ARTIGO

Parabdução: a abdução alienígena que ocorre em corpo astral

Por Sheila Humphreys | Edição 269 | 04 de Junho de 2019

A parabdução ocorre quando a pessoa é abduzida extrafisicamente por meio do fenômeno da projeção, ou seja, seu espírito
Créditos: EDITORIA DE ARTE

Parabdução: a abdução alienígena que ocorre em corpo astral

Atualmente, a Ufologia expande seus estudos para muitos campos visando o entendimento da questão extraterrestre, mas nem sempre foi assim. No começo, os pesquisadores preocupavam-se somente com a observação direta do Fenômeno UFO, mais propriamente com os avistamentos de luzes e naves. Mais tarde, com o início das abduções, o objeto de estudo precisou se expandir muito e cada vez mais, chegando ao quadro que temos hoje. Na época atual, a abdução alienígena é assunto sempre presente entre os investigadores e curiosos da área, havendo estudos específicos sobre a temática e diversos livros publicados sobre o assunto.

Há um grande número de contatados e abduzidos espalhados pelo mundo e uma parte deles tem vindo cada vez mais a público falar abertamente sobre as experiências que viveram em suas casas, quartos e em viagens. Esses processos estão frequentemente ligados a procedimentos físicos, como extração de material genético, que ocorrem dentro de naves. Mas existe um número ainda maior de pessoas que vivenciaram um fenômeno semelhante à abdução em sua natureza, mas diferente nos procedimentos e na intenção. O mais curioso é que muitas vezes essas pessoas sequer sabem que passaram por isso: são os para-abduzidos.

A para-abdução ocorre quando a pessoa é abduzida extrafisicamente por meio do fenômeno da projeção, ou seja, seu espírito — também chamado de alma, psicossoma, corpo espiritual, corpo emocional — é levado enquanto o seu corpo físico permanece no mesmo local. Importante destacar que envolve uma abdução somente pelo fato de a pessoa não estar a par do que lhe está acontecendo, o que de forma alguma implica em uma experiência ruim. Isso dependerá do abdutor e da sua intenção. Faz-se necessário este esclarecimento prévio, pois a abdução física quase sempre pressupõe situações negativas. Já na para-abdução, a experiência pode ser extremamente produtiva e muitas vezes até necessária para ajudar pontualmente a pessoa em algum problema ou entrave que esteja passando.

Projeção da consciência

A associação imediata de abdução e para-abdução a uma experiência negativa deve ser feita com muito cuidado, mesmo porque nem toda abdução resulta traumática — muitas são extremamente positivas. Portanto, cada uma deve ser vista dentro de seu contexto individual. Feita esta ressalva inicial, passaremos a falar mais especificamente sobre o fenômeno da parabdução, mas, antes disso, para entendermos mais sobre o assunto, vale a pena conhecermos sobre o fenômeno da projeção, pois são assuntos que estão intimamente ligados.

A projeção da consciência, também conhecida como experiência fora do corpo, viagem astral ou desdobramento, é um fenômeno paranormal benigno e inerente a todo ser humano, que se constitui pela saída do espírito do corpo físico. Todos nós possuímos diversos tipos de corpos, que usamos para nos manifestar em diversos tipos de dimensões e que podem ser, energeticamente falando, mais ou menos sutis. Nós podemos nos referir a elas como tipos de densidade diferentes — umas são mais densas do que outras. Quanto mais evoluídas forem, menos densas serão.

O conjunto de nossos corpos é composto pelo corpo físico, denominado na medicina como soma, e que todos temos nesta dimensão intrafísica que habitamos. Há ainda o corpo emocional ou espírito, utilizado para a manifestação em dimensões mais sutis ou extrafísicas. Quando saímos por projeção de nosso corpo físico, geralmente utilizamos o corpo emocional.

TODO O CONTEÚDO DESTA EDIÇÃO ESTARÁ DISPONÍVEL NO SITE 60 DIAS APÓS A MESMA SER RECOLHIDA DAS BANCAS

Para continuar lendo este artigo, você deve se cadastrar no Portal UFO. O cadastramento é gratuito e dá acesso a todo o conteúdo do site.

Login

Compartilhe esse artigo:

Sobre o Autor

Sheila Humphreys

Sheila Humphreys

Comentários

UPDATED CACHE