Edição 275

Neguentropia ufológica

14 de Dezembro de 2019

Imprensa Ufológica

LITERATURA SOBRE OS DISCOS VOADORES

Paleocontato
Taís Seibt
Desconhecido, 2017

Os últimos dois anos têm sido especiais para a Ufologia Mundial em face do que parece ser um novo posicionamento das Forças Armadas dos Estados Unidos em relação aos UFOs. Muitos dizem que talvez estejamos mais perto de finalmente conhecermos a verdade sobre o assunto ou que, pelo menos, há uma preparação para a divulgação da notícia de que não estamos sós no universo.

Se a primeira hipótese for correta e a verdade sobre a presença de povos de outros mundos em nosso planeta for revelada, a primeira pergunta a ser feita será sobre há quanto tempo isso acontece. Levando-se em conta que todos os povos antigos tinham a história de sua cultura plantada em deuses que desceram dos céus em máquinas voadoras, a resposta será que eles estão aqui há muito, muito tempo. Isso é o que a obra Paleocontato: Teorias e Evidências busca demonstrar.

Escrito de forma clara, porém não simplista, o livro nos leva por um passeio que começa em uma explicação sobre a formação do universo e vai, capítulo a capítulo, discutindo o que sabemos sobre o cosmos, as possibilidades que esse conhecimento nos aponta e as evidências que temos de que outros seres nos visitaram — e quem sabe até nos formaram. Neste livro vamos conhecer detalhes sobre as antigas civilizações e a forma como eles entendiam o cosmos e seus deuses.

O paleocontato, mais conhecido como Teoria dos Antigos Astronautas, não é novidade e está a cada dia mais disseminado em nossa cultura, muito em função da série televisiva Alienígenas do Passado, do canal History. Mas a presença extraterrestre em nosso planeta talvez vá além de simplesmente descerem dos céus e ensinarem aos nativos como plantar e colher — talvez essa presença tenha formatado o nosso planeta.

Paleocontato é um livro que merece ser lido por todos aqueles que querem saber mais sobre nossas origens e sobre aquilo que nossos antepassados sabiam e que nós, em nossa pretensa superioridade tecnológica, desconhecemos totalmente: não somos quem imaginamos e nossa origem talvez não tenha nada a ver com a Teoria da Evolução. Talvez sequer sejamos a primeira civilização do planeta Terra. Obra imperdível, que nos deixa com a sensação de que precisamos com urgência revisitar nossa história.

TODO O CONTEÚDO DESTA EDIÇÃO ESTARÁ DISPONÍVEL NO SITE 60 DIAS APÓS A MESMA SER RECOLHIDA DAS BANCAS