Edição 287
DESTAQUE

Os misteriosos triângulos voadores

Por
01 de Mar de 2022
A Comunidade Ufológica Mundial assiste estupefata ao crescimento dos casos de triângulos em todo mundo.
Créditos: LUCA OLEASTRI, EXCLUSIVO REVISTA UFO

Avistamentos de UFOs fazendo manobras impossíveis no céu são comuns, assim como eles também são quase amplamente ignorados, pelo menos pelos canais oficiais e pelas fontes de poder da nossa sociedade. Isso não é em novidade para os ufólogos, que sempre tiveram conhecimento da rejeição governamental, militar e científica que o Fenômeno UFO recebe. A única novidade, talvez, é que agora parece estar havendo um despertar de autoridades e da imprensa nos Estados Unidos e outros lugares do mundo, revertendo a cobertura negativa dada ao assunto e a política de desinformação dos governos. Há muito tempo tenho alertado a Comunidade Ufológica Mundial quanto à inépcia e a má vontade da mídia em discutir com seriedade uma imensa gama de tópicos sobre a presença alienígena na Terra. Isso já é notícia velha, mas as coisas estão mudando.

Os UFOs são estranhos e surreais, é verdade, mas o silêncio de décadas dos canais oficiais em torno deles é mais estranho e surreal ainda. Como se pode admitir que milhares de testemunhas de experiências marcantes com naves e seres não terrestres continuem a ser sistematicamente ignoradas? Felizmente, uma pequena parcela do Fenômeno UFO parece ter conseguido quebrar esses paradigmas e atravessar a barreira da rejeição, chegando ao conhecimento público através de uma diminuta, mas crescente, fatia da imprensa. Pelo menos, as extremidades dessa barreira parecem rompidas quando vemos emergir da vasta casuística ufológica um detalhe de grande importância, talvez o mais ilustrativo da capacidade dos UFOs de nos chocarem: o fenômeno dos UFOs triangulares. Vejamos alguns casos.

Num piscar de olhos

Pouco depois da meia-noite de 02 de março de 2003, o segurança da portaria de uma comunidade em Dallas, no Texas, observou por oito ou 9 segundos um triângulo negro e sólido sem nenhum tipo de luz e totalmente silencioso rumando em direção oeste, a uma altitude de cerca de 400 m. Assim que o triângulo desapareceu atrás de uma das casas, o segurança contatou o departamento de polícia da cidade, que lhe informou que ninguém mais havia notificado aquele objeto. Este caso foi pesquisado pelo Centro Nacional de Registros de UFOs [National UFO Reporting Center, Nuforc]. Peter Davenport, que administra a organização, entrevistou o segurança e constatou ser ele “totalmente sincero e crível”. Outro caso pesquisado pelo Nuforc aconteceu pouco antes, em 24 de janeiro de 2003. Naquela noite, um homem dirigia tranquilamente por uma estrada silenciosa do Arkansas, quando avistou um objeto triangular.

A testemunha diminuiu a velocidade, desligou o rádio e abaixou o vidro de seu carro. Parado no acostamento, ficou observando o objeto flutuar a apenas três metros acima de uma cabine telefônica, notando que tinha três luzes — vermelha, branca e azul — em cada canto. Depois de uns quatro minutos, o objeto, que não se parecia com um helicóptero e era totalmente silencioso, se foi.

Ocorrências como essas se acumulam e são espantosas. As dimensões desses triângulos variam de pequeno a imenso, segundo milhares de testemunhas. Muitos estavam se movendo devagar e a baixa altitude, e ocasionalmente são descritos na forma de bumerangue em vez de triangular. O fato desses artefatos terem sido vistos voando baixo e devagar, em alguns casos, ou à velocidade excepcional e realizando manobras incomuns, em outros, tende a complicar ainda mais sua investigação e um pedido de explicações oficiais, tanto em âmbito científico quanto político, que muitos ufólogos fazem perante as autoridades.

TODO O CONTEÚDO DESTA EDIÇÃO ESTARÁ DISPONÍVEL NO SITE 60 DIAS APÓS A MESMA SER RECOLHIDA DAS BANCAS

A noite oficial dos UFOs no Brasil

Já está no ar a Edição 287 da Revista UFO. Aproveite!

Mar de 2022

Fomos visitados