ARTIGO

O perigo nos casos em que discos voadores afetam sistemas elétricos

Por Alan Foster | Edição 265 | 07 de Fevereiro de 2019

É muito comum observar UFOs descarregando raios de luz sobre redes elétricas ou, ao contrário, absorvendo energia delas
Créditos: RAFAEL AMORIM

O perigo nos casos em que discos voadores afetam sistemas elétricos

A literatura ufológica reúne muitos relatos sobre falhas elétricas e eletrônicas simultâneas ao avistamento de UFOs, incluindo efeitos em carros, aviões, casas, prédios, bases militares e até mesmo em silos de mísseis nucleares. As muitas evidências parecem indicar claramente uma ligação entre ambos os eventos. O que não se sabe é se essas falhas elétricas ocorrem porque nossa tecnologia é adversamente afetada pela proximidade do sistema de propulsão dos UFOs ou se são uma interferência intencional de nossos visitantes.

Há pesquisadores que acreditam que os blecautes ou apagões provocados pela presença de UFOs podem ser algum tipo de declaração ou mensagem enviada por aqueles que controlam tais veículos, e outros acreditam que as quedas de energia são puramente efeitos colaterais da sua tecnologia. Há muitas explicações possíveis para os apagões e para o mau funcionamento apresentado por aparelhos eletrônicos quando próximos aos objetos.

Os casos que veremos a seguir sugerem uma variedade de causas para essas falhas, o que mostra que cada evento deve ser examinado com base em suas próprias evidências. Como tudo em Ufologia, é muito difícil generalizar, embora os dados acumulados sempre nos sirvam de orientação. Para podermos entender e analisar as diferenças entre as ocorrências, os episódios que apresentamos estão definidos em quatro categorias, que veremos a seguir.

Queda de energia localizada

Esta é a categoria 1 deste tipo de ocorrência. Há muitos casos em que a queda de energia localizada — ou seja, circunscrita a apenas um determinado setor — parece coincidir com a velocidade e direção de um UFO avistado. Dois casos ilustram essa categoria. Um deles foi testemunhado por este autor e o outro por Gary Heseltine, editor da revista UFO Truth. Ambos os incidentes envolveram um apagão nos sistemas elétricos devido à presença de um UFO em nossos respectivos vilarejos.

O incidente com Heseltine aconteceu quando ele tinha 16 anos. Em uma amena noite de verão, em agosto de 1976, ele pedalava pelas ruas do vilarejo em que morava quando viu uma brilhante luz branca que voava devagar sobre o subúrbio de Ashby, em Scunthorpe, no condado de Lincolnshire, Inglaterra. A presença do UFO parece ter desencadeado a queda de energia tanto nas ruas quanto nas residências sobre as quais o objeto passou. Heseltine se deu conta de que o artefato se dirigia lentamente na direção de sua casa, o que o fez pedalar de volta e avisar a seus pais que a estranha luz estava prestes a passar sobre eles e que possivelmente o UFO causaria falta de energia — e foi exatamente o que aconteceu. Quando o UFO passou sobre a casa, todas as luzes da área se apagaram, confirmando que a falta de energia estava de alguma forma relacionada à passagem do artefato na área.

TODO O CONTEÚDO DESTA EDIÇÃO ESTARÁ DISPONÍVEL NO SITE 60 DIAS APÓS A MESMA SER RECOLHIDA DAS BANCAS

Para continuar lendo este artigo, você deve se cadastrar no Portal UFO. O cadastramento é gratuito e dá acesso a todo o conteúdo do site.

Login

Compartilhe esse artigo:

Sobre o Autor

Alan Foster

Comentários