Edição 287

A noite oficial dos UFOs no Brasil

01 de Março de 2022

Imprensa Ufológica

LITERATURA SOBRE OS DISCOS VOADORES

Agroglifos no Brasil
A. J. Gevaerd
Biblioteca UFO, 2021

O fenômeno chamado de crop circles ou agroglifos surgiu na Inglaterra na década de 70 e, no Brasil, a partir de 2008, em Ipuaçu, no oeste de Santa Catarina. Desenhadas sobre plantações, as figuras surgem do nada e impressionam pelo tamanho, graciosidade e complexidade das formas absolutamente desafiadoras para a mente humana, compreendendo padrões matemáticos e astronômicos ou representações de conceitos científicos, como o DNA. Para os pesquisadores, essa complexidade denota, de forma inequívoca, a ação de alguma inteligência superior por trás do fenômeno, quiçá extraterrestre, pois muitas vezes as ocorrências são precedidas por avistamentos de luzes e objetos não identificados.

O autor da obra, A. J. Gevaerd, é editor da Revista UFO, o mais antigo periódico da área do mundo, além de presidente do Centro Brasileiro de Pesquisas de Discos Voadores (CBPDV), diretor para a América do Sul e Central do Intercontinental Coalition por UFO Research (ICER) e diretor nacional emérito da Mutual UFO Network (MUFON). Desde criança se interessa pelo assunto e tem dedicado toda sua vida à pesquisa dos fenômenos extraterrestres, tendo proferido cerca de mil palestras em 60 países.

Apesar de ser editor de 58 títulos de autores nacionais e internacionais pela Biblioteca UFO, esta é a sua primeira obra, na qual apresenta os casos pesquisados in loco por ele e sua equipe durante 12 anos, milhares de quilômetros percorridos e dezenas de testemunhas entrevistadas.

Infelizmente, o fenômeno também atraiu a atenção de pessoas dispostas a desmoralizá-lo — os circlemakers — que passaram a projetar e a fabricar inúmeros daqueles desenhos. Contudo, as características destes falsos agroglifos são visivelmente diferentes daqueles considerados genuínos, como a não existência de pegadas ou marcas de veículos, a maneira como as plantas permanecem dispostas, com camadas sobrepostas em direções diferentes, além de caules apenas entortados e não quebrados, como nos falsos agroglifos. Essas e muitas outras particularidades são apresentadas por Gevaerd ao longo do livro.

TODO O CONTEÚDO DESTA EDIÇÃO ESTARÁ DISPONÍVEL NO SITE 60 DIAS APÓS A MESMA SER RECOLHIDA DAS BANCAS