Pedro de Campos

Casado e pai de três filhos, Pedro de Campos nasceu em 1950, na capital paulista. Formado em mecânica e telecomunicações, trabalhou por 25 anos na Olivetti do Brasil. Como administrador de empresas, esteve no comando do planejamento industrial da empresa. Trabalhou dois anos na Itália chefiando a qualidade e transferindo para o Brasil tecnologia para transmissão de dados via satélite. Campos teve contato com o Espiritismo por intermédio de sua mãe, que cursou a Federação Espírita de São Paulo e fundou o Centro Espírita Ana Belhunas, em 1963. Começou a participar de sessões espíritas aos 13 anos, e no decorrer dos tempos desenvolveu mediunidade e recebeu treinamento, tornando-se um pensador espírita.

Psicografou o consagrado livro Colônia Capella: A Outra Face de Adão [2002], do autor espiritual Yehoshua ben Nun, e foi contratado pela Lúmen Editorial para lançar seus livros por essa editora. Participou de pesquisas e vigílias ufológicas e iniciou a coleção Uma Visão Espírita da Ufologia, inédita, com o livro Universo Profundo: Seres Inteligentes e Luzes no Céu [2003], do espírito Erasto. E foi continuá-la no livro UFO: Fenômeno de Contato [2005], sobre a pluralidade dos mundos habitados e seres ultraterrestres. Prosseguiu com Um Vermelho Encarnado no Céu [2006], em que mostrou os acontecimentos vividos por pessoas que tiveram contato com UFOs, inclusive ele próprio, com destaque ao estudo de ETs sólidos e à primeira sessão de “desabdução”.

Artigos
Notícias
Entrevistas

“Ah, os extraterrestres que conheci são magníficos', disse-me Chico Xavier

A Doutrina Espírita fala claramente da vida em outros planetas. E um de seus maiores divulgadores no Brasil em todos os tempos, o médium mineiro Chico Xavier, defendia a ideia vigorosamente. Veja o que ele confidenciou ao entrevistado — inclusive um contato direto com ETs.

Por Pedro de Campos | Edição 240 | 01 de Novembro de 2016

UFOs, seres extraterrestres e outros mistérios de São Tomé das Letras

O sul de Minas Gerais está entre os locais de maior incidência de acontecimentos ufológicos e paranormais do país. Eles são sempre incorporados ao folclore local, mas muitos vivem por décadas na memória e nos costumes de seus habitantes, como o entrevistado desta edição. É praticamente impossível falar de discos voadores e seus tripulantes em Minas Gerais sem mencionar a cidade, e quando se faz isso é impossível não trazer à tona o nome do pesquisador e as testemunha de inúmeros avistamentos.

Por Pedro de Campos | Edição 255 | 01 de Fevereiro de 2018

Os ETs de hoje são os anjos do passado

Seres espaciais muito evoluídos vêm à Terra há milênios fazer um detido reconhecimento de nossa espécie, buscando evitar nossa autodestruição

Por Pedro de Campos | Edição 166 | 01 de Junho de 2010