CAPA

Sexo com ETs

Revista UFO | Edição 264 | 08 de Janeiro de 2019

SHARE

MUNDO UFOLÓGICO

Fatos da Ufologia Brasileira e Mundial

Novo documentário disseca o Fenômeno UFO na Paraíba

O filme Sob o Olhar das Estrelas surgiu com a pesquisa de Sílvio Toledo, produtor da Stairs Filmes, que, intrigado com o número de relatos de avistamentos mundo afora e com a abundância de fake news na internet, resolveu fazer sua própria investigação ufológica. Reunindo-se com dois cineastas, Eduardo Moreira e Jonatas Santos, fez uma excursão por todo o estado da Paraíba. Surpreendentemente, os casos ufológicos começaram a aparecer e culminaram com o próprio pesquisador avistando luzes misteriosas, possivelmente uma sonda ufológica, durante as vigílias. “Sabemos que as autoridades manipulam ou nos enganam sobre a natureza do Fenômeno UFO. Precisávamos colher depoimentos de quem não tinha motivos para mentir e que pudesse dar relatos fiéis. Procuramos pessoas simples e permitimos que elas contassem suas experiências conforme seu conhecimento, sem interferir, sem sugerir, sem contaminar”, explicou Toledo. Os depoimentos de diferentes pessoas que moram em cidades distintas da Paraíba foram reunidos e um mapa do Fenômeno UFO foi se formando, levando a resultados bastante reveladores. “As conclusões dependem da interpretação do espectador, mas deixam muito claro que há outra realidade bem diferente da qual conhecemos — ou percebemos — acontecendo diante dos nossos olhos”. Sob o Olhar das Estrelas é o tipo de projeto que dá um alerta para a existência do “muito mais” que há adiante. O documentário está disponível em DVD.

Explore toda a superfície de Marte com o Google Mars

Os projetos para a colonização de Marte ainda não se concretizaram, mas já é possível realizar uma visita interativa ao Planeta Vermelho com o serviço Google Mars, desenvolvido pela gigante da tecnologia. Ele permite explorar diferentes regiões com mapas em duas dimensões sem ter que percorrer 230 milhões de quilômetros até Marte. Com navegação semelhante ao Google Maps, o programa fornece detalhes das particularidades geográficas marcianas. No aplicativo, o planeta não é vermelho e pode ser observado por mapas de elevação e topográfico que, através do espectro de luz visível, mostra um mundo cinza — ainda é possível ver Marte com um mapa em infravermelho que retrata quão fria ou quente é sua superfície, dando a chance de visualizar até mesmo nuvens marcianas e poeira atmosférica.

Onde ir em Marte?

O Google Mars permite ver planícies, cordilheiras, crateras, montanhas, cânions e dunas — também é possível explorar regiões famosas e descobrir como elas ganharam seus nomes. O Google utilizou milhares de dados captados por satélites da Agência Espacial Norte-Americana (NASA) e o trabalho de processamento das informações contou com a parceria da Arizona State University. Além do Google Mars, a empresa desenvolveu um método de exploração interativa dentro do serviço Google Earth Pro, um mapa ainda mais detalhado e fascinante em que é possível percorrer a superfície de Marte a partir de imagens em 3D. O download é gratuito e passar um tempo voando em torno de outro planeta pode ser um bom refresco para os problemas terrestres.

Bob Lazar, Área 51 e UFOs

Um novo documentário sobre Bob Lazar, o polêmico denunciante das manobras do governo norte-americano quanto aos UFOs, estreou recentemente e emocionou ufólogos de todo o mundo. Alguns se lembraram do que aconteceu há três décadas, quando Lazar veio pela primeira vez a público alegando ter trabalhado com tecnologia extraterrestre no Deserto de Nevada, e de repente a base militar conhecida como Área 51 tornou-se popular no mundo inteiro. A exibição do filme Bob Lazar: Area 51 & Flying Saucers em Las Vegas, em 03 de dezembro, não precisou de muito para ser convincente. Lazar simplesmente se abriu no filme. “As pessoas me conhecem por eu ter trabalhado em uma base secreta chamada S-4, perto da Área 51. Lá, fazíamos engenharia reversa de espaçonaves alienígenas. Isso mudou minha vida. Na maior parte, negativamente”, revelou.Ele relatou ainda ter sido perseguido, discriminado e ameaçado após te feito suas revelações, insinuando que todas foram ações do governo.

Gerando gravidade própria

No documentário, Lazar entra em detalhes específicos sobre a tecnologia que ele diz ter visto. “As naves alienígenas podem gerar sua própria gravidade e ‘dobrar’ o espaço-tempo para se locomoverem”, disse há quase três décadas. Agora o assunto está mais uma vez gerando ondas de cobertura da mídia e modificando a história da Ufologia. Bob Lazar descreve a tecnologia que disse ter visto e trabalhado na S-4. As características dos UFOs que ele apresenta no documento são notavelmente consistentes. O filme é uma produção de Jeremy Corbell, considerado o maior documentarista ufológico da atualidade, e já está disponível para venda no Vimeo.

TODO O CONTEÚDO DESTA EDIÇÃO ESTARÁ DISPONÍVEL NO SITE 60 DIAS APÓS A MESMA SER RECOLHIDA DAS BANCAS


Grande Ofertas Exclusivas da Revista UFO