Como Ser um Ufólogo?

Ufologia Documental, Militar e Política

Por Paulo R. Poian | 28 de Agosto de 2011

Créditos: Lorem Ispun

Caia fora das \"luzinhas no céu\", videozinhos famigerados e venha para a pesquisa sólida

Mergulhado dentro do mundo ufológico em tempo integral, às vezes \"passam batidos\" certos conceitos e práticas - cotidianamente tratados no meio - que muita gente ainda desconhece fora dele e esquecemos de informar e explanar.

Atualmente, prezados leitores, ignorar ou não estar bem informado sobre Ufologia Documental, pouco saber sobre Ufologia Militar e duvidar da Ufologia Política, me preocupa sobremaneira.


Não se identificar com estes campos - que são a Ufologia do século XXI - é desconhecer a atual fase dos estudos, os rumos e objetivos sólidos da pesquisa do Fenômeno UFO e da presença alienígena no planeta. Pensando (e lembrando) nisso, repasso-lhes um resuminho destes ramos em patente desenvolvimento.


Ora, então vejamos:

Ufologia Documental:

* São os estudos, análises e evidências retiradas de documentos e relatórios oficiais liberados pelos governos de países, que somam-se às dezenas de dezenas de milhares! Aqui no Brasil, entre mais de 5.000 páginas http://ufo.com.br/documentos/, a documentação da Operação Prato, da Noite Oficial (para citar duas das mais famosas) comprovam, sem sombra de dúvidas, a gravidade e realidade dos discos voadores.

Quando se lê o relatório do Comando da Aeronáutica sobre a Noite Oficial dos UFOs no Brasil, nas \"Considerações Finais\", páginas 07 e 08: http://ufo.com.br/download/1077/pdf/relat%C3%B3rio%20final%20ministro.pdf.pdf, é de derrubar qualquer um da cadeira!

O maior problema - ou chatice, como dirão alguns - nesta área é que há necessidade de literalmente se mergulhar nestes calhamaços, interpretar página por página, conteúdo por conteúdo, relatório a relatório, que envolvem muitas vezes as linguagens aeronáuticas e militares. Trabalho hercúleo e milimétrico, paciente e cirúrgico, realizado, por exemplo, pelos membros da Comissão Brasileira de Ufólogos (CBU), mas à disposição de qualquer cidadão minimamente interessado e disposto.

* Etc.

Ufologia Militar ou Oficial

* Gente, é o que mais está bombando! O que são e pra que servem a Comissão de Investigação de Fenômenos Aeroespaciais (CIFA) na Argentina, a Comissão Receptadora e Investigadora de Denúncias de Objetos Voadores Não Identificados (Cridovni) no Uruguai, a Oficina de Investigações de Fenômenos Aéreos Anômalos (OIFAA) no Peru, o Comitê de Estudos de Fenômenos Aéreos Anômalos (CEFAA) no Chile etc, etc..., que trabalham com militares e civis na pesquisa do Fenômeno UFO?

* A proposta de reativação do Sistema de Investigação de Objetos Aéreos Não Identificados (Sioani) no Brasil, com envolvimento direto da Comissão Brasileira de Ufólogos (CBU):

http://ufo.com.br/artigos/os-militares-apontam-o-caminho-e-pedem-criacao-de-um-novo-sioani

http://ufo.com.br/artigos/sinais-inteligentes-no-firmamento---parte-i

http://ufo.com.br/artigos/sinais-inteligentes-no-ceu---parte-ii

* É \"simplesmente\" daí que podem surgir até empregos dentro da nossa área!

* Etc.

Ufologia Política:

* A Exopolítica, por exemplo, veio pra ficar, não é uma piada e trata-se da raiz de onde brotarão as leis [Leis são aprovadas por parlamentares, políticos] de intercâmbio entre as civilizações: http://ufo.com.br/artigos/exopolitica/

* Há alguns meses, presenciamos, noticiamos e falamos vastamente sobre as reuniões da ONU, UNOOSA, União Européia etc – além de grandes organizações científicas, como a Royal Society –  em vias de decisões sobre políticas interplanetárias:

http://ufo.com.br/noticias/plano-mundial-para-contatos-extraterrestres-e-requerido-pela-royal-society

http://ufo.com.br/artigos/aliens

http://ufo.com.br/artigos/proposta-de-projeto-de-lei-que-dispoe-sobre-entidades-biologicas-extraterrestres

* Os documentos ufológicos liberados por governos dos países só o foram graças a determinadas leis, aprovadas por parlamentares.

* Aqui no Brasil, idem. Exemplo (mas leiam as leis envolvidas, citadas, linkadas e como necessitam de apoio político, senão não adianta nada e não se compreende do mesmo jeito):

http://ufo.com.br/noticias/a-cbu-informa-que-o-novo-ric-acaba-de-ser-protocolado/

http://ufo.com.br/noticias/ministerio-da-defesa-tem-60-dias-para-responder-ao-ric/

* A própria Comissão Brasileira de Ufólogos (CBU) envolve política pura, as leis e os Três Poderes.

* Etc.

Vamos acordar?

É hora de despertarmos para o século XXI e vislumbrarmos a atual fase da Ufologia, que não é mais baseada em mera casuística, relatos de luzinhas no céu e fotos -- que este blog, em especial, demonstra claramente em seus posts não significarem mais nada nos dias de hoje, onde temos algo próximo a 98% de engodos na Internet:

http://ufo.com.br/blog/paulopoian/5

http://ufo.com.br/blog/paulopoian/4

http://ufo.com.br/blog/paulopoian/3

http://ufo.com.br/blog/paulopoian/2

http://ufo.com.br/blog/paulopoian/1

Oras, será que não dá para perceber que este aglomerado de pulhas virtuais, diariamente espalhadas pela rede, não são nada além de distração e armadilhas aos mais incautos - além de trabalho nada gratificante para os ufólogos, esclarecer hoaxes e fakes - enquanto coisas, fatos e evidências de suma importância ocorrem de verdade?

A Ufologia atual está solidificada em bases muito mais sólidas, promissoras e OFICIAIS! É necessário reformular nossos conceitos e idéias, nos atualizarmos e percebermos em qual degrau estamos desta escadaria, que com absoluta certeza não é mais o mesmo que estávamos até alguns anos atrás. O buraco é mais em cima agora. Sejam bem vindos ao século XXI!

Ah, mas eu adoro buscar luzinhas no céu, assistir videozinhos do Youtube, e daí?

Tudo bem, queridão! Todos nós envolvidos em maior ou menor grau à Ufologia, astronomia, astrofísica e afins, olhamos cotidianamente para o céu e, às vezes, acontece de visualizarmos \"algo\". Primeiro, saiba que desde o estrondo dos sites de vídeos ufológicos - há alguns anos já - não houve mais uma única imagem oriunda destas fontes considerada como um UFO legítimo depois de uma análise minimamente técnica [Veja Imagens de UFOs provam alguma coisa, atualmente?].

Dentro desta \"área\", também há premissas essenciais, para não cair de gaiato. Antes de achar que captou, que viu ou \"assistiu\" um UFO, é necessário saber com propriedade o que, de fato, NÃO é um:

Os rastros de avião. Diversos são postados no famigerado Youtube como se fossem UFOs. Exemplos:

http://www.youtube.com/watch?v=I_1UAU1_tUQ

http://www.youtube.com/watch?v=qqzMb5EuX2I&feature=player_embedded

http://www.youtube.com/watch?v=axxTUGckBm8&feature=player_embedded 

http://www.youtube.com/watch?v=qkNLBjDY4-I&feature=player_embedded


Outros fenômenos facilmente confundidos com UFOs por leigos:
 
Satélites da rede Iridium: http://ufo.com.br/artigos/rede-iridium-confundida-com-ufos/
 
O lixo espacial, matéria ainda de 2003: http://ufo.com.br/noticias/ufos-ou-lixo-espacial/
 
Satélites artificiais, matéria igualmente antiga, mas utilíssima: http://ufo.com.br/noticias/participar-de-vigilias-enriquece-os-adeptos-do-mundo-ufologico-e-astronomico/
 
Mais fenômenos que confundem: http://www.infa.com.br/fenomenos_fisicos_que_confundem.html 
 
Aviões confundidos com UFOs: http://ufo.com.br/blog/paulopoian/quem-anda-filmando-avioes-na-russia-e-pra-que


E o grande vilão que derruba até ufólogos mais experientes: computação gráfica - Computer Generated Imagery [Imagens Geradas por Computador, CGI]. Exemplos:

http://ufo.com.br/noticias/os-ufos-de-londres-novo-hoax-em-ampla-circulacao/

http://ufo.com.br/noticias/novo-trote-com-ufo-agora-no-interior-de-sao-paulo/ 

http://ufo.com.br/noticias/exclusivo-como-foi-realizado-o-hoax-do-ufo-na-marechal-rondon-sp-300/

Todo tipo de atividade humana requer o mínimo de dedicação e estudo. Sem isso, nada feito... e um simples bibelozinho do tipo $ 1,99 se torna uma linda fada encantada \"flagrada\" por alguém especial.

Assim, não dá. 

Sobre o Autor

Paulo R. Poian

Aqui é o espaço do Paulo Poian, consultor da UFO, que aconselha e informa aos iniciantes sobre como se tornar um ufólogo idôneo e consistente, e discute a hipótese extraterrestre e aceitaçao da Ufologia cientificamente