Edição 173

Quem mais freqüenta o universo espiritual?

01 de Janeiro de 2011

IMPRENSA UFOLÓGICA

O Que a Mídia Fala dos Discos Voadores

por Renato A. Azevedo

Michio Kaku já fala abertamente sobre UFOs

O celebrado físico e divulgador científico Michio Kaku teve acesso antecipado ao conteúdo do livro de Leslie Kean UFOs: Generals, Pilots and Government Officials go on Record [Veja mais sobre o livro nesta seção], tanto que concordou com o uso de uma frase sua na capa: “Enfim, um livro sério e pensativo sobre este controverso assunto. Os céticos e crentes encontrarão um tesouro de informações criteriosas e abrirão os olhos. Este livro é destinado a constituir o padrão para a investigação ufológica”.

Além disso, Kaku foi recentemente entrevistado para o programa Dylan Ratigan Show, da rede MSNBC, e disse coisas que até pouco tempo seriam impensáveis de se ouvir de um homem de ciência. Começou afirmando que 95% dos casos de observações de UFOs podem ser facilmente elucidados, mas que os demais 5% são totalmente inexplicáveis. E mais, afirmou que entre as testemunhas destes acontecimentos se encontram pilotos, generais e figuras políticas que afirmam que o assunto está além do que conhecemos.

Casos difíceis de serem ignorados

Michio Kaku comentou que muitos avistamentos são substanciados por testemunhas altamente qualificadas e significativas evidências físicas, como os registros de radar, tornando os casos difíceis de serem ignorados. O cientista disse que não chega ao ponto de afirmar que a procedência dos UFOs seja extraterrestre, mas que o livro de Kean (que é consultora da Revista UFO) é o mais próximo que já chegamos de oferecer a prova definitiva neste sentido.

Kaku ainda declarou aceitar a possibilidade de que, se existirem civilizações milhares de anos à nossa frente, então seria possível terem desenvolvido novos ramos da física e criado meios de transpor as imensas distâncias interestelares. “Temos que manter a mente aberta a essas possibilidades”. Ele é apresentador de uma série intitulada Sci-Fi Science [Ciência da Ficção Científica, ainda inédita no Brasil], e sua postura, sem dúvida, é um avanço impressionante diante do excessivo conservadorismo de outras figuras da ciência.

crédito: Wired
Kaku assumiu uma postura que poderia ser imitada por mais alguns cientistas...
Kaku assumiu uma postura que poderia ser imitada por mais alguns cientistas...

Cientista defende vida em Marte

Gilbert Levin foi o responsável por projetar um dos experimentos levados à superfície de Marte pelos módulos de pouso das naves Viking 1 e 2, em 1976. Conforme enfatizado por Carl Sagan em sua obra-prima Cosmos [1980], em dois locais do planeta os resultados foram positivos, ou seja, algo presente no solo marciano teria absorvido a “sopa” de nutrientes levada pelas sondas e liberado gás carbônico. Depois de acirrada polêmica, os resultados foram atribuídos a uma exótica química do Planeta Vermelho, negando assim a possível existência de microorganismos lá. Contudo, hoje existem cientistas que defendem que a Viking encontrou vida em Marte, e um deles é o próprio Levin.

Ele afirma que a NASA reluta em admitir a descoberta, e é apoiado até por achados mais recentes, feitos por outra sonda da agência espacial, a Mars Phoenix. Em 2008, a missão detectou, além de água, perclorato no solo do pólo norte marciano. E recentemente descobriu-se que, quando a substância é combinada com compostos orgânicos, estes são destruídos e são produzidos clorometano e diclorometano, precisamente os compostos detectados pelas Vikings nos anos 70.

Denver rejeita comissão de Ufologia

Nas recentes eleições norte-americanas, ocorridas no último 02 de novembro, eleitores de vários estados e cidades daquele país, além de sufragarem candidatos à Câmara de Representantes e o Senado, votaram também em uma série de referendos locais. Um que teve grande destaque foi apresentado em Denver, no Colorado, onde os eleitores decidiriam se deveria ser criada uma comissão para investigar a existência de extraterrestres. O texto da petição com a proposta de criação do comitê dizia que, entre seus objetivos, estava o de “garantir a convivência pacífica com os visitantes”. Segundo o autor da idéia, os moradores poderiam relatar observações de UFOs no site oficial da cidade. Entretanto, a proposta não foi aprovada...

O mais jovem buraco negro já avistado

A NASA anunciou em meados de novembro a descoberta daquele que pode ser o buraco negro mais jovem já localizado — e o mais próximo da Terra. O objeto estaria entre os remanescentes da supernova 1979c, detectada há 30 anos na galáxia M100, a 50 milhões de anos-luz da Terra. Supernovas são formadas a partir da morte de estrelas muito massivas, que esgotam seu combustível nuclear rapidamente e explodem suas camadas externas com tal violência que costumam se tornar momentaneamente mais brilhantes que toda sua galáxia natal. Contudo, os restos do astro possuem tamanha força gravitacional que desmoronam quando cessam as reações de fusão nuclear em seu centro — tal colapso cria energias gravitacionais tão intensas que o objeto resultante impede que até mesmo a luz escape. É assim que um buraco negro é criado.

Os cientistas descobriram que em 1979c existe uma fonte muito intensa de raios-X, o que permite supor que o resultado da supernova é um buraco negro sendo alimentado pela vasta quantidade de material que sobrou da explosão. As informações foram obtidas pelos telescópios Chandra e Swift da NASA, e também pelo Newton, da Agência Espacial Européia. O achado representa uma oportunidade única para os astrônomos acompanharem a evolução desses ainda misteriosos corpos celestes.

Falece Zecharia Sitchin

A Ufologia Mundial perdeu um figura de máxima importância em outubro. Zecharia Sitchin, recentemente mencionado na edição UFO 169, faleceu em 09 de outubro e seu funeral, por decisão da família, aconteceu discretamente no dia seguinte. Sitchin realizou um extraordinário trabalho de décadas no estudo da civilização suméria, escrevendo inúmeros livros a respeito, entre os quais os mais conhecidos são O 12º Planeta e Gênesis Revisitado [Ambos da Editora Best Seller, 1976 e 1999]. Neles o autor analisa detalhadamente a mitologia suméria e expõe sua teoria de que a mesma se constitui na narração de visitas alienígenas no passado remoto da Terra. Chamados de Anunnakis, eles viriam de um planeta de nosso próprio Sistema Solar chamado Nibiru, e teriam criado o ser humano a partir de sofisticadas técnicas de engenharia genética.

Thiago Ticchetti na UFO Matrix

Thiago Luiz Ticchetti, um dos mais ativos membros da Equipe UFO e responsável pela seção Mundo Ufológico, acaba de se tornar o primeiro brasileiro a ter artigo publicado na mais nova revista especializada do mundo, a UFO Matrix, dirigida por Phillip Mantle, também correspondente internacional da Revista UFO em seu país. No número 03 da publicação, Thiago apresenta um artigo sobre a intensa casuística ufológica de Brasília, que se iniciou praticamente ao mesmo tempo em que se deu sua inauguração, em 1960. Um dos destaques vai para o Caso Papuda, ocorrido em 11 de dezembro de 1991.

A maioria dos casos da matéria foi pesquisada pelo grupo Entidade Brasileira de Estudos Extraterrestres (EBE-ET), liderado pelo veterano ufólogo Roberto Beck. Sem dúvida, esta é mais uma grande vitória para a Ufologia Brasileira, pela qual parabenizamos Ticchetti. Mantle já manifestou o desejo de contar com outros artigos de pesquisadores brasileiros em sua revista.

12 novas esfinges no Egito

Arqueólogos do Conselho Supremo de Antigüidades do Egito descobriram 12 novas esfinges em uma antiga “avenida” que ligava os templos de Luxor e Karnak, 600 km ao sul do Cairo. As estátuas, com corpo de leão e cabeça humana — ou de carneiro —, datam do final da 30º Dinastia, ao redor de 343 a 380 a.C. A avenida foi construída por Amenhotep III, tem 2.700 m de comprimento e é ladeada por outras duas esfinges, representando o deus Amon. Outra descoberta é um caminho que ligava a avenida ao Rio Nilo. Segundo o egiptólogo Zahi Hawass, era utilizado em procissões para transferir a imagem de Amon ao templo de Luxor, para se encontrar com sua esposa, a deusa Mut.

ENFOQUE

Uma obra memorável sobre UFOs

UFOs: Generals, Pilots and Government Officials go on the Record [UFOs: Generais, Pilotos e Funcionários do Governo vão a Público, Harmony Books, 2010] é o novo livro da norte-americana Leslie Kean [Foto], jornalista investigativa e diretora da The Coalition for Freedom of Information [Coalizão para Liberdade de Informação, CFI]. A Ufologia Brasileira está representada na obra em dois capítulos, que apresentam as entrevistas do brigadeiro José Carlos Pereira e do ex-ministro Sócrates Monteiro ao editor da Revista UFO A. J. Gevaerd.

O prólogo da obra é assinado por John Podesta, chefe de gabinete do ex-presidente Bill Clinton e uma das figuras mais notáveis a defender a abertura ufológica nos EUA. Além de elogiado pelo físico Michio Kaku, como exposto nesta seção, o livro traz depoimentos, entre outros, do saudoso pioneiro J. Allen Hynek, do general Parviz Jafari e de Jean-Jacques Velasco, diretor do Groupement d’Etude et de Information des Phénomènes Aérospatiaux Non Identifiés [Grupo de Estudos e Informações sobre Fenômenos Aeroespaciais Não Identificados, GEIPAN]. Jafari foi protagonista de um famoso caso envolvendo um caça Phantom F-4 iraniano sobre Teerã, em 1976. A obra ainda tem a participação do ex-governador do Arizona, Fife Symington III.

O livro de Leslie descreve de maneira inédita a alarmante realidade ufológica mundial graças a depoimentos de qualificadas testemunhas da fenomenologia ufológica, como pilotos civis e militares, cientistas, oficiais e políticos, deixando claro que o assunto não pode mais ser ignorado. As negociações estão adiantadas para seu breve lançamento no Brasil, através da Biblioteca UFO.