CAPA

Eles estão de volta nos surpreendendo!

Revista UFO | Edição 240 | 01 de Novembro de 2016

SHARE

PONTO DE ENCONTRO

Onde os Leitores da UFO se Manifestam

Sou muito interessado por tudo que diga respeito à extinta União Soviética e seus segredos — muitos deles até hoje desconhecidos. Por isso, apreciei bastante o artigo OSNIs: Os Segredos dos Russos, de Paul Stonehill, que trata de UFOs e objetos submarinos não identificados naquele país. Fico feliz que esta informação esteja vindo a público também em seu livro.
Renato Antonio Zimmer,

Curitiba (PR)

Brien Foerster

Gostei muito da entrevista com o pesquisador canadense radicado nos Andes Brien Foerster, O Mistério dos Esqueletos com Crânios Alongados do Peru e da Bolívia, em UFO 239. A existência destes crânios é realmente intrigante e ainda carece de uma explicação definitiva, mas Foerster, demonstrando conhecimento da matéria por suas pesquisas in loco, diminuiu em muito as minhas dúvidas.
Jeremias Agostinho,
por e-mail

crédito: BRIEN FOERSTER
O pesquisador canadense radicado nos Andes demonstrou profundo conhecimento da matéria em sua entrevista
O pesquisador canadense radicado nos Andes demonstrou profundo conhecimento da matéria em sua entrevista

Bastante interessante a entrevista com Brien Foerster em UFO 239, O Mistério dos Esqueletos com Crânios Alongados do Peru e da Bolívia. Estive visitando localidades citadas pelo entrevistado, como Tiahuanaco e Puma Punku, na Bolívia, e tal como Foerster também acredito que tenham mais de 10.000 anos e foram construídas antes do final da última glaciação. Se para ele estas localidades escondem mistérios insondáveis e extraordinários, para mim são fontes inesgotáveis de conhecimento para a humanidade.
Pedro Paulo Giacomelli,
São Paulo (SP)

A Revista UFO não poderia ter sido mais feliz ao publicar uma entrevista do que esta que fez o coeditor Thiago L. Ticchetti com Brien Foerster. Pesquisador que vai a campo, que se embrenha nos locais mais remotos da Terra em busca de mistérios e uma explicação para eles, Foerster, um defensor da Teoria dos Antigos Astronautas em ascensão hoje no mundo, sabe como ninguém onde estão as pegadas de nossos visitantes extraterrestres. Parabéns pelo excepcional trabalho.
Ari Coutinho,
Macaé (RJ)


OSNIs em ação

Sem dúvida os russos ainda escondem muitos segredos sobre discos voadores e seus tripulantes. O texto OSNIs: Os Segredos dos Russos, do ufólogo norte-americano Paul Stonehill, mostra exatamente isso. É incrível o que se passa nos céus da Rússia — e também em seus inúmeros mares e lagos. Fico me perguntando por que estes ETs se interessam tanto por aquela região do planeta Terra.
Maurício José Castello,
por e-mail

Sensacional o artigo OSNIs: Os Segredos dos Russos, de Paul Stonehill, em UFO 239. O autor mostra com abundância de detalhes casos ufológicos espantosos que os russos escondem até hoje do Ocidente. Em minha opinião, o governo da extinta União Soviética fazia e o da atual Rússia ainda faz o resto do mundo de bobo, não revelando fatos importantes sobre a presença alienígena na Terra.
Mariana M. F. Khalil,
por e-mail

crédito: NASA

Seria por questões de segurança nacional que o governo da Rússia ainda impede que seus segredos sobre os discos voadores cheguem ao grande público? O que Vladmir Putin teme que ocorra se o mundo souber que discos voadores e seus tripulantes há décadas rondam a Rússia?
Donato Arjuna Campos,
Rio de Janeiro (RJ)

Muito bom o artigo OSNIs: Os Segredos dos Russos, de Paul Stonehill, em UFO 239. Gostei tanto que imediatamente encomendei o livro homônimo da Biblioteca UFO, que também já li e adorei. Torço para que vocês continuem contribuindo com a Ufologia Brasileira com obras deste calibre.
Reginaldo Gonçalves,
Goiânia (GO)

Caso da Escola Ariel

Fiquei muito impressionada com o artigo do senhor Pedro de Campos em UFO 239, O Caso da Escola Ariel: Testemunhas Voltam a Falar 20 Anos Depois, que descreve um episódio ufológico de grande importância para a Ufologia. Gostei mais ainda que o autor não se limitou a descrever o caso, mas também o interpretou e o avaliou. É disso que precisamos na revista — mais casuística.
Elisabete B. Mattos,
Maringá (PR)

O texto O Caso da Escola Ariel: Testemunhas Voltam a Falar 20 Anos Depois, de Pedro de Campos, publicado na edição UFO 239, nos mostra que crianças em idade escolar são mais suscetíveis de contatos com seres extraterrestres. Particularmente, apreciei a descrição de como os meninos e meninas da Escola Ariel encararam o acontecimento. Suas fotos mostram sua candura e sinceridade.
Rogério Albuquerque Negrão,
por e-mail

Próxima b

A descoberta de um planeta tão semelhante à Terra, como Próxima b, e igualmente tão perto, é um alento para todos os que acreditam em vida inteligente fora da Terra — um conceito evidentemente óbvio. Tenho esperanças de que achados como este, descrito na seção Mundo Ufológico de UFO 239, se multipliquem nos próximos anos.
Caio Machado,
por e-mail


Grande Ofertas Exclusivas da Revista UFO