CAPA

Os círculos continuam desafiando a Ciência

Revista UFO | Edição 74 | 01 de Outubro de 2000

SHARE

IMPRENSA UFOLÓGICA

O que a Mídia fala dos Discos Voadores

Eles sempre estiveram entre nós

De tempos em tempos a Ufologia Brasileira é surpreendida por algum novo talento, um pesquisador que anonimamente desempenha um trabalho de imensa importância para o meio. O mesmo se repete com novos autores, que volta e meia surgem com excelentes obras sobre aspectos diversos do Fenômeno UFO. A Comunidade Ufológica Brasileira está atenta a isto e, rapidamente, incorpora tais talentos às suas fileiras. Isso quase sempre se reflete com a inclusão do pesquisador ou autor no rol de colaboradores e consultores da Revista UFO. Nossa publicação tem sido instrumento essencial na descoberta destes ufólogos e reconhecimento de seus talentos, apresentando seus artigos ou obras. Esse é justamente o caso de Francisco Dutra Araújo, que modestamente acaba de lançar a segunda edição de seu livro Eles Estão Entre Nós [Editora União 1999, 210 páginas].

Dutra é terceiro sargento da Polícia Militar da Paraíba, o que por si só já constitui uma façanha, pois muito poucos militares em todo o Brasil mantêm ou admitem manter atividades ufológicas abertamente. Mas o autor vai além, sendo inclusive reconhecido por seus superiores e o resto de sua corporação como um entusiasta defensor de interessantes teorias sobre as visitas de seres extraterrestres à Terra. Num meio em que o assunto é tabu absoluto, Dutra logrou êxito em transformá-lo em sadia polêmica. Acreditando que a divulgação do assunto é essencial, há alguns anos lançou a primeira edição de seu livro, com apenas 200 exemplares, que vendeu de mão em mão entre amigos e em palestras que realizou em João Pessoa. Agora, revisou e atualizou a obra e acaba de relançá-la.

Eles Estão Entre Nós é um livro que apresenta a questão bíblica da presença de ETs em nosso planeta, convivendo ativamente com nossos antepassados e inspirando suas religiões – algumas das quais existem até hoje. O tema é batido, mas não da forma como Dutra o expõe, que cativa e abre os olhos do leitor para detalhes pouco conhecidos – e fundamentais – desta problemática. Profundo conhecedor da Bíblia e de outros livros históricos, como o Mahabarata, o autor mostra como os chamados anjos eram na verdade seres de carne e osso que precisavam se alimentar e até copular – e tinham a missão de manter os humanos sob estrito controle, inclusive com o uso da força. Dutra também analisa as relações que existem entre as religiões surgidas com a ação de ETs e discorre sobre o assunto com uma contundência e exatidão poucas vezes vistas em outras obras. O livro pode ser obtido enviando-se cheque nominal ou vale postal no valor de R$ 22,00 para Francisco Dutra Araújo, no endereço: Rua João de Oliveira Lins 115, Bairro Valentina II, 58063-100 João Pessoa (PB). O leitor, ufólogo neófito ou veterano, que busca respostas para essas questões, certamente as encontrará em Eles Estão Entre Nós.

Fogo pesado contra extraterrestres

O ufólogo gaúcho Ernesto Bono, que nesta edição publica o texto Acordos secretos entre militares e seres alienígenas, é reconhecido nacionalmente como um dos mais ferrenhos críticos do acobertamento ufológico mundial. Mas não é só isso. Bono também dispara sua metralhadora verbal contra os próprios seres extraterrestres, que estariam, segundo ele, mantendo acordos espúrios com nossos governos. Ele fundamenta suas afirmações em estudos aprofundados dos mecanismos que autoridades militares empregam para lidar com o assunto. Aliando sua vasta cultura às suas conclusões, Bono tem publicado vários livros instigantes e essencialmente polêmicos. Alguns deles acabam de ser relançados, como A Grande Conspiração Universal [Zenda Editorial 1999, 355 páginas] , onde expõe os motivos que o levam a crer que a Humanidade terrestre esteja ameaçada por seres alienígenas. A terceira edição da obra, completamente revisada, traz informações importantíssimas sobre a questão, que o leitor não pode desconhecer. Na mesma linha e igualmente contundente está o livro O Apocalipse Desmascarado [Editora Renascença 1997, 392 páginas], em que o autor analisa a atuação de nossos visitantes em nosso meio com ótica ímpar. Para ele, seres tratados como anjos e demônios por nossa ignorante civilização, desde seus primórdios, estariam tirando proveito dela e dos recursos minerais e biológicos da Terra. Ambas as obras são instrumentos essenciais para o completo entendimento de nossas ligações com extraplanetários, e podem ser obtidas através do catálogo das páginas finais desta edição.

Contatismo com ETs Descrito pela Ótica de Quem o Vivencia

A obra da autora catarinense radicada em Curitiba Liana Baroncello observa a questão do contatismo com ETs sob o prisma de quem o vivencia como uma experiência benéfica. Liana alega estar em permanente comunicação com variados seres extraplanetários, com uma incomum intimidade. Sabe o nome de seus interlocutores e a identificação dos planetas de onde viriam. Mais que isso, é deles a informação de que a Terra se chamaria Vaina em seu idioma. É sobre isso que fala o livro O Nome da Terra é Vaina [Editora Alexandria 2000, 220 páginas], considerado pela autora como uma revelação extraterrestre. Ela conta que os contatos iniciaram-se em sua vida de forma espontânea, quando crescia, incorporando-se à sua rotina diária.

Embora ofereça poucos subsídios que confirmem suas alegações, extensas passagens de seu livro mesclam informação ufológica com fatos que, se não podem ser comprovados neste momento, pelo menos mostram uma nova forma de se encarar o Fenômeno UFO. Para Liana, os ETs informaram que a Via Láctea chama-se Firta. Mercúrio seria Togarina, Vênus chamar-se-ia Hiotep e Marte teria o nome extraterrestre de Triaton. Alegadamente habitantes de Órion, Gaica, Jahien e Nahajali seriam os principais interlocutores alienígenas de Liana, e teriam transmitido à ela valiosas informações sobre o futuro e passado da Terra. Curioso e interessante, o livro pode ser obtido escrevendo-se diretamente para a autora e enviando cheque nominal ou vale postal no valor de R$ 24,00. Liana Baroncello receberá pedidos pelo endereço: Caixa Postal 17.338, 80242-992 Curitiba (PR).

crédito: cortesia do autor
Eles sempre estiveram entre nós De tempos em tempos a Ufologia Brasileira é surpreendida por algum novo talento, um pesquisador que anonimamente desempenha um trabalho de imensa importância para o meio. O mesmo se repete com novos autores, que volta e meia surgem com excelentes obras sobre aspectos diversos do Fenômeno UFO. A Comunidade Ufológica Brasileira está atenta a isto e, rapidamente, incorpora tais talentos às suas fileiras. Isso quase sempre se reflete com a inclusão do pesquisador ou autor no rol de colaboradores e consultores da Revista UFO. Nossa publicação tem sido instrumento essencial na descoberta destes ufólogos e reconhecimento de seus talentos, apresentando seus artigos ou obras. Esse é justamente o caso de Francisco Dutra Araújo, que modestamente acaba de lançar a segunda edição de seu livro Eles Estão Entre Nós [Editora União 1999, 210 páginas]. Dutra é terceiro sargento da Polícia Militar da Paraíba, o que por si só já constitui uma façanha, pois muito poucos militares em todo o Brasil mantêm ou admitem manter atividades ufológicas abertamente. Mas o autor vai além, sendo inclusive reconhecido por seus superiores e o resto de sua corporação como um entusiasta defensor de interessantes teorias sobre as visitas de seres extraterrestres à Terra. Num meio em que o assunto é tabu absoluto, Dutra logrou êxito em transformá-lo em sadia polêmica. Acreditando que a divulgação do assunto é essencial, há alguns anos lançou a primeira edição de seu livro, com apenas 200 exemplares, que vendeu de mão em mão entre amigos e em palestras que realizou em João Pessoa. Agora, revisou e atualizou a obra e acaba de relançá-la. Eles Estão Entre Nós é um livro que apresenta a questão bíblica da presença de ETs em nosso planeta, convivendo ativamente com nossos antepassados e inspirando suas religiões – algumas das quais existem até hoje. O tema é batido, mas não da forma como Dutra o expõe, que cativa e abre os olhos do leitor para detalhes pouco conhecidos – e fundamentais – desta problemática. Profundo conhecedor da Bíblia e de outros livros históricos, como o Mahabarata, o autor mostra como os chamados anjos eram na verdade seres de carne e osso que precisavam se alimentar e até copular – e tinham a missão de manter os humanos sob estrito controle, inclusive com o uso da força. Dutra também analisa as relações que existem entre as religiões surgidas com a ação de ETs e discorre sobre o assunto com uma contundência e exatidão poucas vezes vistas em outras obras. O livro pode ser obtido enviando-se cheque nominal ou vale postal no valor de R$ 22,00 para Francisco Dutra Araújo, no endereço: Rua João de Oliveira Lins 115, Bairro Valentina II, 58063-100 João Pessoa (PB). O leitor, ufólogo neófito ou veterano, que busca respostas para essas questões, certamente as encontrará em Eles Estão Entre Nós. Fogo pesado contra extraterrestres O ufólogo gaúcho Ernesto Bono, que nesta edição publica o texto Acordos secretos entre militares e seres alienígenas, é reconhecido nacionalmente como um dos mais ferrenhos críticos do acobertamento ufológico mundial. Mas não é só isso. Bono também dispara sua metralhadora verbal contra os próprios seres extraterrestres, que estariam, segundo ele, mantendo acordos espúrios com nossos governos. Ele fundamenta suas afirmações em estudos aprofundados dos mecanismos que autoridades militares empregam para lidar com o assunto. Aliando sua vasta cultura às suas conclusões, Bono tem publicado vários livros instigantes e essencialmente polêmicos. Alguns deles acabam de ser relançados, como A Grande Conspiração Universal [Zenda Editorial 1999, 355 páginas] , onde expõe os motivos que o levam a crer que a Humanidade terrestre esteja ameaçada por seres alienígenas. A terceira edição da obra, completamente revisada, traz informações importantíssimas sobre a questão, que o leitor não pode desconhecer. Na mesma linha e igualmente contundente está o livro O Apocalipse Desmascarado [Editora Renascença 1997, 392 páginas], em que o autor analisa a atuação de nossos visitantes em nosso meio com ótica ímpar. Para ele, seres tratados como anjos e demônios por nossa ignorante civilização, desde seus primórdios, estariam tirando proveito dela e dos recursos minerais e biológicos da Terra. Ambas as obras são instrumentos essenciais para o completo entendimento de nossas ligações com extraplanetários, e podem ser obtidas através do catálogo das páginas finais desta edição. Contatismo com ETs Descrito pela Ótica de Quem o Vivencia A obra da autora catarinense radicada em Curitiba Liana Baroncello obser- va a questão do contatismo com ETs sob o prisma de quem o vivencia como uma experiência benéfica. Liana alega estar em permanente comunicação com variados seres extraplanetários, com uma incomum intimidade. Sabe o nome de seus interlocutores e a identificação dos planetas de onde viriam. Mais que isso, é deles a informação de que a Terra se chamaria Vaina em seu idioma. É sobre isso que fala o livro O Nome da Terra é Vaina [Editora Alexandria 2000, 220 páginas], considerado pela autora como uma revelação extraterrestre. Ela conta que os contatos iniciaram-se em sua vida de forma espontânea, quando crescia, incorporando-se à sua rotina diária. Embora ofereça poucos subsídios que confirmem suas alegações, extensas passagens de seu livro mesclam informação ufológica com fatos que, se não podem ser comprovados neste momento, pelo menos mostram uma nova forma de se encarar o Fenômeno UFO. Para Liana, os ETs informaram que a Via Láctea chama-se Firta. Mercúrio seria Togarina, Vênus chamar-se-ia Hiotep e Marte teria o nome extraterrestre de Triaton. Alegadamente habitantes de Órion, Gaica, Jahien e Nahajali seriam os principais interlocutores alienígenas de Liana, e teriam transmitido à ela valiosas informações sobre o futuro e passado da Terra. Curioso e interessante, o livro pode ser obtido escrevendo-se diretamente para a autora e enviando cheque nominal ou vale postal no valor de R$ 24,00. Liana Baroncello receberá pedidos pelo endereço: Caixa Postal 17.338, 80242-992 Curitiba (PR)
A obra da autora catarinense radicada em Curitiba Liana Baroncello observa a questão do contatismo com ETs sob o prisma de quem o vivencia como uma experiência benéfica

Grande Ofertas Exclusivas da Revista UFO