Mário Rangel

Mário Nogueira Rangel nasceu em Tabapuã (SP), em 1932. Filho de médico e professora, ainda menino mudou-se para a capital do Estado, onde freqüentou excelentes escolas. Quando seu pai adoeceu, aos 14 anos, precisou trabalhar e estudar no período noturno. Um ano depois, ingressou no extinto Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Comerciários (IAPC), onde trabalhou 15 anos, chegando ao cargo de Fiscal da Previdência. Aventureiro, dirigiu seu próprio carro através de quatro países da América do Sul, durante quatro meses, procurando conhecer mais sobre a cultura dos povos pré-colombianos. Deixou o IAPC para ingressar na Encyclopedia Britannica, empresa na qual atuou durante 35 anos como distribuidor na região do Paraná e de Santa Catarina e diretor comercial, atuando em 14 países das Américas. Continuou seus estudos até o quarto ano de Direito. Brevetou-se como piloto civil, tendo mais de mil horas de comando em monomotores, muitas das quais em vôos acrobáticos. Em Curitiba, foi diretor e presidente do Aeroclube do Paraná e apresentador do programa Entre Nuvens e Estrelas, da TV Paranaense, Canal 12. Por serviços prestados à Aeronáutica e por ter idealizado e promovido o Concurso Documentos Históricos de Santos Dumont, Rangel foi condecorado com a Medalha Santos Dumont, em imponente solenidade militar diante da tropa formada. O autor hoje está aposentado e se dedica ao reflorestamento, hipnose e à pesquisa ufológica. Seu interesse por hipnose começou por volta dos 10 anos, ao ler Quando Eu Era Vivo, e O Hipnotismo, de Medeiros e Albuquerque (1867-1934). Sequestros Alienígenas: Investigando Ufologia com e sem Hipnose é seu primeiro livro, uma obra que expõe a realidade da presença extraterrestre em nosso planeta e nossas vidas.