ARTIGO

Saem os resultados do V Concurso de Ufologia da Revista UFO

Por Equipe UFO | Edição 266 | 15 de Março de 2019

O Concurso Nacional de Ufologia é uma oportunidade para crescimento e melhoria da Ufologia Brasileira
Créditos: RAFAEL AMORIM

Saem os resultados do V Concurso de Ufologia da Revista UFO

Lançado no ano passado para estimular o surgimento de novos talentos na Ufologia Brasileira, e também reconhecer aqueles que fazem seu trabalho anonimamente, a Revista UFO lançou em março de 2018 seu já tradicional Concurso Nacional Ufologia, em sua quinta edição, visando escolher entre os trabalhos participantes os que representassem os melhores exemplares de três modalidades de participação: melhor artigo ufológico, melhor ilustração ufológica e melhor fotografia ufológica.

Cerca de 100 trabalhos foram apresentados, mas muitos foram previamente desclassificados por não estarem em concordância com as regras anunciadas da competição, publicadas várias vezes na própria Revista UFO e na página de inscrição para o concurso na internet. Infelizmente, muitos participantes — em especial das categoria de melhor ilustração ufológica e melhor fotografia ufológica — não observaram que os trabalhos a serem enviados tinham que ser originais, e não extraídos da internet. As fotos apresentadas, à exceção de uma, foram descartadas por serem meros reflexos, e não imagens autênticas de UFOs.

Os trabalhos participantes foram examinados por uma comissão julgadora formada por 10 integrantes do Conselho Editorial da Revista UFO e o anúncio dos vencedores foi feito no site publicação em 31 de janeiro. Os primeiros colocados ganharam prêmios de valor significativo e terão seus trabalhos publicados na revista a partir da próxima edição, sendo então reconhecidos nacional e internacionalmente. Conheça os membros da comissão julgadora em box nestas páginas.

Categorias e premiação

O V Concurso Nacional de Ufologia foi bem específico com relação aos requisitos de participação, com modalidades claramente explicadas. Na categoria de melhor artigo ufológico, por exemplo, só seriam aceitos artigos inéditos e originais. A temática foi de livre escolha e cada concorrente pôde submeter até três trabalhos — não foram aceitos trabalhos de ficção científica e nem plágio, obviamente. Os quesitos julgados foram atualidade e originalidade da temática, profundidade da abordagem, objetividade na apresentação e precisão na pesquisa.

Já na categoria de melhor ilustração ufológica foram aceitas imagens originais com temática de livre escolha. Cada concorrente pôde enviar até três ilustrações. O método empregado na confecção das imagens ficou a critério de cada candidato, podendo ser pintura à óleo, aquarela, desenho ou computação gráfica etc. Nesta modalidade, os quesitos levados em consideração pela comissão julgadora foram originalidade da temática, precisão e qualidade gráfica, domínio da técnica e fidelidade com o Fenômeno UFO.

Por fim, na modalidade de melhor foto ufológica puderam concorrer fotografias originais, tanto analógicas como digitais, e cada concorrente pôde submeter até três fotos em qualquer tamanho, porém apenas em cores. As fotografias deveriam estar acompanhadas da descrição detalhada da forma de sua obtenção, como data, hora, local, equipamento utilizado etc. Para esta categoria foram considerados os quesitos nitidez e clareza da fotografia, complexidade do objeto registrado e precisão na descrição do fato.

Os prêmios oferecidos aos vencedores variaram entre uma assinatura da Revista UFO por cinco anos, para o primeiro lugar, até uma assinatura da Revista UFO por um ano, para o quinto lugar. Igualmente, em reconhecimento aos seus trabalhos, os vencedores receberão ingressos para os alguns eventos promovidos pela publicação e até poderão se chamados para fazer palestras neles — uma grande oportunidade de terem sua pesquisa conhecida do público.

Avaliação dos resultados

Em geral, com algumas exceções — justamente aquelas cujos trabalhos sagraram-se vencedores —, a participação dos concorrentes foi considerada de nível aquém ao esperado. Muitos textos apresentados estavam mal redigidos, ilustrações enviadas foram retiradas da internet, e não produzidas pelos participantes, e quase todas as fotos concorrentes eram apenas de insetos, aves ou reflexos comuns, confundidos pelos participantes como verdadeiros UFOs.

Apesar, disso, o V Concurso Nacional de Ufologia foi um sucesso na opinião de todos. “Ele mostrou mais uma vez que estamos no caminho certo. A iniciativa, que já se tornou tradição no calendário anual da Ufologia Brasileira, tem tido muito sucesso ao apresentar ao público o trabalho anônimo de muitas pessoas e assim descobrir ‘diamantes brutos’. Parabéns à Revista UFO pela ação”, disse o coeditor da Revista UFO Thiago L. Ticchetti, um dos membros da comissão julgadora.

“O concurso trouxe fotos, ilustrações e textos para serem degustados. Sempre é bom ter a oportunidade de julgar novos talentos e apreciar a criatividade e a energia de novos autores e artistas que utilizam temas ufológicos”, avaliou o também coeditor Ricardo Varela, igualmente da equipe de julgamento. “Os textos exploraram diversas novas vertentes do Fenômeno UFO e isso sempre me agrada. Foi uma grande satisfação examinar os trabalhos apresentados”, complementou.

Agora, repete-se o concurso

Mas uma coisa chamou a atenção da comissão julgadora, que foi a reduzida qualidade de uma parte dos textos apresentados, sendo o nível das redações considerado um reflexo da fraqueza da educação no país. “O concurso evidencia a baixa qualidade do ensino brasileiro, onde não há assimilação de conceitos, impedindo a argumentação em um texto escrito”, disse uma das julgadoras, a antropóloga carioca Lallá Barretto. “O problema é de educação fundamental”, arrematou. Por outro lado, outros textos, os vencedores, mostraram-se muito bem produzidos.

A Revista UFO agradece o envolvimento de todos que participaram do V Concurso Nacional de Ufologia e parabeniza seus vencedores, cujos trabalhos serão publicados a partir da próxima edição. Também agradece os membros da comissão julgadora pelo seu esforço em benefício da Ufologia Brasileira. Nesta edição também já está sendo lançada a sexta edição do concurso, para o qual se espera ainda mais adesões.


Os trabalhos vencedores do V Concurso Nacional de Ufologia da Revista UFO de 2018

Durante meses os 10 membros da comissão julgadora analisaram cada um dos trabalhos apresentados, o que significou um esforço significativo. Eles foram examinados e notas de zero a 10 foram atribuídas a cada um dos quesitos considerados. Depois foi feita a média das notas por cada membro da comissão e, por fim, a média das notas entre todos os membros. Veja a seguir quais foram os trabalhos premiados nesta edição do Concurso Nacional de Ufologia

 

Melhor ilustração ufológica

1º lugar: Fábio Eduardo S. Vieira
Trabalho: Cativeiro
Técnica: Óleo sobre tela
Prêmio: Assinatura de 5 anos da UFO

2º Lugar: Ronaldo J. Caetano Júnior
Trabalho: Eles estão aqui
Técnica: Óleo sobre tela
Prêmio: Assinatura de 4 anos da UFO

3º Lugar: Leonardo Albrecht
Trabalho: Dois Invasores
Técnica: Ilustração
Prêmio: Assinatura de 3 anos da UFO

4º Lugar: Felipe Flávio J. D. Figna
Trabalho: Visitas Notívagas
Técnica: Ilustração
Prêmio: Assinatura de 2 anos da UFO

5º Lugar: Alexandre Pereira Novais
Trabalho: Cristo
Técnica: Montagem digital
Prêmio: Assinatura de 1 ano da UFO

 

Melhor texto ufológico

1º Lugar: Mayara Souza
Trabalho: UFOs na Arquitetura
Prêmio: Assinatura de 5 anos da UFO

2º Lugar: Raoni Perrucci T. Machado
Trabalho: Discos Voadores e Mitologia
Prêmio: Assinatura de 4 anos da UFO

3º Lugar: Sheila T. Humphreys
Trabalho: A Parabdução
Prêmio: Assinatura de 3 anos da UFO

4º Lugar: Gelson Luis Roberto
Trabalho: Psicologia e Ufologia
Prêmio: Assinatura de 2 anos da UFO

5º Lugar: Wendell Stein
Trabalho: Caso Limeira
Prêmio: Assinatura de 1 ano da UFO

Observação: Os trabalhos acima e as ilustrações vencedoras serão publicados a partir da edição UFO 267, do mês de abril

 

Melhor foto

Todas as fotos participantes foram identificadas como sendo objetos ou efeitos óticos normais, invalidando-as para o concurso. A única foto classificada e, portanto, vencedora em primeiro lugar foi a enviada por Frederico Augusto Cobra Müller, de um estranho objeto flagrado em Pouso Alegre em setembro de 1982. Frederico ganha uma assinatura da Revista UFO por cinco anos.

Para continuar lendo este artigo, você deve se cadastrar no Portal UFO. O cadastramento é gratuito e dá acesso a todo o conteúdo do site.

Login

Compartilhe esse artigo:

Sobre o Autor

Equipe UFO

Comentários