Edição 213

Encontro mais do que imediato

01 de Julho de 2014

IMPRENSA UFOLÓGICA

O Que a Mídia Fala dos Discos Voadores

Projeto Contato
M. Medeiros e M. Áquila
Biblioteca UFO, 2013

crédito: Difusão Europeia
Mônica de Medeiros e Margarete Áquila penetram fundo no Fenômeno UFO
Mônica de Medeiros e Margarete Áquila penetram fundo no Fenômeno UFO

Já há muito tempo, enquanto forma de estudo, a Ufologia busca compreender os frequentes avistamentos dos discos voadores e os incontáveis contatos e abduções alienígenas das mais diversas formas. Em Projeto Contato — um dos mais bem sucedidos lançamentos da coleção Biblioteca UFO —, a médica, médium e ufóloga Mônica de Medeiros e sua colega, a música e terapeuta Margarete Áquila, esmiúçam as mais diversas abordagens sobre a fenomenologia ufológica, juntando esforços para entender a profundidade de cada uma, por mais que pareçam contradizer o senso comum. Com isso, buscaram um panorama completo e abrangente da matéria, ainda que algumas de suas conclusões, a princípio, possam parecer assustadoras.

Como exemplo temos a questão das abduções alienígenas. A partir do resultado de várias sessões de hipnose regressiva realizadas com diversas pessoas, há evidências de que seres alienígenas tenham feito experimentos com tais protagonistas tendo como foco a genética humana — muito embora os motivos desse tipo de intervenção, atualmente, fiquem apenas no campo da especulação. Mônica e Margarete afirmam que a ciência está começando a acordar para o fato de que novas gerações de crianças estariam se desenvolvendo de forma marcadamente mais acelerada do que as anteriores, principalmente no aspecto neuropsicológico. Segundo as autoras, isso pode ser o resultado direto da ação de ETs na espécie humana.

O editor da Revista UFO, A. J. Gevaerd, endossa a preocupação das autoras em ter uma visão a mais global possível sobre o fenômeno ufológico, conforme podemos ler em suas palavras: “Em um futuro ainda não estimado, passaremos a ser cidadãos cósmicos, tanto quanto já são aqueles que se dedicam a explorar o universo e chegam até aqui em suas naves. Será necessária uma grande e dedicada preparação para este dia, que demandará sérias e profundas reformulações individuais e coletivas da humanidade terrestre”.

Projeto Contato foi lançado durante o II Encontro de Ufologia Avançada de São Paulo, realizado na Casa do Consolador, em 31 de agosto e 01 de setembro de 2013, e desde então vem cumprindo a promessa de ser um livro que ajuda a repensar a Ufologia de forma heterodoxa, buscando o que realmente está atrás da presença de seres extraterrestres em nosso meio. É uma obra para ser lida por quem não tem preconceitos no enfrentamento da temática ufológica.

Discos Voadores
Edward J. Ruppelt
Difusão Europeia, 1959

crédito: Difusão Europeia
Um relato dos primórdios da Ufologia Mundial
Um relato dos primórdios da Ufologia Mundial

Edward J. Ruppelt cunhou o termo UFO para se referir ao fenômeno, ainda no início dos anos 50. Em Discos Voadores: Relatório sobre Objetos Aéreos Não Identificados, considerado um clássico da Ufologia, ele descreve como ocorreu a relação entre a Força Aérea Norte-Americana (USAF) e a incipiente manifestação ufológica de 60 anos atrás, uma vez que trabalhou no projeto Blue Book. Sua explicação para a sistemática negação, ridicularização e paranoia da USAF quanto aos UFOs não se deveu a fatores conspiratórios, mas sim a um comportamento burocrático do órgão, uma vez que a maior parte dos militares envolvidos à época não tinham qualificação para lidar com o assunto.

O autor descreve casos cujos protagonistas eram altamente treinados, como operadores de radar, pilotos comerciais, astrônomos e cientistas.Ruppelt também consultou uma vasta gamade especialistas, muitos dos quais a favor da hipótese extraterrestre, embora outros manifestassem ceticismo. Outro fato interessante do livro é que o autor não afirma, em algum momento, que UFOs são naves espaciais alienígenas, mas que essa é uma das explicações possíveis.