de Homo Sapiens pré-adâmica, propondo que tanto a humanidade anterior como a nossa são resultado de uma intervençãogenética levada a cabo laboratorialmente.

Com base em teorias físicas ena própria física quântica, o livro de Luis Vieira de Matos mostra a possibilidade de se viajar de um pontopara outro no espaço-tempo, quase que instantaneamente.