CAPA

Abdução em Pascagoula

Revista UFO | Edição 271 | 18 de Agosto de 2019

SHARE

Mundo Ufológico

FATOS DA UFOLOGIA BRASILEIRA E MUNDIAL

 

Apesar do aumento nos relatos de avistamentos de UFOs por pilotos da Marinha dos Estados Unidos nos últimos meses, em uma entrevista à rede ABC News o presidente Donald Trump disse que não acredita que UFOs existam. Perguntado sobre o que achava dos relatórios, Trump explicou que tinha visto, lido e ouvido tudo em uma breve reunião, mas que as pessoas apenas disseram o que viram. “Particularmente, não acredito”, disse o polêmico presidente. Indagado se ele saberia caso houvesse comprovação de existência de vida extraterrestre inteligente, respondeu: “Bem, eu acho que nossos grandes pilotos saberiam. Eles veem as coisas um pouco diferentes de como era no passado. Então, vamos ver. Vocês serão os primeiros a saberem”, continuou. A Marinha norte-americana desempenhou um papel proeminente quando veio à luz o testemunho de pilotos e outras pessoas que operam com o porta-aviões USS Nimitz, na Califórnia, em 2004, e o cruzador USS Theodore Roosevelt, no Atlântico, em 2015 e 2016. Vários pilotos revelaram ao jornal New York Times encontros com UFOs em pleno voo. Ademais, o Pentágono admitiu três desses vídeos de encontros de UFOs com caças da Marinha e isso está gerando uma verdadeira revolução sobre a abertura ufológica. Trump parece fingir que não conhece os vídeos do Pentágono.

Tom DeLonge: Todo mundo vai saber a realidade sobre UFOs

O ex-integrante da banda Blink-182 e CEO da To The Star Academy (TTSA), Tom DeLonge, prometeu que a verdade sobre UFOs em breve será divulgada ao mundo. DeLonge disse que “todo mundo vai conhecer a realidade sobre a presença alienígena na Terra muito em breve e é algo muito preocupante, com algumas más ou boas notícias, e com isso em mente tudo o que podemos fazer é lidar com a situação de forma honesta e aberta”. O anúncio de DeLonge aconteceu durante a exibição de sua série Unidentified: Inside UFO Investigation, transmitida pelo canal History. DeLonge, junto a Luis Elizondo e sua equipe de ex-funcionários do Governo Norte-Americano, agora membros da TTSA, são os responsáveis pelo mais novo documentário sobre a abertura ufológica. Após a divulgação dos vídeos de UFOs do Pentágono, diversos militares reportaram seus relatos de interação com UFOs.

“Evidências chocantes”

O episódio final da série, The Revelation, promete revelar “evidências de vídeo chocantes” e “depoimentos de testemunhas oculares”, nas palavras de Elizondo, juntamente com novas provas sobre o que o governo sabe e estuda sobre UFOs. DeLonge compartilhou um encontro que teve com um funcionário do governo sobre UFOs. “O general me olhou nos olhos e disse: foi a Guerra Fria e tudo o que fizemos na época, porque poderia acontecer a qualquer momento. E em algum lugar lá nos deparamos com UFOs”. E mais: “Lembro-me que, quando ele disse isso, meu coração começou a bater como um louco no meu peito, eu tinha todos os tipos de calafrios. A próxima conversa que aconteceu por uma hora naquele estúdio foi extraordinária, transformadora e assustadora”, disse DeLonge sobre a revelação que recebeu do militar.

Investidores pensam em explorar a tecnologia dos UFOs

Tecnólogos entusiastas da Ufologia do Vale do Silício acreditam que UFOs não apenas existam, mas que podemos fazer avanços científicos significativos estudando-os. Rizwan Virk, megainvestidor, disse: “Estou interessado no Fenômeno UFO porque acredito que a ciência tradicional descobriu apenas 5% da verdade sobre ele e os outros 95% ainda estão lá fora”. Virk admitiu que o assunto UFO é relativamente restrito no Vale do Silício mas que é de conhecimento público que um magnata imobiliário e investidor em tecnologias de Utah comprou o Rancho Skinwalker do também bilionário aeroespacial Robert Bigelow. “Não é surpresa que tecnólogos de ponta compartilhem seu interesse por UFOs. Sua tecnologia é, por sua própria natureza, disruptiva. Ela altera quem somos, redefine o significado e, o mais importante, permite que o impossível se torne possível”, disse Virk.

“Implicações impressionantes”

James Lampkin, vice-presidente de programação da ESL, uma das maiores empresas de esportes do mundo, disse que “implicações desse tipo de tecnologia parecem impressionantes e revolucionárias”. Ele expressou sua frustração de que a mídia está apenas arranhando a superfície desse fenômeno. Deep Prasad, o CEO da Reactive Q, uma startup de tecnologia de computação quântica multimilionária de Toronto, compartilha dos sentimentos de Lampkin. “Como tecnólogos, procuramos dominar a ciência e a engenharia de tal forma que toda a humanidade se beneficie dela. Na frente dos nossos olhos estão os artifícios subjacentes a esses UFOs, que estão muito além de nossa compreensão e capacidade de recriar”, explicou Prasad.

TODO O CONTEÚDO DESTA EDIÇÃO ESTARÁ DISPONÍVEL NO SITE 60 DIAS APÓS A MESMA SER RECOLHIDA DAS BANCAS


Grande Ofertas Exclusivas da Revista UFO