Edição 59
DESTAQUE

Parceria e união marcam evento em São Paulo

Por
01 de Jun de 1998
Créditos:

Durante os dias 1 a 3 de maio, São João da Boa Vista (SP) foi o palco de um dos eventos mais apreciados pela Ufologia Brasileira, o VII Sufoest, organizado pelo professor Francisco Varanda, presidente do Grupo de Pesquisas de Ufologia Científica (GPUC), e Marcos Silva, do Grupo de Estudos de Objetos Não Identificados (GEONI). O Simpósio Ufológico das Estâncias Hidrominerais pôde contar com representantes de vários grupos e linhas de pesquisas. Uma importante característica deste evento foi a diversidade de temas, visando ampliar os horizontes do público presente. Pudemos contar com apresentações dos maiores especialistas nacionais de todas as áreas.

Logo na abertura, Varanda proferiu uma palestra defendendo a união da Ufologia, e foi além das divisões entre as linhas de pesquisas. O organizador do evento deixou clara sua posição afirmando a expressão "Ufologia Consciliente", que não se resume apenas a uma ciência, e sim um complexo de disciplinas, movimentos sociais e até mesmo aspectos de abrangência espiritual. Já Marcos Silva abordou a interferência extraterrestre em povos indígenas de todo o mundo, denominados por estes de "o povo que veio do céu". Segundo Marcos, tais seres chegavam inclusive a manter relações sexuais com os indígenas, levando consigo para o espaço fetos híbridos.

Explanando sobre o lado holístico da Ufologia, Cleusa e Arismaris B. Dias fizeram conferências logo no início do evento. O desenvolvimento e as funções dos dois hemisférios cerebrais foi um dos temas abordados pelo casal. Arismaris explicou o termo "holismo" e destacou a importância de sua metodologia em pesquisas e análises, além de dar uma aula sobre a postura do pesquisador durante um trabalho de investigação.

Pouso de naves - Pedro Raul de Medeiros apresentou um belíssimo trabalho a respeito da formação dos círculos nas plantações. "Não seriam sinais de nossa própria Terra?", indagou. O pesquisador baseou-se na mitologia germânica, a qual acreditava que todos os componentes naturais eram parte de um complexo vivente: a Terra. Tivemos também exemplos de pesquisas de campo, através da palestra de Alexandre Minoru Ito, do GEONI Taubaté (SP). Ito apresentou alguns casos pesquisados por seu grupo na região do Vale do Paraíba, entre eles um possível pouso de uma nave ao lado de uma base militar em Guaratinguetá. O caso foi acompanhado e apresentado em conjunto com pesquisadores da União das Forças Ostensivas de Lorena (UFOL) através de UFO 56.

Edison Boaventura, do Grupo Ufológico do Guarujá (GUG), comentou o funcionamento do acobertamento ufológico no Brasil através de uma conferência interativa com o público. Também foram destaques do evento os colegas Ari J. M. Homem, editor do jornal Contato UFO, Eduardo Mondini, do Centro de Estudos e Pesquisas Exológicas (CEPEX), um dos principais pesquisadores das ocorrências atribuídas ao Chupacabras em São Paulo, e Fernando Grossmann, da Fundação Carpática de Pesquisas Góticas, que fez uma análise da estrutura dos aliens e a teoria do mimetismo, em comparação com a tipologia e perfeição dos insetos terrestres.

O evento contou ainda com Sebastião Pimentel, do Grupo Amador de Ufologia e Astronomia de Monte Alto (GAUAMA), e de Carlos Machado, de Curitiba. O abduzido Geraldo Bichara, de Varginha (MG), esteve por lá relatando sua experiência. O caso despertou a atenção de todos os espectadores. A última conferência, feita por este autor, foi sobre a casuística de Ilhabela (SP), pesquisada pelo Grupo VEGA. Junto a este evento, ocorria o II Encontro Nacional de Pesquisadores de Campo - uma confraternização para a eficiência e união da pesquisa ufológica no Brasil.

Novos consultores de UFO

A Revista UFO acaba de acrescentar mais três nomes ao Conselho Editorial, cumprindo mais uma vez com nosso principal objetivo: levar a todos os leitores de UFO o que há de melhor na Ufologia Brasileira. Entre eles está o publicitário paulista Severo Livolis Neto, de Santo André (SP), que apresentou um excelente trabalho em UFO 58 sobre sondas em seu Estado, em parceria com Margarete de Souza Ferreira. Severo possui uma empresa de confecções esportivas, a Scudeto & Squadra. Sempre foi um aficionado por ficção científica, em especial Jornada nas Estrelas - o que também o fez curioso por Ufologia.
E desde que a internet surgiu, a Ufologia passou a ocupar uma parte maior de seu tempo e atenção. Mesmo sem nunca ter tido qualquer contato ufológico, jamais desistiu de seu ideal. Severo acredita que estamos numa época de agitação ufológica, o que para ele pode significar que estamos prestes a presenciar uma reviravolta nesta situação e comprovar a existência de vida extraterrestre. Outro ufólogo que está desapontando na Comunidade Ufológica Brasileira é Jorge Lúcio de Macêdo, pesquisador de campo com mais de 280 vigílias documentadas, somando cerca de mil horas observando o céu em busca de UFOs.

Em seu Estado, Rio Grande do Norte, Jorge investigou casos de ataques a animais e humanos, seqüestros noturnos, avistamentos e supostos pousos de naves e outras tantas manifestações do Fenômeno UFO. Jorge já publicou matérias em UFO. E nesta edição volta com novo artigo, relatando uma quase abdução de dois sitiantes no município de Acari (RN). Seu ingresso no Conselho Editorial de UFO reflete a necessidade de reconhecermos, no Brasil, os talentosos jovens que se dedicam à pesquisa séria dos discos voadores.

Primeira edição – UFO convidou também Áttila Martins, destacado empresário carioca, editor e diretor da Educare Brasil Informações Culturais, com filiais também nos EUA e Argentina. Áttila é uma das pessoas que mais contribuiu para a Ufologia Brasileira, embora pouca gente saiba disso. Foi ele quem esteve por trás da primeira revista ufológica do país, a OVNI Documento, editada entre 1978 e 1980 por dona Irene Granchi. A revista estimulou uma vasta geração de pessoas a ingressar na Ufologia. Hoje, movido por sua paixão pelo assunto, Áttila é o editor de uma série de livros premiados internacionalmente, que publica no Brasil sob o título de Biblioteca UFO, sem fins lucrativos.

Autores consagrados como John Mack e Raymond Fowler tiveram seus livros editados por Áttila, através da Educare Brasil. A série está em sua quarta edição, com o livro Testemunho Oficial, de Budd Hopkins. E o incansável editor promete, para os próximos meses, lançar a tradução do The Day After Roswell, do coronel Philip Corso.

Nesta edição da UFO confira:

Já está no ar a Edição 59 da Revista UFO. Aproveite!

Jun de 1998

Fomos visitados